Fatores associados a quedas recorrentes em uma coorte de idosos

Factors associated with recurrent falls in a cohort of elderly people

Danielle Teles da Cruz Felipe Moreira da Cruz Alfredo Chaoubah Isabel Cristina Gonçalves Leite Sobre os autores

Resumo

Introdução

Quedas de idosos configuram-se como importante causa de morbimortalidade.

Objetivo

Verificar a reincidência de quedas e identificar fatores associados a quedas e a quedas recorrentes.

Metodologia

Estudo de seguimento de 4 anos, por meio de duas ondas de inquérito (2010 e 2014/2015), com uma coorte de 218 idosos, de ambos os sexos e não institucionalizados em Juiz de Fora, MG. Utilizou-se regressão logística multinomial para estimar a associação de cada variável independente com os desfechos analisados. No modelo final foram mantidas as variáveis com p ≤ 0,05. Para cálculo de odds ratio (OR), foi considerado intervalo de confiança de 95%.

Resultados

33,5% das pessoas relataram ter caído no ano anterior ao primeiro inquérito. No segundo inquérito, essa frequência foi de 38,5%. Durante o seguimento, 44,5% não relataram quedas, 39% sofreram queda em pelo menos um dos inquéritos e 16,5% manifestaram ter sofrido queda nas duas ondas. Não foram encontradas associações para queda recorrente. Queda no seguimento associou-se a sexo feminino e idade (71 a 80 anos).

Conclusão

Os resultados evidenciam e ratificam a magnitude com que quedas e quedas recorrentes atingem a população idosa e apontam para a necessidade de estratégias preventivas a partir da identificação de grupos de riscos.

Palavras-chave:
idoso; acidentes por quedas; fatores de risco

Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro Avenida Horácio Macedo, S/N, CEP: 21941-598, Tel.: (55 21) 3938 9494 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@iesc.ufrj.br