Soroepidemiologia da leucemia bovina (LB) em bovinos curraleiros dos estados de Goiás e Tocantins, Brasil

Seroepidemiology of bovine leukaemia (LB) in curraleiro cattle breed from Goiás and Tocantins states

Com o objetivo de verificar a ocorrência da leucose enzoótica (LB) em bovinos Curraleiros, foram amostrados soros sanguíneos de um total de 1051 animais pertencentes a 11 rebanhos localizados nos Estados de Goiás e 12 em Tocantins. O diagnóstico sorológico de LB foi realizado pelo método de imunodifusão em gel de ágar (IDGA). A taxa total de sororeagentes foi 21,1% (222/1051). Em Tocantins foram encontrados 27,8% (136/489) de sororreagentes, número significativamente maior que em Goiás, onde foram encontrados 15,3% (86/562). A sororreatividade foi maior em fêmeas que em machos, 23,3% (198/852) e 11,8% (23/195), respectivamente, e em animais com idade superior a 48 meses.

bovinos naturalizados; epidemiologia; leucose enzoótica bovina


Universidade Federal de Goiás Universidade Federal de Goiás, Escola de Veterinária e Zootecnia, Campus II, Caixa Postal 131, CEP: 74001-970, Tel.: (55 62) 3521-1568, Fax: (55 62) 3521-1566 - Goiânia - GO - Brazil
E-mail: revistacab@gmail.com