Confiabilidade da informação sobre município de residência no Sistema de Informações Hospitalares - Sistema Único de Saúde para análise do fluxo de pacientes no atendimento do câncer de mama e do colo do útero

Reliability of the information of the municipality of residence in the Hospital Information System of the Unified Health System for patients flow analysis for breast cancer and cervical cancer care

Fernanda Pinheiro Aguiar Enirtes Caetano Prates Melo Evangelina Xavier Gouveia de Oliveira Marilia Sá Carvalho Rejane Sobrino Pinheiro Sobre os autores

Resumos

OBJETIVO: Analisar a qualidade do campo município de residência no Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH-SUS). METODOLOGIA: Foram selecionadas as internações de mulheres com diagnóstico principal de câncer de mama e de colo de útero e que morreram durante a internação em hospital do estado do Rio de Janeiro, 2001-2002. Estes registros foram comparados manualmente com os de óbito de residentes no estado do Rio de Janeiro, 2001-2002, considerados a referência para a comparação. RESULTADOS: Dos 808 registros de óbitos hospitalares: 16 (1,9%) não foram encontrados na base do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM); em 670 (82,9%) os municípios de residência coincidiram; 78 (9,6%) indicavam município de residência Rio de Janeiro diferente do encontrado no SIM; e, destes, 53 (74,6%) eram municípios da Região Metropolitana. O coeficiente kappa foi de 0,80 (IC95% 0,76-0,84). CONCLUSÃO: Observou-se elevada concordância, menor quando a mulher não residia na capital, mas no seu entorno.

informação; estatísticas vitais; sistemas de informação hospitalar; mortalidade hospitalar; neoplasias de mama; neoplasias do colo do útero


OBJECTIVE: To analyze the quality of the field municipality of residence in the Hospital Information System of the Unified Health System (SIH-SUS). METHODS: We selected hospitalizations of women diagnosed with primary breast cancer and cervical cancer and who died during hospital admission in the state of Rio de Janeiro, 2001-2002. These records were compared manually with the death records of residents in the state of Rio de Janeiro, 2001-2002, considered the reference for comparison. RESULTS: Of 808 hospital deaths records: 16 (1.9%) were not found in the Mortality Information System, in 670 (82.9%) municipalities of residence coincided, 78 (9.6%) indicated municipality of residence Rio de Janeiro, different from that found in the SIM, and, of these, 53 (74.6%) were municipalities in the metropolitan region. The kappa coefficient was 0.80 (95%CI 0.76-0.84). CONCLUSION: There was high overall agreement, lower when the woman did not live in the capital proper, but in its surroundings.

information; vital statistics; hospital information systems; hospital mortality; breast neoplasms; uterine cervical neoplasms


  • 1
      Skaba DA, Carvalho MS, Barcellos C, Martins PC, Terron SL. Geoprocessamento dos dados da saúde: o tratamento dos endereços. Cad Saúde Pública. 2004;20(6):1753-56.
  • 2
      Oliveira EXG, Melo ECP, Pinheiro RS, Noronha CP, Carvalho MS. Acesso à assistência oncológica: mapeamento dos fluxos origem-destino das internações e dos atendimentos ambulatoriais. O caso do câncer de mama. Cad Saúde Pública. 2011;27(2):317-26.
  • 3
      Oliveira EXG, Carvalho MS, Travassos C. Territórios do Sistema Único de Saúde mapeamento das redes de atenção hospitalar. Cad Saúde Pública. 2004;20(2):386-402.
  • 4
      Bousquat A, Nascimento VB. A Metrópole Paulista e a Saúde. São Paulo Perspec. 2001;15(1):112-20.
  • 5
      Abramson JH. WINPEPI (PEPI-for-Windows): computer programs for epidemiologists. Epidemiol Perspect & Innov. 2004;1(1):6.
  • 6
      Costa LS, Pinheiro RS, Almeida RVR. Recuperação de informação de endereço na base de dados AIH: percentual de aproveitamento. Cad Saúde Coletiva. 2003;11:131- 41.
  • 7
      Veras CMT, Martins MS. A confiabilidade dos dados nos formulários de autorização de internação hospitalar (AIH), Rio de Janeiro, Brasil. Cad Saúde Púbica. 1994;10(3):339-55.
  • 8
      Pinheiro RS, Vieira RA, Coeli CM, Vidal EIO, Camargo Jr KR. Utilização do sih-sus e do sim para o cálculo da mortalidade hospitalar e em 30 dias para as internações de pacientes com fratura proximal de fêmur. Cad Saúde Coletiva. 2006;14(2):337-44.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    08 Ago 2013
  • Data do Fascículo
    Jun 2013

Histórico

  • Recebido
    18 Jun 2012
  • Aceito
    22 Maio 2013
Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro Avenida Horácio Macedo, S/N, CEP: 21941-598, Tel.: (55 21) 3938 9494 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@iesc.ufrj.br