Accessibility / Report Error

Câncer relacionado ao trabalho: uma revisão sistemática

Occupational cancer: a sistematic review

A exposição a substâncias carcinogênicas é reconhecidamente maior nos ambientes de trabalho, e muitas destas foram assim classificadas a partir de estudos epidemiológicos realizados com populações trabalhadoras. O objetivo do estudo foi realizar uma revisão integrativa sobre os principais agentes carcinogênicos presentes no ambiente de trabalho, bem como as principais topografias acometidas por estas substâncias. Foi realizado levantamento nas bases de dados Lilacs e Medline, cujo termo de busca foi "occupational cancer" e "câncer ocupacional". Observou-se que os artigos apontam para o fato de ser provável que a exposição ambiental/ocupacional à agentes químicos de uma forma geral esteja contribuindo também para o adoecimento da população, sem que uma relação entre causa e efeito seja estabelecida. A difusão de substâncias químicas não ocorre exclusivamente através das conhecidas formas de poluição. Portanto, é de fundamental importância a construção de um sistema de vigilância destes agravos que cumpra dois objetivos principais: a identificação e controle de ambientes de trabalho onde existe potencial exposição à agentes carcinogênicos e a sistematização de informações necessárias à realização de estudos epidemiológicos de caráter exploratório ou analítico.

câncer; saúde do trabalhador; saúde pública


Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro Avenida Horácio Macedo, S/N, CEP: 21941-598, Tel.: (55 21) 3938 9494 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@iesc.ufrj.br