Cadernos Saúde Coletiva, Volume: 25, Issue: 2, Published: 2017
  • Evasão do tratamento da dependência de drogas: prevalência e fatores associados identificados a partir de um trabalho de Busca Ativa Artigos Originais

    Fernandes, Sara Silva; Marcos, Cristiane Barros; Kaszubowski, Erikson; Goulart, Leonardo Salomão

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução A dependência de drogas é considerada um transtorno de etiologia heterogênea, existem diretrizes para o seu tratamento, mas ainda ocorre um alto índice de evasão. O estudo teve como objetivo identificar a prevalência e fatores associados à evasão do tratamento. Métodos Estudo transversal, com análise de 593 prontuários e de 30 entrevistas aplicadas em pacientes que não tiveram aderência em um ambulatório de dependência química em um município do sul do Rio Grande do Sul. Resultados O índice de abandono foi de 82%. O tempo de tratamento (Coef = –0,14; EP = 0,08; OR = 0,9), o atendimento com o assistente social (Coef = –0,68; EP = 0,33; OR = 0,5) e com psicólogo (Coef = –0,66; EP = 0,44; OR = 0,5) foram os principais fatores de proteção ligados à diminuição da probabilidade do abandono. O motivo de abandono mais relatado foi a colisão dos horários de atendimento com o de trabalho (33%, n = 10). Conclusão Torna-se necessário dar atenção ao fenômeno de evasão com o intuito de propiciar alternativas para o aumento da adesão e retorno dos pacientes.

    Abstract in English:

    Abstract Introduction Drug addiction is considered a heterogeneous etiology disorder, there are guidelines for their treatment, but still there is a high drop out rate. The research has the purpose to identify the prevalence and associated factors to the abandonment of the treatment. Methods Cross-sectional study, with a review of 593 medical records and 30 interviews applied to patients who had not adhered to treatment in a substance abuse clinic in a municipality located in southern Rio Grande do Sul. Results The dropout rate was 82%. The treatment time (Coef = –0.14, SE = 0.08; OR = 0.9), treatment with the social worker (Coef = –0.68, SE = 0.33, OR = 0.5) and psychological treatment (Coef = –0.66, SE = 0.44, OR = 0.5) decreased to the likelihood of abandonment. The most frequently reported reason in the interviews to justify the abandonment was the service’s opening hours coinciding with working hours (33%, n = 10). Conclusion It is necessary to pay attention to the evasion phenomenon in order to provide alternatives to increasing compliance and the return of these patients.
  • Prevalência de doenças musculoesqueléticas autorreferidas segundo variáveis demográficas e de saúde: estudo transversal de idosos de Goiânia/GO Artigo Original

    Melo, Anna Cássia Fernandes; Nakatani, Adélia Yaeko Kyosen; Pereira, Lilian Varanda; Menezes, Ruth Losada de; Pagotto, Valéria

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Objetivo Estimar a prevalência de doenças musculoesqueléticas autorreferidas por idosos segundo variáveis demográficas, dor, autoavaliação de saúde e quedas. Métodos Estudo transversal, de base populacional, com amostra probabilística de 934 idosos residentes em Goiânia, em Goiás. Aplicou-se um questionário padronizado e semiestruturado. Considerou-se doença musculoesquelética autorreferida pelo idoso como variável desfecho, enquanto as variáveis de exposição foram demográficas, autoavaliação de saúde, quedas, dor e atividade física. Para análise, foram utilizados os testes qui-quadrado ou Fisher e regressão de Poisson (valor de p<0,05). Resultados Dos 934 idosos, 62,2% eram mulheres, com média de 71,4 anos (±8,3). A prevalência de doenças musculoesqueléticas foi de 39,1% (IC95% 35,9-42,3), sendo as mais frequentes: osteoporose (24,6%), artrose (2,9%), reumatismo (1,2%) e artrite (0,6%). A prevalência foi superior nas mulheres (44,7%; p=0,000); faixa etária ≥80 anos (44,7%; p=0,002); autoavaliação de saúde ruim (55,9%; p=0,000); relato de dor (43,4%; p=0,001). Não houve associação entre doenças musculoesqueléticas e quedas (p=0,671) e sedentarismo (p=0,167). Conclusão Observaram-se elevada prevalência de doenças musculoesqueléticas nos idosos de elevada faixa etária e associação com autoavaliação de saúde ruim e relato de dor, o que sugere intervenções no controle das condições de saúde gerais.

    Abstract in English:

    Abstract Objective Estimate the prevalence of self-reported musculoskeletal disorders in elderlies according to demographic variables, pain, self-assessment of health and falls. Methods Cross-sectional and population-based study with a probabilistic sample of 934 seniors living in Goiania, GO. It was applied a standardized and semi-structured questionnaire. The outcome variable was self-reported musculoskeletal disorders by elderly and exposure were demographic, self-assessment health, falls, pain and physical activity. For analysis, we used the Chi-square test or Fisher and Poisson regression (value of p<0.05). Results We evaluated 934 elderly, 62.2% were women, average of 71.4 years (±8.3). The prevalence of musculoskeletal disorders was 39.1% (95% CI -42.3 35.9), being the most frequent: osteoporosis (24.6%), arthritis (2.9%), rheumatism (1.2%) and arthritis (0.6%). The prevalence was higher in women (44.7%; p=0.000); age ≥ 80 years (44.7%; p=0.002); self-assessment of bad health (55.9%; p=0.000); report of pain (43.4%; p=0.001). There was no association between musculoskeletal disorders and falls (p=0.671) and sedentary (p=0.167). Conclusion We observed a high prevalence of musculoskeletal disorders in the elderly with high age group which suggests interventions in the control of the general health conditions and pain.
  • Prevalência de sintomas otoneurológicos em indivíduos com hipotireoidismo congênito: estudo piloto Artigo Original

    Andrade, Caio Leônidas de; Machado, Gabriela Carvalho; Fernandes, Luciene da Cruz; Braga, Hélida; Boa-Sorte, Ney; Ramos, Helton Estrela; Alves, Crésio

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Objetivo Investigar a frequência de sintomas otoneurológicos em crianças com hipotireoidismo congênito e relacioná-los com os aspectos clínicos. Métodos Estudo exploratório de caráter descritivo seccional. A casuística foi composta pelos pais e/ou cuidadores de 105 crianças com diagnóstico de hipotireoidismo congênito e com 5 anos ou mais de idade. A coleta de dados utilizou um questionário estruturado elaborado e testado pelos pesquisadores. As informações clínicas e laboratoriais foram obtidas dos prontuários médicos. Resultados A maioria dos indivíduos (72,4%) demonstrou sintomas relacionados à disfunção vestibulococlear, na qual a tontura/vertigem correspondeu a 56,2% dos sintomas, seguida pela hipoacusia (43,8%) e pelo zumbido (12,4%). Houve correlação estatística entre os sintomas de hipoacusia (p=0,016) e a idade para o teste de rastreio neonatal, bem como os sintomas de tontura/vertigem com a etiologia do hipotireoidismo congênito (p=0,003). Na percepção da hipoacusia (RP=0,49; IC=0,31-0,77), a exposição ao fator demonstrou associação com a probabilidade de 95%. Conclusão Os achados sugerem significativa prevalência e associação entre hipotireoidismo congênito e sintomas otoneurológicos, especialmente tontura, hipoacusia e zumbido.

    Abstract in English:

    Abstract Purpose To investigate the frequency of otoneurological symptoms in children with congenital hypothyroidism and correlate them to the clinical aspects. Methods Exploratory study of sectional descriptive character. The sample was composed by parents and/or caregivers of 105 children diagnosed with congenital hypothyroidism and age of 5 years or more. Data collection used a structured questionnaire developed and tested by researchers. Clinical and laboratory data were obtained from medical records. Results Most subjects (72.4%) showed symptoms related to vestibulocochlear disorder, in which dizziness/vertigo corresponded to 56.2% of symptoms, followed by hearing loss (43.8%) and tinnitus (12.4%). We observed statistical correlation between hearing loss (p = 0.016) and age of neonatal screening test, as well as symptoms of dizziness/vertigo with congenital hypothyroidism (p = 0.003). For hearing loss (PR = 0.49; CI = 0.31 to 0.77), the exposure factor showed a correlation with the probability of 95%. Conclusion These findings suggest a significant prevalence and association between congenital hypothyroidism and otoneurological symptoms, especially dizziness, hearing loss and tinnitus.
  • Confiabilidade teste-reteste do instrumento EORTC QLQ FA13 para avaliação de fadiga em pacientes oncológicos Artigo Original

    Silva, Daniela Guimarães Ferreira da; Souza, Ana Lucia Lira Pessoa de; Martins, Thalyta Cassia de Freitas; Pedrosa, Thais Martins; Muzi, Camila Drumond; Guimarães, Raphael Mendonça

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Objetivo Verificar a estabilidade teste-reteste do instrumento EORTC QLQ FA13 na versão em português do Brasil por meio do processo de equivalência semântica, compreendendo a fase de equivalência de mensuração que abrange os estudos psicométricos. Métodos O instrumento foi aplicado em 163 pacientes nas enfermarias clínicas e cirúrgicas de um hospital de alta complexidade no tratamento do câncer situado no município do Rio de Janeiro entre março de 2015 e outubro de 2016, através de um questionário aplicado por entrevista individual. Para testar a adequação do processo de aferição, solicitou-se que respondessem novamente o questionário, com intervalo de 7 a 15 dias. Resultados Dentre aqueles que participaram do teste, 50 (30,67%) aderiram também ao reteste. Houve boa compreensão do instrumento na etapa de teste. As respostas mostraram-se estáveis, e as estimativas de confiabilidade teste-resteste variaram de boa a excelente (kappa = 0,66 a 0,80), seja para os itens, seja para as dimensões da escala. Conclusão O presente estudo, juntamente com outras etapas prévias de confiabilidade do instrumento, sugere alta estabilidade das informações coletadas, o que torna real sua aplicabilidade na população brasileira visando à melhora da qualidade da assistência dos pacientes oncológicos.

    Abstract in English:

    Abstract Objective To verify the test-retest stability of the EORTC QLQ FA 13 instrument in the Brazilian Portuguese version through the semantic equivalence process, including the equivalence phase of measurement that covers psychometric studies. Methods The instrument was applied in 163 patients undergoing cancer treatment in the clinical and surgical infirmaries of a highly complex hospitallocated in the city of Rio de Janeiro between March 2015 and October 2016 through a questionnaire applied in an individual interview. In order to test the suitability of the measurement process, participants were requested to answer the questionnaire a second time after and interval of 7 to 15 days. Results Among participantsed, 50 (30.67%) also adhered to retest. There was good understanding of the instrument at the test stage. The responses were stable, and the estimates of test-retest reliability varied from good to excellent (kappa = 0.66 to 0.80), either for items or for scale dimensions. Conclusion The present study and other previous steps of reliability of the instrument suggest a high stability of the information collected, which makes its applicability in the Brazilian population useful for improving the quality of care of cancer patients.
  • Transtornos mentais comuns: prevalência e fatores associados entre agentes comunitários de saúde Artigos Originais

    Santos, Ana Maria Vitrícia de Souza; Lima, Cássio de Almeida; Messias, Romerson Brito; Costa, Fernanda Marques da; Brito, Maria Fernanda Santos Figueiredo

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Os agentes comunitários de saúde desempenham importante papel nos cuidados primários de saúde, constituindo o elo entre a comunidade e a equipe de saúde da família. O seu cotidiano laboral gera estressores que podem repercutir na saúde mental desses profissionais. O estudo teve como objetivo avaliar a prevalência de transtornos mentais comuns e os possíveis fatores associados entre agentes comunitários de saúde. Métodos Estudo transversal, analítico, desenvolvido em Montes Claros/MG. Foram utilizados o Self Reporting Questionnaire e um formulário estruturado. Os dados foram processados no software Statistical Package for the Social Sciences for Windows, versão 18.0, submetidos à análise descritiva, análise bivariada e análise múltipla por meio da regressão de Poisson com variância robusta. Resultados A prevalência de transtornos mentais comuns foi de 41,6%. A maior prevalência esteve associada: à cor autodeclarada não branca; à procura por apoio espiritual; à renda inferior a quatro salários mínimos; à autoavaliação da saúde como ruim; ao relato de que o trabalho impactou na saúde; ao uso de calmante, tranquilizante ou antidepressivo; à não participação de programas de dietas. Conclusão Evidenciou-se elevada prevalência de transtornos mentais comuns, a qual foi influenciada por fatores sociodemográficos e de saúde.

    Abstract in English:

    Abstract Introduction The community health agents play an important role in primary health care, forming the link between the community and the family health team. Their daily work can generate stressors that can affect the professionals’ mental health. The study aimed to evaluate the prevalence of common mental disorders and possible associated factors among community health agents. Methods Cross-sectional and analytical study conducted in Montes Claros-MG. It was used the Self Reporting Questionnaire and a structured form. The data were processed using the Statistical Package for Social Sciences for Windows, version 18.0, subjected to descriptive analysis, bivariate analysis and multivariate analysis using Poisson regression with robust variance. Results The prevalence of common mental disorders was 41.6%. The highest was associated to: self-declared race (not white); that already sought religious support; which had a monthly income of less than four minimum salary; those who self-rated their health as bad; among those who said their work had impact on health; among those who made use of calming, tranquilizing or antidepressant; and among those who did not diet. Conclusion We identified a high prevalence of common mental disorders, being influenced by sociodemographic and health factors.
  • Atitudes dos trabalhadores de saúde mental em relação aos pacientes psiquiátricos em uma cidade do interior do Estado do Rio de Janeiro Artigos Originais

    Abramenko, Ludmila; Lovisi, Giovanni Marco; Fonseca, Diego de Lima; Abelha, Lucia

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Existem poucos estudos acerca da avaliação das atitudes dos trabalhadores em saúde mental em relação aos indivíduos com transtornos mentais no Brasil, principalmente em cidades de médio e pequeno porte. Portanto, foi conduzido um estudo seccional para avaliar as atitudes dos profissionais de saúde mental que trabalham em uma pequena cidade do interior do Estado do Rio de Janeiro. Método Foram avaliados 155 trabalhadores em saúde mental do município de Carmo, em novembro de 2015, utilizando a escala Community Attitudes Toward Mentally Ill (CAMI-BR). A CAMI tem quatro subescalas: Autoritarismo, Benevolência, Restrição Social e Ideologia de Saúde Mental Comunitária. Resultados Os trabalhadores, na sua maioria, apresentaram atitudes positivas para com os pacientes psiquiátricos. A subescala que teve pontuação mais alta foi Benevolência, seguida por Ideologia Comunitária, enquanto Restrição Social e Autoritarismo obtiveram as pontuações mais baixas. As variáveis que tiveram associação significativa com as atitudes positivas foram: faixa etária, categoria profissional e nível educacional. As pessoas mais jovens e com mais anos de estudo foram as que mostraram atitudes mais positivas. Os Cuidadores apresentaram atitudes mais negativas quando comparados às outras categorias. Conclusão Embora ainda persistam algumas atitudes autoritárias no cuidado dos pacientes psiquiátricos, os trabalhadores de Carmo têm atitudes positivas relacionadas às pessoas com transtorno mental e sua inclusão na comunidade, o que fortalece a implementação das reformas da assistência psiquiátrica no município.

    Abstract in English:

    Abstract Introduction As there are few studies about evaluation of attitudes of mental health workers towards individuals with mental disorders in Brazil, especially in small and medium-sized towns. A cross-sectional study was carried out to assess attitudes of mental health professionals working in a small city situated in the Rio de Janeiro State. Methods Data were collected using the Community Attitudes Towards Mentally Ill (CAMI-BR) in a population of mental health professionals working in Carmo in November 2015. The CAMI consists of four subscales: Authoritarianism, Benevolence, Social Restrictiveness and Community Mental Health Ideology. Results Most workers presented positive attitudes towards psychiatric patients. The subscale with the highest score was Benevolence followed by Community Ideology, while Social Restriction and Authoritarianism obtained the lowest scores. The following individual characteristics were associated with positive attitudes: age group, professional category and educational level, being the youngest people with higher level education showing more positive attitudes. The caregivers presented more negative attitudes when compared to the other categories. Conclusion Although there are still some authoritarian professionals` attitudes in the care of psychiatric patients in Carmo, these workers have positive attitudes related to the treatment of people with mental disorders and their inclusion in the community, which strengthens the implementation of psychiatric care reforms in the town.
  • Concepções de programas de prevenção à violência e promoção da cultura de paz Artigos Originais

    Belga, Stephanie Marques Moura Franco; Silva, Kênia Lara; Sena, Roseni Rosângela de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Este artigo propõe-se analisar programas de prevenção à violência com o objetivo de identificar as concepções que orientam o desenvolvimento desses programas e a relação com a promoção da cultura de paz. Método Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa aportada no referencial teórico-metodológico da análise de discurso crítica. Foram considerados para análise documentos online referentes a sete programas de prevenção da violência e promoção da cultura de paz desenvolvidos em Belo Horizonte - Minas Gerais. Resultados A análise permitiu identificar uma cadeia de expressões nos objetivos dos programas que revelam aspectos ideológicos das políticas públicas cuja finalidade é a redução de incidências de eventos relacionados à violência. O discurso de promover uma cultura como mudança de paradigma e a fruição entre as pessoas aparece em alguns programas, no qual o fortalecimento de uma cultura de respeito aos direitos humanos e à cidadania está presente nas propostas. Em relação ao público-alvo dos programas, nota-se a focalização em segmentos caracterizados por faixas etárias mais jovens, com menor escolaridade. Conclusão Embora haja uma relevância na implementação de programas de prevenção, ainda persistem desafios que lhes são subjacentes aos aspectos ideológicos, políticos e práticos para construir a perspectiva da cultura de paz.

    Abstract in English:

    Abstract Introduction This article aims to analyze violence prevention programs in order to identify the conceptions that guide their development and their relation with the promotion of culture of peace. Method This is a qualitative study anchored in the theoretical and methodological reference of the critical discourse analysis. Online documents related to seven programs of violence prevention and promotion of culture of peace in Belo Horizonte - Minas Gerais, were considered for analysis. Results The analysis allowed identifying a chain of expressions on the goals of the programs that reveal ideological aspects of public policies whose purpose is to reduce incidences of events related to violence. The speech of promoting culture as a paradigm shift and the enjoyment among people appears in some programs. Reinforcement of a culture of respect for human rights and citizenship is presented on the proposals. Regarding the target audience of the programs, there is a focus on segments characterized by younger age groups, lower level of education and residence in areas of high social vulnerability. Conclusion Although the implementation of prevention programs is relevant, there are still underlying challenges to the ideological, political and practical perspective of building a culture of peace.
  • Prevalência e fatores associados a comportamentos de risco à saúde em universitários no norte de Minas Gerais Artigos Originais

    Lima, Celina Aparecida Gonçalves; Maia, Maria de Fátima de Matos; Magalhães, Tatiana Almeida de; Oliveira, Liliane Marta Mendes de; Reis, Vivianne Margareth Chaves Pereira; Brito, Maria Fernanda Santos Figueiredo; Pinho, Lucineia de; Silveira, Marise Fagundes

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Objetivo Estimar a prevalência de comportamentos de risco à saúde (CRS) e identificar os fatores associados. Métodos Estudo transversal com amostra aleatória de 902 acadêmicos de uma universidade pública no norte de Minas Gerais, Brasil. As variáveis analisadas foram: características sociodemográficas, acadêmicas e comportamentos de risco. Utilizou-se a Razão de Prevalência bruta e ajustada, estimadas pelo modelo de regressão de Poisson. Resultados Os CRS mais prevalentes foram: baixo consumo de frutas e verduras (98,1%), não realização de exercício aeróbio (71,2%) e uso irregular de preservativo (63,1%). As associações significativas foram: gênero masculino com consumo abusivo de bebida alcoólica (RP=1,53), drogas ilícitas (RP=2,41) e envolvimento em brigas (RP=2,12); idade até 21 anos com envolvimento em brigas (RP=2,77); estado civil com companheiro com envolvimento em brigas (RP=3,03) e uso irregular de preservativo (RP=1,59); estudantes de outras áreas de graduação com não realização de exercício aeróbio (RP=1,26); classe econômica A ou B com drogas ilícitas (RP=1,92). Conclusão Observaram-se variações nas prevalências dos CRS, com destaque para baixo consumo de frutas e verduras, e tabagismo. Os CRS mostraram-se positivamente associados ao gênero masculino, idade até 21 anos, classe econômica A ou B, estado civil com companheiro e estudantes de outras áreas de graduação.

    Abstract in English:

    Abstract Objectives To estimate the prevalence of health risk behaviors (HRB) and identify the factors associated with it. Methods Cross-sectional study with a random sample of 902 students, at a public university on the north of Minas Gerais, Brazil. The variables analyzed were: sociodemographic characteristics, academic and risk behaviors. It was used the crude and adjusted prevalence ratio, estimated by the Poisson model. Results HRB more prevalents: low consumption of fruits and vegetables (98.1%), non-performance of aerobic exercise (71.2%) and irregular preservative use (63.1%). The significant associations were: males with abusive consumption of alcohol (RP=1.53), illegal drugs (RP=2.41) and involvement in fights (RP=2.12); age up to 21 years with involvement in fights (RP=2.77); relashionship status with a partner with involvement in fights (RP=3.03) and irregular use of preservatives (RP=1.59); students from other academic areas with non-performance of aerobic exercise (RP=1.26); economic class A or B with illicit drugs (RP=1.92). Conclusion There were variations in the prevalence of HRB among university students, with emphasis on low fruit and vegetable consumption and smoking. HRB were positively associated with the male gender, up to 21 years, economic class A or B, marital status with partner and students from other undergraduate areas.
  • Fatores associados à verificação da imunização pós-vacinação contra hepatite B entre trabalhadores da Atenção Primária Artigo Original

    Costa, Fernanda Marques da; Martins, Andréa Maria Eleutério de Barros Lima; Lima, Cássio de Almeida; Rodrigues, Quíria França; Santos, Kaiza Katherine Ferreira; Ferreira, Raquel Conceição

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução A verificação da imunização pós-vacinação contra a hepatite B é um procedimento simples, que oferece segurança ao trabalhador e deve ser uma ação rotineira entre trabalhadores da Atenção Primária à Saúde. Porém, ainda há uma carência de discussões acerca desse tema, de notável relevância. Objetivou-se investigar a prevalência de verificação da imunização pós-vacinação contra hepatite B entre trabalhadores da Atenção Primária à Saúde e sua associação com fatores ocupacionais, condições gerais de saúde e medidas de autocuidado. Métodos Estudo transversal analítico. Avaliou-se amostra de 400 trabalhadores, com confiança e precisão de 95%, entre agosto e dezembro de 2011, em cidade do norte de Minas Gerais. Foram realizadas análises bivariadas e regressão de Poisson, no Statistical Package for the Social Sciences, versão 17.0. Resultados Dos 400 trabalhadores vacinados, 25,8% verificaram a imunização pós-vacinação contra hepatite B. Os fatores associados à verificação foram função na equipe, regime de trabalho, contato com material biológico e satisfação com o trabalho (p<0,05). Constatou-se menor prevalência entre trabalhadores contratados e com menor escolaridade (p<0,05). Conclusão A verificação da imunização não se configurou como rotina e foi menor entre trabalhadores contratados e com menor formação, evidenciando negligência com a saúde ocupacional.

    Abstract in English:

    Abstract Introduction The verification of immunization following Hepatitis B vaccination is a simple procedure that offers security to the worker and should be a routine action among Primary Health Care workers. However, there is still a lack of discussions on this subject of remarkable relevance. This study aimed to investigate the prevalence of verification of immunization after vaccination against hepatitis B among workers of Primary Health Care and their association with occupational factors, overall health and self-care measures. Methods a cross-sectional study evaluating a sample of 400 workers, with confidence and precision of 95%, between August and December 2011, in the northern city of Minas Gerais. Bivariate analysis and Poisson regression were performed using the Statistical Package for the Social Sciences version 17.0. Results We observed immunity in 25.8% of the 400 workers vaccinated for hepatitis B. Factors associated with the verification were related to the team, working arrangements, contact with biological material and job satisfaction (p<0.05). We found lower prevalence among contract workers and lower education (p<0.05). Conclusion the verification of immunization is not set as routine, we observed a lower rate among contract workers with less training, showing neglect of occupational health.
  • Qual é o custo da prescrição pelo nome de marca na judicialização do acesso aos medicamentos? Artigo Original

    Paim, Luís Fernando Nunes Alves; Batt, Carine Raquel; Saccani, Gabriela; Guerreiro, Irene Clemes Küllkamp

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Objetivos Estimar o custo e a economia da aquisição de medicamentos fornecidos por meio de ação judicial, considerando a aquisição de medicamentos de referência, genérico e similar. Métodos Estudo descritivo e analítico das ações judiciais (n=186) para acesso a medicamentos pleiteados na comarca de Antônio Prado/RS entre os anos de 2004 a 2015. Investigou-se o custo dos tratamentos em três cenários: A - a aquisição pela referência; B - a aquisição de genéricos; C - a aquisição do medicamento de menor valor. Resultados O valor acumulado necessário para o cumprimento integral das ações judiciais ativas entre os anos de 2004 a 2015 seria de R$6.592.936,58 para o cenário A, de R$5.573.571,19 para o cenário B e de R$5.357.309,82 para o cenário C. O percentual de economia comparativamente ao cenário A foi 13,44% pela aquisição de medicamentos genéricos (cenário B) e de 17,94% pela aquisição do medicamento de menor valor (cenário C). Conclusões As ações judiciais de acesso aos medicamentos deferidas pela marca de referência oneram o Sistema Único de Saúde (SUS) e ferem o princípio da livre concorrência que orienta as licitações públicas.

    Abstract in English:

    Abstract Aim Estimate the cost and economics of the purchase of medicines provided through lawsuit considering the acquisition of branded medicines, generic and similar equivalent. Methods The descriptive and analytical study of deferred lawsuits (n = 186) for access to medicines demanded in the Antonio Prado – RS, between the years 2004 to 2015, investigated the cost of the medicines for the full compliance of the shares considering three scenarios: A - the acquisition of brand name medicines; B - the acquisition of generic and C - acquisition of smaller value considering brand name drug, generic equivalent or similar. The financial impact of this difference was estimated as the annual cost of the acquisition of Pharmaceutical Services Basic Component (CBAF) of this municipality. Results The accumulated amount required for full compliance with the active lawsuits between the years 2004 to 2015 would be R $ 6,592,936.58 for scenario A, of R $ 5,573,571.19 for the scenario B and R $ 5,357,309.82 for scenario C. The percentage saving compared to scenario A was 13.44% for the acquisition of generic drugs (scenario B) and 17.94% for the acquisition of lower drug (C scenario). This difference in cost of the branded drugs ordered through judicial processes is over than 6 years and budget means comparing scenario B to A, and nearly 10 years comparing the scenario C to A. Conclusions The lawsuits of access to medicines that require brand name drugs further burden the public health system, and hurt the principle of free competition that guides public tenders, including the drug. As the Brazilian Sistema Único de Saúde (SUS) under the requirements shall be according to the Brazilian Common Denomination, the lawsuits for access to medicines should respect this guidance.
  • Produção e avaliação comparativa de preços de produtos do Laboratório de Manipulação Farmacêutica - Ribeirão Preto – SP: experiência relacionada à Assistência Farmacêutica no SUS Artigo Original

    Borella, Júlio Cézar; Pereira, Lúcia Helena Terenciani Rodrigues

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução A Assistência Farmacêutica prestada pelo setor público de saúde deve também compreender a produção de medicamentos. Sendo assim, realizou-se estudo relacionado às atividades do Laboratório de Manipulação Farmacêutica da Secretaria da Saúde de Ribeirão Preto, SP. Métodos Foi realizada pesquisa quantitativa com informações das fichas de produção, entre 2006 a 2015, e comparação entre os preços de mercado e aqueles dos produtos com maior demanda produzidos (12/2015). Resultados Os resultados mostraram que foram produzidos 46 tipos de produto (218.340 itens produzidos). A preparação oleosa com ácidos graxos essenciais foi a que apresentou maior produção (56.524 unidades). Pomada de calêndula 10% teve produção de 24.534 unidades e formas farmacêuticas (gel e creme) a base de papaína 2%, 6% e 10% somaram 22.825 unidades. Na avaliação comparativa do número total de itens produzidos em 2006 (8.467) e em 2015 (34.191), observou-se aumento superior a 400%, enquanto os custos de produção de alguns itens puderam ser minimizados, em relação aos preços de mercado, em até 802%. Conclusão Conclui-se que se pode sugerir a inclusão desse tipo de serviço nos proporcionados pela Assistência Farmacêutica, pois apresenta potencial para ser ofertado no SUS.

    Abstract in English:

    Abstract Introduction Pharmaceutical Services that are provided in the public health sector should also be associated with the production of medicines. Thus, a study was carried out related to the activities of the Pharmaceutical Manipulation Laboratory from Ribeirão Preto. Methods Quantitative research was conducted based on information from the production cards, between 2006 and 2015. Comparative study of prices of lab products with the highest demand and those available on the market were also performed (12/2015). Results The results showed that 46 types of products have been produced (218,340 items). Oily preparation with essential fatty acids was the product with the highest production (56,524 units). Marigold 10% ointment had 24,534 units produced. Gel and cream based on papain 2%, 6% and 10% total of 22,825 units. In a comparative evaluation of the total number of items produced in 2006 (8,467) and in 2015 (34,191), there was an increase of more than 400%, while the production costs of some items could be minimized, in relation to market prices by up to 802%. Conclusion This type of service could be suggested to be included in the Pharmaceutical Services, since it presents potential to be offered in the SUS.
  • Soluções individuais de abastecimento de água para consumo humano: questões para a vigilância em saúde ambiental Artigo Original

    Oliveira, Julimara de Souza Costa; Medeiros, Amanda de Mattos; Castor, Larissa Gonçalves; Carmo, Rose Ferraz; Bevilacqua, Paula Dias

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Ainda são vários os desafios da Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (VQACH) nos municípios, principalmente em relação às soluções alternativas individuais de abastecimento (SAIs), as quais podem apresentar ágeis mudanças, especialmente, em cenários de restrição hídrica. Métodos Analisaram-se os perigos relacionados às SAIs cadastradas em município de pequeno porte da Zona da Mata de Minas Gerais, integrando dados relativos à notificação de casos de doença diarreica aguda (DDA). Resultados Entre setembro de 2013 e janeiro de 2015, foram cadastradas/inspecionadas 584 SAIs, das quais 19,7% localizadas na área urbana e 80,3% na área rural. Além disso, 92,6% eram utilizadas para fornecimento de água para consumo humano, atendendo a 2.323 pessoas. Maior proteção e/ou cuidado foram observados na área urbana, assim como maior ocorrência de focos de contaminação (o mais frequente foi o esgoto sanitário). Apenas para área urbana foi identificada correlação estatisticamente significante entre número de SAIs e casos notificados de DDA (p=0,002). Conclusão Reforça-se a necessidade de investimentos e a priorização de ações da VQACH direcionadas às SAIs, já que não são alvos de ações de controle da qualidade da água, bem como o aumento da cobertura da população por serviços de saneamento.

    Abstract in English:

    Abstract Introduction There are still many challenges concerning the Drinking Water Surveillance in the municipalities, mostly related to individual supply solutions (SAI) which may present quick changes, especially in water stress scenarios. Methods This study analyzed hazards related to SAI recorded in a city at Zona da Mata, Minas Gerais State, integrating data from local report of acute diarrheal disease (DDA). Results From September/2013 to January/2015, 584 SAI were recorded and inspected; 19.8% located at urban area and 80.3% at rural area. Of the total, 92.6% provided water for human consumption, serving 2,323 people. Higher protection and/or care were observed in urban area, where, on the other hand, there was higher occurrence of sources of contamination (being “wastewater” the most frequent). There was statistically significant correlation between the number of SAI and reported cases of DDA (p=0.002) only for urban area. Conclusion The data highlight the need for investments and prioritization of Drinking Water Surveillance actions directed to SAI, since they are not subject to water quality control actions; as well as the increase in population coverage by sanitation services.
  • Pênfigo Foliáceo Endêmico (Fogo Selvagem) e sua associação com fatores ambientais e ocupacionais em Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil Artigos Originais

    Bezerra, Olívia Maria de Paula Alves; Galvão, Márcio Antonio Moreira; Silva, Danilo Jorge da; Brito, Cássia Rafaela Leão de; Rossini, Mariana Carla Santos; Gonçalves, Pedro Marcos Silva e; Bueno, Lorena de Souza; Souza, Anelise Andrade de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Pênfigo compreende grupo de doenças bolhosas autoimunes que possuem tendência à progressão, com evolução ilimitada e crônica e com prognóstico potencialmente fatal. O tipo mais comum é o Pênfigo Foliáceo Endêmico (PFE), caracterizado pela presença de lesões cutâneas com formação de bolhas na face, no couro cabeludo e na região interescapular. Fatores de ordem ambiental, genéticos e imunológicos podem desencadear a enfermidade. Entre os fatores ambientais, exposição a mercúrio, poeiras minerais e a picada do mosquito Simulium nigrimanum devem ser considerados. Buscou-se, neste artigo, relatar a ocorrência do PFE entre a população de Antônio Pereira, distrito rural de Ouro Preto, Minas Gerais, bem como identificar possíveis associações da doença com fatores ocupacionais e ambientais locais. Foi constatada uma prevalência de 4,57 casos de PFE/1.000 habitantes, considerada bastante elevada. Observou-se associação estatística entre a doença e contato com barragem de rejeitos de mineração (p = 0,048) e exposição ao mercúrio (p = 0,008). Os resultados indicam a necessidade de vigilância epidemiológica eficaz das comunidades afetadas, assim como adequada assistência à saúde dos pacientes acometidos pela doença.

    Abstract in English:

    Abstract Pemphigus comprises a group of autoimmune bullous diseases, which have a tendency of progression, with unlimited and chronic development and with a potentially to fatal disease prognosis. The most common type is the Endemic Pemphigus Foliaceus (EPF), characterized by the presence of skin lesions with blistering located on the face, scalp and interscapular region. Environmental, genetic and immunological factors may trigger the disease. Among the environmental factors, exposure to mercury, mineral dust and Simulium nigrimanum mosquitoes bite should be considered. Sought to, in this article, it is reported the occurrence of PFE among the population of Antonio Pereira, rural district of Ouro Preto, Minas Gerais, and identify their possible association with occupational and environmental local factors. A prevalence of 4.57 cases of EPF/1.000 inhabitants, considered high was found. There was association between the disease and contact with dam tailings mining (p=0.048); and exposure to mercury (p=0.008). The results indicate the need for effective surveillance of the affected communities, as well as adequate health care of patients affected by the disease.
  • Trends in hospitalizations due to motorcycle accidents involving men aged 20 to 39 years in the state of Santa Catarina - Southern Brazil Original Articles

    Schneider, Ione Jayce Ceola; Schütz, Marcelo Vargas; Nazário, Nazaré Otília; Dalpiaz, Ameg; Marcolino, Alexandre Márcio; Barbosa, Rafael Inácio

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Os acidentes motociclísticos são responsáveis por grande parte dos agravos devido a causas externas e ocasionam altas taxas de internação. Objetivo Este estudo objetivou analisar a tendência temporal de morbidade dos acidentes motociclísticos em adultos jovens do sexo masculino. Métodos Estudo ecológico da morbidade por acidentes motociclísticos em homens de 20 a 39 anos no Estado de Santa Catarina entre os anos de 1998 e 2012. Os dados são oriundos do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde. Calcularam-se as taxas específicas de morbidade hospitalar, ajustadas por idade, faixa etária e macrorregião, para analisar a tendência temporal no Estado por meio das estimativas de modelos de regressão pelo programa Joinpoint. Resultados Houve incremento médio significativo de 10,9% ao ano. Nas faixas etárias estudadas, a de 20-29 anos apresentou aumento anual de 9,7%, enquanto a de 30-39 anos, 13,7%. Com exceção da Foz do Rio Itajaí, todas as macrorregiões apresentaram aumento significativo na taxa de morbidade. Conclusão Houve aumento da tendência de morbidade por acidente motociclístico no Estado. Os resultados demonstram necessidade de aprimoramento das políticas de redução dessa causa de acidentes.

    Abstract in English:

    Abstract Introduction Motorcycles accidents are responsible for most of the injuries due to external causes and consequent high hospitalization rates. Objective This study aimed to analyze the temporal trend in motorcycle accident morbidity among young male adults in the State of Santa Catarina. Methods This is an ecological study on motorcycle accident morbidity in men aged 20 to 39 years in the State of Santa Catarina between 1998 and 2012. Data from the Hospital Information System of the Brazilian Unified Health System were used in the study. Specific hospital morbidity rates adjusted for age, age group and geographical region, were calculated to analyze the temporal trend in the State through regression model estimates obtained using the Joinpoint program. Results A total of 19.889 hospital admissions for motorcycle accidents occurred in the State of Santa Catarina in the period studied, with a significant increase of 10.9% per year. In the studied age groups, the 20-29 year old group increased 9.7% per year, whilst the 30-39 year old group increased 13.7%. Except for Foz do Rio Itajaí, all geographical regions of the state showed a significant increase of morbidity. Conclusion There has been an increasing trend of morbidity for motorcycle accidents in State of Santa Catarina. These results show the need for improvement of policies to reduce the causes of this type of accident.
  • Orientação comunitária e enfoque familiar: avaliação de usuários e profissionais da estratégia saúde da família Artigos Originais

    Paula, Weslla Karla Albuquerque Silva de; Samico, Isabella Chagas; Caminha, Maria de Fátima Costa; Batista, Malaquias; Figueirôa, José Natal

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Objetivo avaliar a presença e extensão da orientação comunitária e do enfoque familiar na atenção primária à saúde da criança em unidades da Estratégia Saúde da Família (ESF) de Pernambuco, sob a ótica dos usuários e profissionais. Método estudo transversal, com 431 cuidadores de crianças menores de um ano e 33 profissionais de saúde, realizado com base no instrumento validado PCATool – Brasil versões criança e profissional. Realizou-se análise descritiva e o teste ANOVA foi aplicado para comparar as médias dos escores entre os municípios, no software Stata 12.1 SE. Resultados os atributos orientação familiar e orientação comunitária foram considerados de baixo escore (< 6,6), mediante o julgamento dos cuidadores das crianças que utilizavam a ESF como fonte regular de atenção, diferentemente da avaliação realizada pelos profissionais (escores > 6,6). Não foram observadas diferenças estatisticamente significantes (p < 0,05) entre os municípios. Conclusão os atributos foram considerados aquém do ideal na perspectiva dos cuidadores das crianças e mais bem avaliados pelos profissionais de saúde da ESF dos três municípios. Esses resultados pretendem servir a gestores e profissionais de saúde para tomada de decisão no âmbito da Saúde da Família.

    Abstract in English:

    Abstract Objective To evaluate the presence and extent of community guidance and family focus in the primary health care of children in Family Health Strategy (FHS) units in Pernambuco from the perspective of users and professionals. Method Cross-sectional study with 431 caregivers of under-one children and 33 health professionals. The child and professional versions of the validated PCATool–Brazil instrument were used in the study. Descriptive analysis was performed and an ANOVA was carried out to compare the mean scores between the municipalities using the Stata 12.1 SE software. Results The attributes family focus and community guidance had low scores (< 6.6) according to the judgment of caregivers who use the FHS as a regular source of care, what was different from the evaluation of professionals (scores > 6.6). No statistically significant differences were observed (p < 0.05) between the municipalities. Conclusion The attributes were considered to fall short of the ideal from the perspective of caregivers of children and were better evaluated by health professionals of the three municipalities. These results are intended to aid managers and health professionals in decision-making in the Family Health context.
  • Matriz Avaliativa do Vínculo Longitudinal na Atenção Primária: processo de validação por especialistas Artigo Original

    Cunha, Elenice Machado da; Andrade, Gabriela Rieveres Borges de; Oliveira, Catia Cristina Martins de; Marques, Marcio Candeias; Vargens, José Muniz da Costa; O’Dwyer, Gisele; Gondim, Grácia Maria de Miranda

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Este estudo tem por objetivo a validação de construto e de conteúdo de matriz avaliativa do vínculo longitudinal na Atenção Primária (AP). O vínculo longitudinal é representativo de características estruturantes da AP no SUS, tais como a coordenação do cuidado e a integralidade da atenção, e está relacionado a resultados positivos na atenção à saúde. Metodologia A validação foi realizada em duas etapas: na primeira discutiram-se os conceitos estruturantes da matriz e revisaram-se critérios, indicadores e questões; na segunda, tendo por referência o método Delphi, houve consulta a 27 especialistas para análise e julgamento dos itens da matriz em uma rodada via Internet e em uma Oficina de Consenso. Resultados Na primeira etapa houve ajustes e redução significativa do número de itens da matriz. No julgamento a distância e na Oficina de Consenso, em que pese a elevada concordância dos especialistas, houve ajustes de formato e inserção de dois itens visando maior representatividade do modelo de AP adotado no SUS. Conclusão A validação possibilitou o aprimoramento da matriz, tornando-a mais robusta em termos de representatividade do atributo, contribuindo para a sua aplicabilidade como instrumento avaliativo da AP no SUS.

    Abstract in English:

    Abstract Introduction The present study aimed to perform the construct and content validation of the evaluative matrix of longitudinal bond in Primary Health Care. Longitudinal bond is related to positive results of health care and is representative of structuring characteristics of Primary Care in the Unified Health System (SUS). Methodology The validation was held in two stages: on the first stage, the research crew discussed the structuring concepts of the matrix and revised the criteria, indicators and questions; on the second stage, using the Delphi method as a reference, specialists were consulted to analyze and judge the items of the matrix in a conference via web and at a Consensus Workshop. Results Adjustments were made in the first stage and the number of items in the matrix was significantly reduced. In the second stage, specialists agreed on the adjustments made on the format of the matrix, and new items to better represent the model adopted by the SUS were inserted. Conclusion The evaluation improved the matrix, making it more robust in terms of the representativity of the attribute, contributing for its applicability as an evaluative instrument of Primary Health Care in the SUS.
Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro Avenida Horácio Macedo, S/N, CEP: 21941-598, Tel.: (55 21) 3938 9494 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@iesc.ufrj.br