Cadernos Saúde Coletiva, Volume: 28, Issue: 1, Published: 2020
  • A extensão do ‘agro’ e do tóxico: saúde e ambiente na terra indígena Marãiwatsédé, Mato Grosso ARTIGO ORIGINAL

    Lima, Francco Antonio Neri de Souza e; Pignati, Wanderlei Antonio; Pignatti, Marta Gislene

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução As monoculturas agrícolas são relacionadas ao uso de agrotóxicos, que poluem o ambiente e as pessoas, de regiões agrícolas. No nordeste do estado de Mato Grosso, a Terra Indígena (TI) Marãiwatsédé, território da etnia Xavante foi ocupada na década de 1950 por não-indígenas e teve seu ambiente modificado pela agropecuária até a desintrusão em 2012. Quando os Xavante retornaram para seu território, uma denúncia de óbitos infantis por suspeita de poluição da água por agrotóxicos motivou este estudo. Objetivo Verificar resíduos de agrotóxicos na água e discutir a dinâmica de inserção da agropecuária na TI e região. Método Foi quantificada a área plantada, o consumo de agrotóxicos, análises químicas na água e caracterizado o ambiente da TI e entorno. Resultados A área plantada e o consumo de agrotóxicos da região da TI aumentou anualmente. Foi detectado resíduo de 0,19 μg/L de permetrina na água. Havia lavouras em atividade nos limites da TI. Conclusão Este valor está abaixo do Valor Máximo Permitido pela legislação brasileira, mas no limite da legislação europeia. No entanto, a presença de lavouras em atividade nos limites da TI são fontes constantes de emissão de agrotóxicos, possibilitando novas poluições de “fora para dentro” da TI.

    Abstract in English:

    Abstract Background Agricultural crops is directly relation to the use of pesticides, pollution the environment and people mainly from agricultural regions. The state of Mato Grosso, the indigenous land (IL) Marãiwatsédé, Xavante territory was occupied since 1950 by non-indigenous that environmental transformed by agricultural and farming until 2012. When the Xavante returns to Marãiwatsédé, denunciation of infant deaths by suspected pesticides water contamination motivated this study. Objective To verify the residues of pesticides in the water and to discuss a dynamic of insertion of agriculture in the Marãiwatsédé and region. Method It was quantified a planted area, pesticide consumption, realized chemical analysis in water and river sediment, and character environment this IL and surroundings. Results Annually increase planted area in the region Marãiwatsédé with increase pesticide consumption. It was detected permethrin residue in the water at concentration to 0.19 μg/L. There were crops in activity on the edge of IL. Conclusion The permethrin found in water was levels were lower than the limit established by Brazilian legislation but like to Europe legislation, more restrictive. However, this crops in activity the edge Marãiwatsédé are continuous emission sources of pesticides, which allows new pollutions.
  • Influência do consumo alimentar e da prática de atividade física na prevalência do sobrepeso/obesidade em adolescentes escolares ARTIGO ORIGINAL

    Barbalho, Erika de Vasconcelos; Pinto, Francisco José Maia; Silva, Francisco Regis da; Sampaio, Rafaella Maria Monteiro; Dantas, Débora Sâmara Guimarães

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução A adolescência é definida pela Organização Mundial da Saúde como a faixa etária de 10 a 19 anos, pois é nessa fase em que são observadas diferentes mudanças. Objetivo Analisar a existência de associação entre sobrepeso/obesidade e fatores de risco em adolescentes escolares. Método Estudo transversal, conduzido nas escolas de nível médio, da rede pública estadual, na cidade de Sobral, no Ceará, com amostra de 572 jovens. Os dados foram coletados utilizando questionário semiestruturado, IPAQ e Marcadores do Consumo Alimentar SISVAN. Na análise não ajustada, utilizou-se da regressão de Poisson, pelo teste do Qui-quadrado, de Wald, com as variáveis que apresentaram nível descritivo p < 0,20, como critério de entrada, e, no modelo final, da regressão múltipla de Poisson, apenas com as variáveis significativas (p < 0,05). Resultados No modelo final, por meio da regressão múltipla de Poisson, configuraram-se estatisticamente significativas a idade do adolescente (p = 0,002; IC95% = 0,099; 0,591; RP = 4,54) e a ingestão inadequada de alimentos com alta densidade energética (p = 0,006; IC95% = 0,369; 0,848; RP = 1,79) como fatores de risco. Conclusão Os achados desta pesquisa indicaram que a idade jovem e o consumo inadequado de alimentos são fatores de risco para o desenvolvimento de sobrepeso/obesidade, comprovando sua natureza diversa e complexa.

    Abstract in English:

    Abstract Background adolescence is defined by the World Health Organization, as the age group of 10 to 19 years old, because it is there, when different changes are observed. Objective to analyze the existence of association between overweight/obesity and risk factors in school adolescents. Method this is a cross-study, which was performed in high schools belonging to the state public network, in the city of Sobral, Ceará, with a sample of 572 young students. Data were collected using a structured questionnaire, IPAQ, and SISVAN food consumption markers. In the unadjusted analysis, the Poisson regression was used, using the chi-square test of Wald with the variables presenting a descriptive level p<0.20 as input criterion, and in the final multiple regression model of Poisson, only the significant variables (p<0,05). Results in the final model, after performing Poisson multiple regression, adolescent age (p=0.002; CI 95%=0.099; 0.591; RP=4.54) and inappropriate consumption of food with high energy density (p=0.006; CI 95%=0.369; 0.848; RP=1.79) were configured statistically significant as risk factors. Conclusion The findings of this research indicated that both young age and inadequate food consumption are risk factors for the development of overweight / obesity. This finding proves that the development of overweight / obesity is diverse and complex.
  • Association between screen time and the variation of food intake markers among school-aged adolescents in Niterói/RJ, Brazil ORIGINAL ARTICLE

    Rodrigues, Renata da Rocha Muniz; de Souza, Bárbara da Silva Nalin; Cunha, Diana Barbosa; Estima, Camilla de Chermont Prochnik; Sichieri, Rosely; Yokoo, Edna Massae

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Alterações nos hábitos alimentares associadas a comportamentos sedentários favorecem o ganho excessivo de peso entre os adolescentes, consequentemente podendo levar à ocorrência de doenças crônicas não transmissíveis. Objetivo Avaliar a associação entre tempo de exposição à tela e consumo de alimentos marcadores de alimentação saudável e não-saudável de adolescentes. Método Realizou-se um estudo longitudinal com adolescentes de 10-16 anos de escolas públicas de Niterói, Rio de Janeiro/Brasil, em 2014. Foram aplicados questionários com questões sobre tempo de exposição à tela, frequência do consumo alimentar e variáveis sóciodemográficas. Modelos lineares generalizados foram aplicados, com p-valor <0,05. Resultados Participaram do estudo 448 alunos, 54,8% do sexo masculino e 67% encontravam-se na categoria de ≥5 horas/dia de tempo de tela total e 69% na de ≤4 horas/dia de tempo de TV. Não foi observada associação entre tempo de exposição à tela total e a variação do consumo alimentar. Foi observada uma associação inversa entre o tempo de TV e o consumo de hortaliças (p-valor=0,02). Conclusão Não foi observada associação entre tempo de exposição à tela total e a variação do consumo alimentar. O tempo assistindo televisão foi associado ao consumo de hortaliças. Sugere-se que a redução do tempo gasto em atividades sedentárias e escolhas alimentares saudáveis sejam prioridades na elaboração de políticas públicas.

    Abstract in English:

    Abstract Background Changes in eating habits may be associated with sedentary behaviors by favoring excessive weight gain among adolescents, and consequently leading to the occurrence of chronic Non-Communicable Diseases (NCD). Objective To evaluate the association between screen time and consumption of healthy and unhealthy food markers in adolescents. Method A longitudinal study with adolescents aged from 10-16 years of public schools in Niterói, in the state of Rio de Janeiro/Brazil was performed in 2014. It was applied a questionnaire about screen time, food consumption frequency and socio-demographic variables. Generalized linear models were applied with p-value <0.05. Results 448 students participated in the study, 54.8% were male, and 67% were in the category of ≥5 hours/day of total screen time and 69% in the ≤4 hours/day of television time (TV time). It was not observed an association between total screen time and food intake variations. However, an inverse association was observed between TV time and vegetable consumption (p-value = 0.02). Conclusion It was not observed an association between total screen time and food intake variations. Nevertheless, it was verified that time spent watching television was associated with consumption of vegetables. Thus, it is suggested that the reduction of the time spent in sedentary activities and healthy food choices are priorities in the elaboration of public policies.
  • Qualidade da dieta da equipe de enfermagem de um hospital filantrópico de Pelotas (RS)* ARTIGO ORIGINAL

    Silva, Bianca Barbieri Correa da; Domingues, Jaqueline Gonçalves; Bierhals, Isabel Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Hábitos alimentares de um indivíduo impactam diretamente sobre suas condições de saúde, estado nutricional, além de influenciar suas atividades diárias, incluindo trabalho e estudos. Objetivo Avaliar a qualidade da dieta de profissionais de enfermagem. Método Variáveis comportamentais e de alimentação foram coletadas por meio de um questionário baseado em Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel). O índice de qualidade da dieta foi desenvolvido com base na alimentação relatada pelos profissionais, atribuindo pontos a cada alimento/prática conforme frequência de consumo/realização. Associações entre desfecho e exposições foram avaliadas por meio de Teste T e ANOVA. Resultados Entre 272 indivíduos, observou-se consumo elevado de legumes, verduras e frutas e reduzido de frango e leite e que os participantes não apresentavam o hábito de trocar o almoço por lanche. Também se verificou elevado consumo de refrigerantes, sucos artificiais e doces. A média da qualidade da dieta foi 16,8 do total de 30 pontos e maiores pontuações associaram-se a indivíduos mais velhos, que referiram praticar atividade física e não consumiam bebidas alcoólicas, auxiliares de enfermagem e que não possuíam outra atividade profissional. Conclusão A baixa qualidade da dieta dos profissionais evidenciou necessidade de esclarecimento sobre hábitos saudáveis.

    Abstract in English:

    Abstract Background An individual's eating habits directly impact on their health conditions, nutritional status, in addition to influencing their daily activities, including work and studies. Objective To evaluate the diet quality of a nursing professionals. Method Behavioral and feeding variables were collected through a questionnaire based on the VIGITEL - Surveillance of Risk and Protection Factors for Chronic Diseases. The Diet Quality Index was developed from the diet reported by professionals, assigning points to each food/practice according to frequency of consumption/achievement. Associations between outcome and exposures were evaluated through T Test and ANOVA. Results Among the 272 subjects, high consumption of legumes, vegetables and fruits was observed, and consumption reduced of chicken and milk, and that the participants did not present the habit of exchange the lunch for snack. There was also a high consumption of soft drinks, artificial juices and sweets. The mean of the diet was 16.8 out of a total of 30 points and higher scores were associated with older individuals, who reported practicing physical activity and who did not consume alcoholic beverages, nursing assistants and those who did not have any other professional activity. Conclusion The poor quality of the diet of the professionals evidenced the need for clarification about healthy habits.
  • Relação da saúde bucal com reações hansênicas em município hiperendêmico para hanseníase ARTIGO ORIGINAL

    Filgueira, Adriano de Aguiar; Linhares, Maria Socorro Carneiro; Farias, Mariana Ramalho; Oliveira, Angelo Giuseppe Roncalli da Costa; Teixeira, Ana Karine Macedo

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Péssimas condições de saúde bucal vêm sendo apontadas como prejudiciais às pessoas acometidas pela hanseníase, pois contribuem para a piora do quadro clínico desses indivíduos. Objetivo Este trabalho objetiva avaliar as condições de saúde bucal dos indivíduos atendidos por um serviço especializado no município de Sobral, no Ceará, e comparar dois grupos (com e sem reação hansênica) quanto às condições orais. Método Trata-se de um estudo transversal realizado no Ambulatório de Hanseníase do município de Sobral, no Ceará, com 56 pacientes em tratamento. Foram realizados um levantamento epidemiológico em saúde bucal e uma entrevista que coletaram informações sobre condições de saúde bucal, dados socioeconômicos, utilização dos serviços odontológicos e percepção entre doença e saúde bucal. Para a análise estatística entre os grupos, foi realizada uma análise bivariada, seguida por uma análise multivariada. Resultados Houve predomínio de sexo masculino, baixa escolaridade e diagnóstico multibacilar. Apesar da relação estatisticamente significante entre reação hansênica e cárie dentária, necessidade de exodontia e/ou endodontia, sangramento gengival, cálculo dentário e bolsa periodontal, apenas esta última apresentou associação significativa (p = 0,019) na análise multivariada. Conclusão Os participantes deste estudo apresentaram precárias condições de saúde bucal, sendo piores naqueles com reações hansênicas.

    Abstract in English:

    Abstract Background Poor oral health conditions are being considered as harmful for people affected by Hansen’s disease, since they contribute to worsening the clinical condition of these individuals. Objective This study aims to evaluate the oral health conditions of individuals attended by a specialized service in the city of Sobral, Ceará, and to compare two groups (with and without Hansen’s disease reaction) regarding oral conditions. Method A cross-sectional study was carried out at the Ambulatório de Hanseníase in the city of Sobral, Ceará, Brazil, with 56 patients being treated. An epidemiological survey was conducted on oral health and an interview that collected information on oral health conditions, socioeconomic data, use of dental services and perception between the disease and oral health. For the statistical analysis between the groups, a bivariate analysis was performed, followed by a multivariate analysis. Results Predominance was the male gender, low level of schooling and multibacillary diagnosis. Despite the statistically significant relationship between presence of Hansen’s disease reaction and the presence of dental caries, need for exodontia and / or endodontics, gingival bleeding, dental calculus and periodontal pocket, only the latter had a significant association (p = 0.019) in the multivariate analysis. Conclusion The participants of this study presented poor oral health conditions, being worse in those who presented Hansen’s disease reactions.
  • Fatores associados ao uso não urgente de unidades de pronto atendimento: uma abordagem multinível ARTIGO ORIGINAL

    Souza, Lidiane Cintia de; Ambrosano, Glaucia Maria Bovi; Moraes, Katarinne Lima; Fonseca, Emílio Prado da; Mialhe, Fábio Luiz

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução estudos no Brasil e em diversos países indicam que os serviços de urgência são frequentemente utilizados como portas de entrada para os sistemas de saúde, sobrecarregando-os e impactando na qualidade do serviço prestado à população. Entretanto, pouco se conhece sobre esse fenômeno nas unidades de pronto atendimento (UPAs) do nosso país. Objetivo investigar as variáveis associadas ao uso inadequado de duas UPAs em um município de grande porte. Método estudo transversal com uma amostra de 756 indivíduos que analisou as variáveis individuais, contextuais e dos serviços associadas ao uso inapropriado de UPAs por meio de um modelo de regressão logística múltipla e hierarquizada. Resultados o modelo final de regressão demonstrou que os indivíduos que apresentavam autopercepção de que sua condição era um caso de emergência e cuja idade era igual a ou acima de 60 anos apresentaram mais chances de procurarem esses serviços por motivos não urgentes. Conclusão variáveis individuais estiveram associadas ao uso não urgente dos serviços das UPAs. Estudos futuros de cunho qualitativo poderão auxiliar a compreender os motivos do uso inadequado desses serviços por tais indivíduos.

    Abstract in English:

    Abstract Background Studies in Brazil and in several countries indicate that emergency services are often used as gateways to health systems, overburdening them and impacting on the quality of service provided to the population. However, little is known about this phenomenon in the Emergency Care Units (EUCs) of our country. Objective To investigate the variables associated with the inadequate use of two EUCs in a large municipality. Method A cross-sectional study was carried out with a sample of 756 individuals that analyzed individual, contextual and service-related variables associated with the inappropriate use of EUCs through a hierarchical multiple logistic regression model. Results The final regression model showed that individuals who had self-perceived their condition as an emergency and whose age was equal to or older than 60 years presented high odds to seek these services for non-urgent reasons. Conclusions Individual variables were associated with non-urgent use of the ECUs. Future studies of a qualitative nature may help to understand the reasons for the inadequate use of these services by these individuals.
  • Fatores associados ao letramento funcional em saúde de mulheres atendidas pela Estratégia de Saúde da Família ARTIGO ORIGINAL

    Campos, Angélica Atala Lombelo; Neves, Felipe Silva; Saldanha, Raphael de Freitas; Duque, Kristiane de Castro Dias; Guerra, Maximiliano Ribeiro; Leite, Isabel Cristina Gonçalves; Teixeira, Maria Teresa Bustamante

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução O letramento funcional em saúde (LFS) diz respeito à habilidade dos indivíduos em compreender as informações relacionadas à saúde e está relacionado a diversos desfechos de saúde. Objetivo Investigar a associação do LFS com fatores sociodemográficos, apoio social, autoavaliação do estado de saúde e perfil de acesso aos serviços de saúde em mulheres assistidas pela Estratégia de Saúde da Família (ESF). Método Estudo transversal, conduzido em 2015-2016, em duas Unidades de Atenção Primária à Saúde cobertas pela ESF, de um município da região Sudeste do Brasil. A amostra foi composta por 439 mulheres, entre 25 e 64 anos. O LFS foi avaliado por meio do Brief Test of Functional Health Literacy in Adults (B-TOFHLA). Efetuaram-se cálculos da razão de prevalência (RP). Posteriormente, construiu-se um modelo de regressão de Poisson de variância robusta, sendo admitida significância estatística quando p ≤0,05. Resultados Foi constatado que 53,5% das mulheres apresentaram um baixo LFS, o qual associou-se à idade superior aos 40 anos (RP = 1,18; IC 95%: 1,07-1,31), ao grau de instrução inferior ao ensino médio completo (RP = 1,26; IC 95%: 1,15-1,38), à baixa renda (RP = 1,13; IC 95%: 1,04-1,23) e à autodeclaração da cor parda ou preta (RP= 1,06; IC 95%: 1,01-1,12). Conclusão Os resultados acentuaram a importância do LFS como estratégia para a abordagem de populações com maior vulnerabilidade socioeconômica.

    Abstract in English:

    Abstract Background Functional health literacy (FHL) concerns the ability of individuals to understand health-related information, which is related to various health outcomes. Objective Investigate the association between FHL and socio-demographic factors, social support, self-assessment of health status and access to health services in women assisted by the Family Health Strategy (FHS). Method A cross-sectional study, conducted in 2015-2016, in two Primary Health Care Units covered by the FHS of a municipality in the Southeast region of Brazil. The sample consisted of 479 participants, aged between 24 and 64 years. FHL was evaluated by the Brief Test of Functional Health Literacy in Adults (B-TOFHLA). Prevalence Ratio (PR), with Confidence Interval (CI) of 95%, was performed. Subsequently, a Poisson regression model of robust variance was constructed, and statistical significance was accepted when p≤0.05. Results It was found that 53.5% of the women had a low FHL, which was associated with age over 40 (RP = 1.18, 95% CI: 1.07-1.31), low education level (RP = 1.26, 95% CI: 1.15-1.38), low income (RP = 1.13, 95% CI 1.04-1.23) and self-declaration brown or black skin color (PR = 1.06, 95% CI 1.01-1.12). Conclusion The results reinforce the importance of FHL use as a strategy for the management of populations with greater socioeconomic vulnerability.
  • Atenção ao abortamento em instituições hospitalares da rede SUS de Fortaleza, Ceará ARTIGO ORIGINAL

    Lima, Katherine Jeronimo; Pinto, Francisco José Maia; Carvalho, Francisco Herlânio Costa; Linard, Cybelle Façanha Barreto Medeiros; Santos, Fátima Café Ribeiro dos; Teófilo, Fiama Kécia Silveira; Nunes, Glaucilândia Pereira

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução O aborto é uma questão relevante para a saúde pública, por sua significância entre as causas de morbidade e mortalidade materna. Objetivo Descrever o perfil sociodemográfico e reprodutivo, bem como a assistência prestada e os custos da internação de mulheres em abortamento nos hospitais vinculados à rede SUS de Fortaleza, Ceará. Métodos Trata-se de estudo transversal, descritivo, por meio de entrevista, prontuários e relatórios da Autorização das Internações Hospitalares. Resultados Entre as 119 mulheres entrevistadas, 65% tinham menos de 30 anos, 78,2% eram não brancas e 54% possuíam baixa renda; a prevalência de mulheres que buscaram mais de um hospital para atendimento foi de 47% e 72,3% buscaram o serviço de saúde em até cinco dias; concentração de 98,3% do procedimento cirúrgico curetagem para finalização do aborto. Conclusão Percebeu-se a existência de pontos frágeis na atenção ao abortamento e a necessidade de discutir a temática aborto nas políticas públicas de saúde.

    Abstract in English:

    Abstract Background Abortion is a relevant issue for public health, due to is significance among the causes of maternal and mortality. Objective to describe the sociodemographic and reproductive profile, as well as the assistance provided and the costs of the hospitalization of women in abortion in the hospitals linked in the SUS network in Fortaleza, Ceará. Methods this is a cross-sectional, descriptive study by means of interviews, medical records and reports of the Authorization of Hospitalizations. Results among the 119 women interviewed, 65% were under 30 years of age, 78.2% were non-white and 54% had low income; the prevalence of women who sought more than one hospital for care was 47% and 72.3% of them sought health care within five days; concentration of 98.3% were submitted to a surgical procedure curettage for abortion termination. Conclusion it was noticed the existence of fragile points in the attention to abortion and the need to discuss abortion thematic in public health policies.
  • Qualidade de vida e fatores associados em trabalhadores de uma Universidade do Sul de Santa Catarina ARTIGO ORIGINAL

    de Oliveira Meller, Fernanda; Grande, Antonio José; Quadra, Micaela Rabelo; Doyenart, Ramiro; Schäfer, Antônio Augusto

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução A qualidade de vida de trabalhadores interfere no desenvolvimento e na produtividade do trabalho e pode ser influenciada por diversos fatores sociodemográficos e laborais. Objetivo Avaliar os fatores associados à qualidade de vida de funcionários de uma Universidade. Método Estudo transversal realizado com 214 trabalhadores de ambos os sexos pertencentes aos dezenove setores da Universidade. Para avaliar a qualidade de vida, utilizou-se o WHOQOL-Bref. A associação de cada domínio da qualidade de vida com as variáveis de exposição foi avaliada através do teste t para amostras independentes ou análise de variância, seguida do teste de Bonferroni. Resultados As médias dos domínios de qualidade de vida foram: 74,64 (±13,52) para o físico, 71,12 (±12,85) para o psicológico, 76,94 (±13,98) para o de relações sociais e 61,94 (±16,30) para o ambiente. Os homens apresentaram maiores médias para os domínios físico, psicológico e de relações sociais. Trabalhadores com idade maior do que 38 anos apresentaram maiores médias no domínio psicológico. Já no domínio relações sociais, as maiores médias foram observadas entre os indivíduos de 18 a 27 anos. Naqueles indivíduos que dormiam menos de 8 horas por dia, as médias do domínio físico foram menores. Conclusão Fazem-se necessárias ações de prevenção e promoção da qualidade de vida no trabalho, especialmente direcionadas aos funcionários que apresentaram as menores médias nos domínios de qualidade de vida.

    Abstract in English:

    Abstract Background Life quality of workers influences on development and productivity of work and it can be influenced by several sociodemographic and labor factors. Objective To evaluate the associated factors with quality of life of University workers from southern Santa Catarina State. Method A cross-sectional study with 214 workers was carried out. WHOQOL-Bref was used to evaluate the quality of life. The quality of life domains were associated to exposure variables. The statistical analysis T-test for independent samples and analysis of variance, followed by the Bonferroni test were used. Results The mean of quality of life domains were: 74.64 (±13.52) for the physical domain, 71.12 (±12.85) for the psychological, 76.94 (±13.98) for social relations domain and 61.94 (±16.30) for the environment domain. Males presented higher mean for the physical, psychological and social relations domains. Workers older than 38 years of age presented higher means in the psychological domain. In the social relations domain, the highest mean was observed among individuals aged 18 to 27 years. In those individuals who slept less than 8 hours a day, the mean of the physical domain were smaller. Conclusion It is necessary the development of actions to prevent and promote life quality at work focusing on employees who had the lowest averages of the domains of that.
  • Associação entre a ocorrência de dor e sobrecarga em cuidadores principais e o nível de independência de idosos nas atividades de vida diária: estudo transversal ARTIGO ORIGINAL

    Lopes, Cristine Cogo; Oliveira, Gabriela Almeida de; Stigger, Felipe de Souza; Lemos, Adriana Torres de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Cuidar do idoso costuma ser uma tarefa árdua, e as demandas podem extrapolar a capacidade do cuidador, causando sobrecarga e dor. Objetivo Investigar a ocorrência de sobrecarga e dor em cuidadores de idosos, bem como verificar a relação dessas variáveis com o nível de independência do idoso. Método Amostra por conveniência que, a partir de Unidades de Saúde de uma região distrital de Porto Alegre, identificou potenciais idosos e seus cuidadores principais. Estes, em visitas domiciliares, responderam questões referentes ao perfil socioeconômico, à ocorrência de dor (questionário nórdico e escala visual analógica de dor), à sobrecarga do cuidador (Inventário de Sobrecarga do Cuidador) e ao nível de independência do idoso (índice de Katz). Foi realizada correlação de Spearman. Resultados Participaram 14 idosos e 14 cuidadores com idade média de 82,1 (±6,9) e 65,9(±11,3) anos, respectivamente. Dos idosos, 28,6% foram classificados independentes, 50% dependência moderada e 21,4% muito dependentes. Houve correlação forte e inversa entre o nível de independência do idoso e a sobrecarga do cuidador (ρ=-0,619; p=0,018) e com os domínios, separadamente, sobrecarga tempo dependente (ρ=-0,866; p=0,000) e sobrecarga à vida pessoal (ρ=-0,708; p=0,005). Conclusão Quanto mais independente o idoso, menor foi a sobrecarga atribuída ao seu cuidador. Não houve associação entre dor e sobrecarga do cuidador.

    Abstract in English:

    Abstract Background Caring for an elderly is often an arduous task, and the care demands go beyond the caregiver's capacity may cause overload and pain. Objective The aim of this study was to investigate the association between independence level of the elderly in daily life activities and the occurrence of pain and overload your primary caregiver. Method The study included 14 elderly residents in adscript territory of health units of the North Zone-Axis Baltazar area Baltazar North axis of the city Porto Alegre and their primary caregivers, in home visits, answered questions regarding the socioeconomic profile, the occurrence of pain (Nordic questionnaire and visual analog pain scale), the caregiver burden (Inventory caregiver overload) and the level of independence of the elderly (Katz index). Results The average age of the elderly is 82.1 years (± 6.9) and caregivers, 65.9 years (± 11.3). Of the 14 elderly, 28.6% were classified as independent, 50% as having moderate dependence and 21.4% as very dependent. There was strong inverse correlation between the old level of independence and caregiver burden (ρ = -0.619; p = 0.018). When evaluating areas of the inventory separately overload time dependent (ρ = -0.866; p = 0.000) and over the personal life (ρ = -0.708; p = 0.005) correlated to the level of independence of the elderly. Conclusion The study showed that the more independent for the elderly, the lower the burden attributed to the caregiver.
  • Tendência e caracterização epidemiológica da tuberculose em Alagoas, 2007-2016 ARTIGO ORIGINAL

    Tavares, Clodis Maria; Cunha, Amanda Maria Silva da; Gomes, Nataly Mayara Cavalcante; Lima, Ana Beatriz de Almeida; Santos, Igor Michel Ramos dos; Acácio, Mileyse da Silva; Santos, Daniella Marques dos; Souza, Carlos Dornels Freire de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução A tuberculose (TB) é uma doença infectocontagiosa causada pelo complexo Mycobacterium tuberculosis. Objetivo Analisar a tendência e o perfil epidemiológico dos casos de TB registrados no Estado de Alagoas no período de 2007 a 2016. Método Trata-se de estudo descritivo envolvendo todos os casos de TB registrados em Alagoas entre 2007 e 2016. Inicialmente, foi analisada a tendência da taxa de incidência utilizando o modelo de regressão por pontos de inflexão (joinpoint regression). Para a análise das características epidemiológicas, foram selecionadas as variáveis: raça, gênero, faixa etária, escolaridade, classificação da doença, tipo de entrada, 1ª e 2ª baciloscopia, cultura de escarro e testagem para HIV. Resultados A taxa média de incidência do período foi de 33,43/100 mil habitantes, com tendência de redução estatisticamente significativa (APC -2,97%). Houve predomínio do gênero masculino (62,98%), cor parda (65,20%), idade entre 25 e 54 anos (60,35%) e ensino fundamental incompleto (35,17%). Com relação aos aspectos clínicos, 86,32% dos indivíduos apresentaram a forma pulmonar. A sorologia para o HIV não foi realizada em 41,58% dos casos. Quanto à evolução, 67,42% obtiveram alta com cura e 12,52% foram encerrados como abandono de tratamento. Conclusão A TB ainda representa um importante problema de saúde pública em Alagoas, sinalizando a necessidade de políticas públicas que oportunizem o diagnóstico precoce e o tratamento oportuno.

    Abstract in English:

    Abstract Background Tuberculosis is an infectious disease caused by the mycobacterium tuberculosis complex. Objective To analyze the trend and the epidemiological profile of tuberculosis cases registered in the state of Alagoas from 2007 to 2016. Method This is a descriptive study involving all cases of tuberculosis registered in Alagoas between 2007 and 2016. Initially, it analyzed the incidence rate trend using the joinpoint regression model. For the analysis of epidemiological characteristics, the variables: race, gender, age group, education, disease classification, type of entry, 1st and 2nd smear microscopy, sputum culture, HIV testing were selected. Results The average incidence rate for the period was 33.43 per 100,000 populations, with a statistically significant reduction trend (APC: -2.97%). There was a predominance of males (62.98%), brown ethnicity (65.20%), age between 25 and 54 years (60.35%) and incomplete primary schooling (35.17%). Regarding the clinical aspects, 86.32% of the individuals presented the pulmonary form. HIV serology was not performed in 41.58% of cases. As for evolution, 67.42% evolved with cure and 12.52% were terminated as treatment abandonment. Conclusion Tuberculosis still represents an important public health problem in Alagoas, signaling the need for public policies that provide early diagnosis and timely treatment.
  • Tuberculose: conhecimento e adesão às medidas profiláticas em indivíduos contatos da cidade do Recife, Pernambuco, Brasil ARTIGO ORIGINAL

    Teixeira, Amanda Queiroz; Samico, Isabella Chagas; Martins, Ariane Bezerra; Galindo, Jadson Mendonça; Montenegro, Rosana de Albuquerque; Schindler, Haiana Charifker

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Para o controle da tuberculose, é fundamental interromper a cadeia de transmissão da doença. O Ministério da Saúde preconiza que 100% dos contatos sejam examinados e iniciem tratamento da Infecção Latente por Mycobacterium tuberculosis. Nesse sentido, o conhecimento sobre a doença e a adesão à profilaxia por parte desses contatos são fatores que podem interferir no adequado controle da tuberculose. Objetivo Descrever o conhecimento dos contatos de portadores de tuberculose sobre a doença e sua adesão às medidas profiláticas no Distrito Sanitário II em Recife/PE. Método Estudo quantitativo, descritivo, utilizando questionários padronizados, aplicados a 140 contatos de tuberculose notificados de janeiro a dezembro de 2015. Análise dos dados realizada por meio de frequências simples. Resultados Dentre os entrevistados, 75,7% eram do sexo feminino, 55% pardos, com baixos níveis de escolaridade e renda familiar. Destes, 84,3% acreditam que a tuberculose é grave, 48,6% consideram que a transmissão se faz compartilhando utensílios. Apenas 55% foram convidados para serem examinados e 76% referiram não saber que deveriam ir à consulta ou a importância desta. Conclusão Os contatos de tuberculose possuem precário conhecimento sobre a doença, baixa adesão à atenção primária à saúde e a busca ativa dos contatos ainda é ineficiente.

    Abstract in English:

    Abstract Background For the control of tuberculosis, it is essential to interrupt its chain of transmission. The Ministry of Health recommends 100% of contacts being examined and initiated treatment of the Latent Mycobacterium tuberculosis infection. In this sense, the knowledge about the disease and adherence to prophylaxis by these contacts are factors that can interfere in the adequate control of tuberculosis. Objective To describe the knowledge of the contacts of tuberculosis patients on the disease and their adherence to prophylactic measures in the Sanitary District II in Recife / PE. Method A quantitative and descriptive study was carried out using standardized questionnaires, applied to 140 contacts of tuberculosis notified from January to December 2015. Data analysis carried out through simple frequencies. Results Among the interviewees, 75.7% were female, 55% brown, with low levels of schooling and family income; of these 84.3% believe that tuberculosis is serious, 48.6% consider that transmission is done by sharing utensils. Only 55% were invited to be examined and 76% reported not knowing they should go to the consultation or the importance of these. Conclusion The contacts of tuberculosis have poor knowledge about the disease, low adherence to primary health care and the active search for contacts is still inefficient.
  • Agentes comunitários de saúde: percepção sobre os serviços de saúde relacionados à doença de Chagas ARTIGO ORIGINAL

    Rodrigues, Fernanda Cristina Santos; Souza, Izabella Cristina Alves de; Araújo, Alexandra Paiva; Souza, Janice Maria Borba; Diotaiuti, Liléia Gonçalves; Ferreira, Raquel Aparecida

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução A doença de Chagas ainda é um importante problema de saúde pública na América Latina, apresentando alta prevalência, ampla distribuição geográfica e grande impacto social. Vários serviços relacionados à doença de Chagas são solucionados na Atenção Primária à Saúde (APS). Na Estratégia Saúde da Família (ESF), destaca-se o agente comunitário de saúde (ACS), profissional responsável pela mediação entre a comunidade e as unidades básicas de saúde (UBS). Objetivo Apreender a percepção dos coordenadores da ESF e dos ACSs sobre o conhecimento a respeito da doença de Chagas e dos serviços de saúde relacionados nos municípios da microrregional de saúde de Itaúna, em Minas Gerais, Brasil. Método Foram aplicados questionários semiestruturados aos ACSs e realizados grupos focais com os coordenadores da ESF. Resultados Foi observado que, entre os profissionais, há ausência de informações básicas relacionadas à doença de Chagas; inexiste um protocolo/fluxograma de serviço; há uma ineficiência dos serviços de referência e contrarreferência; ocorre precariedade nas condições de trabalho; há ausência de capacitação dos profissionais e de ações de promoção à saúde nos municípios. Conclusão Este é o primeiro estudo abordando esta temática: percepção dos ACSs sobre a doença de Chagas e seus serviços. Sugere-se a extensão deste estudo a outras regiões do Brasil.

    Abstract in English:

    Abstract Background Chagas disease is still an important public health issue in Latin America, presenting high prevalence, broad geographical distribution and great social impact. Several services related to Chagas disease are solved in Primary Health Care (PHC). In the Family Health Strategy (FHS) it is highlighted the Community Health Agent (CHA), professional responsible for mediating between the community and units basics of health (UBH). Objective To raise the perception of the coordinators of the FHS and the CHAs about the knowledge on Chagas disease and related health services in the municipalities of the micro-regional health of Itaúna, Minas Gerais, Brazil. Method Semi-structured questionnaires were applied to the CHAs and focus groups were carried out with coordinators of the FHSs. Result It was observed that among professionals there is no basic information related to Chagas' disease; the lack of a service protocol/flowchart was noticed; inefficiency of reference and counter/reference services; precariousness in working conditions and training of professionals and absence of health promotion actions in municipalities. Conclusion This is the first study addressing this theme: perception of professionals about Chagas disease and its services. It is suggested that this study be extended to other regions of Brazil.
  • Controle do câncer de mama no estado de São Paulo: uma avaliação do rastreamento mamográfico ARTIGO ORIGINAL

    Fayer, Vívian Assis; Guerra, Maximiliano Ribeiro; Nogueira, Mario Círio; Correa, Camila Soares Lima; Cury, Lise Cristina Pereira Baltar; Bustamante-Teixeira, Maria Teresa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução O câncer de mama é o mais incidente, prevalente e com maior taxa de mortalidade entre as neoplasias malignas que acometem mulheres em todo o mundo, excluindo câncer de pele não melanoma. No Brasil, com exceção da região Norte, representa a mais frequente neoplasia maligna feminina. Objetivo Estimar a cobertura de mamografias e analisar a qualidade e adequação às diretrizes técnicas nacionais do exame mamográfico em mulheres residentes na Região Metropolitana (RM) ou Interior do Estado (IE) de São Paulo, entre 2010 e 2012 Método Estudo descritivo realizado a partir de dados do SISMAMA e SIA-SUS referentes ao período de 2010 a 2012. Resultados Na RM paulista, não foi atingida a meta preconizada para a razão de mamografias em 2011 e 2012. Foi observado aumento do tempo de espera para acesso à mamografia diagnóstica e para a liberação deste resultado, e redução da capacidade de confirmação diagnóstica para as lesões suspeitas de malignidade no triênio. Já no IE, a meta preconizada para a razão de mamografias foi alcançada durante o período avaliado, com melhora da cobertura de biópsias em 2012. Em ambos (RM e IE), foi constatado elevado percentual de mamografia realizada fora da faixa etária preconizada (cerca de 35%). Conclusão Os resultados evidenciam a necessidade de adequações no rastreamento realizado no estado de São Paulo para que as ações de detecção precoce sejam efetivas. Destaca-se a importância da implantação de um rastreamento organizado e do aprimoramento do sistema de informação em saúde que possibilite o monitoramento e avaliação das ações, e contribua para o aperfeiçoamento da Política Nacional de Prevenção e Controle do Câncer de Mama.

    Abstract in English:

    Abstract Background Breast cancer is the most incident, prevalent and the leading cause of female cancer death worldwide. In Brazil is the most commonly diagnosed female cancer, except in the North region. Objective To evaluate coverage, quality and adequacy to the technical guidelines of breast cancer control actions indicators in women residing in the Metropolitan Region (MR) or in the Inland Towns of São Paulo, Brazil, between 2010 and 2012. Method Descriptive study based on SISMAMA data from 2010 to 2012 was carried out. Results MR did not reach the recommended target for the mammography ratio in 2011 and 2012, which presented a considerable percentage of mammogram beyond the recommended age range, increased the waiting time for access to diagnostic mammography and for obtain this result, and reduced the capacity diagnostic confirmation for lesions suspected of malignancy during the triennium. Inland towns achieved the recommended target for the mammography ratio over the period and improved biopsy coverage in 2012. Conclusion The results highlighted requirement for adjustments in the screening actions in the state of São Paulo that allow the practice of early detection actions more effective, reinforce the relevance of the available Information Systems and their continuous improvement, as well as contribute to stimulate the evaluation practice and of the reviewing of the National Cancer Prevention and Control Policy.
  • Fatores associados ao descontrole glicêmico de diabetes mellitus em pacientes atendidos no Sistema Único de Saúde no Sudoeste da Bahia ARTIGO ORIGINAL

    Souza, Claudio Lima; Oliveira, Marcio Vasconcelos

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução O diabetes mellitus constitui importante problema de saúde pública, responsável por grande morbidade e ônus significativo à saúde pública. A hemoglobina glicada, que avalia a glicemia média nos últimos sessenta dias, tem sido importante ferramenta na prevenção das comorbidades. Objetivo Avaliar a prevalência do descontrole glicêmico e metabólico e fatores associados em indivíduos atendidos em um laboratório central do sudoeste da Bahia Método Trata-se de estudo transversal realizado com 352 pacientes diabéticos atendidos em um laboratório do Sistema Único de Saúde. Resultados O estudo demonstrou que mais de dois terços dos pacientes (70,2%) apresentaram descontrole glicêmico. Análise multivariada apontou que receber menos visitas dos agentes comunitários OR 1,96 (1,05 - 3,65) e não possuir comorbidades associadas à doença OR 1,86 (1,05 - 3,30) estiveram associados a um pior controle glicêmico. Conclusão Os resultados sugerem necessidade da melhoria na atenção dos pacientes com uma equipe de saúde sensível às práticas adequadas para melhor controle metabólico. Uma melhor ação da equipe de saúde pode contribuir para a promoção da saúde e melhor qualidade de vida destes pacientes e impactar em redução de custos com saúde por diminuição de internações e procedimentos relacionados às complicações do diabetes.

    Abstract in English:

    Abstract Background Diabetes mellitus is an important public health issue, responsible for great morbidity and significant public health burden. A glycated hemoglobin, which assessed mean blood glucose in the past sixty days, has been an important tool in preventing comorbidities. Objective To evaluate the prevalence of glycemic and metabolic uncontrolled and associated factors used in the central laboratory of southwest Bahia Method This is a cross-sectional study conducted with 352 diabetic patients treated at the Laboratory of the Unified Health System. Results The study demonstrated more than two thirds of the patients (70.2%) described lack of glycemic control. Multivariate analysis showed that receiving fewer visits from community health workers OR 1.96 (1.05 - 3.65) and not have comorbidities associated OR 1.86 (1.05 - 3.30) were associated with poor glycemic control. Conclusion The results suggested the need to improve patient care with a health team sensitive to the practices for better metabolic control. The best action of the health team can contribute to health promotion and better quality of life for patients and impact on the reduction of health costs by reducing hospitalizations and procedures related to diabetes complications.
Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro Avenida Horácio Macedo, S/N, CEP: 21941-598, Tel.: (55 21) 3938 9494 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@iesc.ufrj.br