Cadernos Saúde Coletiva, Volume: 30, Issue: 1, Published: 2022
  • Spatial distribution and dependence of mortality due to tuberculosis in a city in the Amazon region Artigo Original

    Arcêncio, Ricardo Alexandre; Belchior, Aylana de Souza; Arroyo, Luiz Henrique; Bruce, Alexandre Tadashi Inomata; Santos, Felipe Lima dos; Yamamura, Mellina; Queiroz, Ana Angélica Rêgo de; Santos, Danielle Talita dos; Uchôa, Severina Alice da Costa; Nunes, Carla

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução A mortalidade por tuberculose é um indicador sensível às desigualdades em saúde, considerando-se que o risco para sua ocorrência está relacionado à vulnerabilidade dos territórios. Objetivo Investigar se as variações espaciais dos determinantes sociais afetam as mortes por tuberculose em um município da região amazônica. Método Estudo ecológico com medidas múltiplas de análise, composto por óbitos por tuberculose como causa básica em Manaus, Amazonas, Brasil, notificados no Sistema de Informação sobre Mortalidade (2006-2015). Nas análises, foram calculadas as taxas bruta e padronizada, e usado o Índice de Moran para verificar a autocorrelação espacial da mortalidade e, posteriormente, foi aplicada a regressão geograficamente ponderada para aferir a relação da desigualdade com as mortes por tuberculose. Resultados Foram identificados 731 óbitos pela doença. A distribuição da mortalidade ocorreu de forma heterogênea, sendo que as altas taxas de óbito por tuberculose estavam em áreas mais socialmente vulneráveis. Foram confirmadas a autocorrelação e a dependência espacial. O modelo final apresentou as variáveis indicadoras de iniquidades (baixa renda, pobreza e escolaridade), mostrando relação destas com a mortalidade. Conclusão Ficou evidente que os determinantes sociais no espaço urbano influenciam a mortalidade por tuberculose na região. Portanto, avançar em políticas públicas para corrigir as iniquidades em saúde pode influenciar positivamente esse cenário.

    Abstract in English:

    Abstract Background Mortality from tuberculosis is a sensitive indicator of health inequalities, given that the risk for its occurrence is related to the vulnerability of the territories. Objective To investigate whether the spatial variations of social determinants affect deaths from tuberculosis in a municipality in the Amazon region. Method Ecological study with multiple measures of analysis. The study was composed of deaths from tuberculosis as a basic cause in Manaus, Amazonas, Brazil, reported in the Brazilian Mortality Information System (2006-2015). In the analyzes, the crude and standardized rate was calculated, Moran Index was used to verify the spatial autocorrelation of mortality, and subsequently, the geographically weighted regression was applied to assess the inequality relationship of deaths from tuberculosis. Results 731 deaths from the disease were identified. The distribution of mortality was heterogeneous, with high rates of death from tuberculosis in more socially vulnerable areas. The autocorrelation and spatial dependence was confirmed. The final model presented variables that indicate inequities: low income, poverty and education, showing their relationship with mortality. Conclusion It was evident that social determinants in the urban space influence mortality from tuberculosis in the region. Therefore, advancing public policies to correct health inequities can positively impact this scenario.
  • Trends in mortality due to traffic accidents in Brazil during the period from 1997 to 2015 for the male population Original Article

    Dalpiaz, Ameg; Schneider, Ione Jayce Ceola; Pereira, Amanda; Cardoso, Ramon Bauer; Marcolino, Alexandre Márcio; Barbosa, Rafael Inácio

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Acidentes de trânsito são uma das principais causas de morte no Brasil e no mundo. Objetivo O estudo teve por objetivo realizar uma análise temporal da tendência de mortalidade por acidentes de transportes terrestres no Brasil. Método Estudo ecológico de séries temporais da mortalidade por acidentes de transporte terrestre no Brasil no período de 1997 a 2015 para a população masculina. Os dados são provenientes do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), processados pelo Datasus e classificados nas rubricas V01 a V89 (CID-10). Foram calculadas as taxas específicas de mortalidade, ajustadas por idade, e realizada análise da tendência temporal através do software Joinpoint Regression Program. Resultados A população brasileira masculina não apresentou mudanças na taxa de mortalidade ao longo dos anos (-0.8%; CI 95% - 1.7;0.1). Dez estados tiveram aumento nas taxas de mortalidade, nove reduziram e oito mantiveram as taxas. Conclusão A população masculina não apresentou diferença nas taxas, entretanto, a população geral apresentou redução de 1% ao ano na taxa mortalidade. Além disso, ambas populações geral e masculina mostraram uma redução de 4,6% e 4,9% ao ano durante os últimos anos (2012- 2015).

    Abstract in English:

    Abstract Background Traffic accidents are one of the main causes of death in Brazil and the increase in the mortality rate is concerning. Objective The study aims to perform a temporal analysis of mortality trends related to traffic accidents in Brazil and its states. Method This is an ecological study of time series of mortality from traffic accidents in Brazil and its Federative Units. Data was obtained from the Information System for Mortality (SIM), processed by Datasus and classified under the headings V01 to V89 (CID-10). Specific mortality rates were calculated and adjusted by age. The temporal tendency analysis was run on the Joinpoint Regression Program. Results The Brazilian male population showed no change in the average annual percentage for the mortality rate (-0.8%; CI 95% -1.7;0.1). Ten states showed increased mortality rates; nine presented a decline, and eight remained constant throughout the period. Conclusion The male population showed no change in the rates, but the mortality rate for the general Brazilian population decreased by 1% per year from 1997 to 2015. Both general and male populations had a decrease of 4.6% and 4.9% per year during the last years, respectively (2012-2015).
  • Expenditure on antibacterials for systemic use and its drivers: analysis between 2010 and 2015 in Minas Gerais State, Brazil Artigo Original

    Costa, Maria Emília Silva de Souza; Luz, Tatiana Chama Borges

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Antibacterianos sistêmicos são medicamentos amplamente utilizados e os gastos públicos com este grupo têm aumentado consideravelmente. Objetivo Avaliar os gastos com antibacterianos sistêmicos e seus determinantes, entre 2010 e 2015, no Estado de Minas Gerais. Método Estudo de Utilização de Medicamentos (EUM), longitudinal, com dados do banco de administração pública do Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços de Minas Gerais (SIAD-MG). Foram estimados gastos e volumes totais por ano, bem como por subgrupo terapêutico. Os antibacterianos responsáveis pelo maior gasto foram identificados pelo método Drug Cost 90%. Análise de decomposição foi utilizada para avaliar os determinantes dos gastos, preço, volume ou escolha terapêutica. Resultados No período analisado houve uma redução de 22,2% nas despesas e de 25,5% no volume adquirido. As penicilinas corresponderam a 42% do total adquirido, sendo a amoxicilina, isolada ou em associação, o fármaco mais consumido. A redução das despesas, entre 2010 e 2015, foi determinada principalmente pela redução do volume (queda de 25%) e preços (queda de 5%). Conclusão A redução de volume no período pode ter impacto negativo na cobertura populacional. O investimento em agentes de amplo espectro, em fármacos de segunda linha de tratamento ou com pouca evidência clínica requerem a criação de protocolos clínicos universais que orientem a prescrição mais adequada.

    Abstract in English:

    Abstract Background Antibacterials for systemic use are widely used and public spending on these drugs has increased considerably. Objective To evaluate the expenditures with Antibacterials for systemic use and its drivers in the state of Minas Gerais, between 2010 and 2015. Method Longitudinal Drug Utilization Study, based on data from the public administration database SIAD-MG. Total expenditures and volumes were estimated per year and per therapeutic subgroup. Drug Cost 90% method was used to identify antibacterials responsible for the highest expenditure. Decomposition analysis was used to evaluate the determinants of expenditures (price, volume, or drug mix). Results There was a reduction in expenditure (22.2%) and in volume (25.5%) from 2010 to 2015. Penicillins corresponded to 42% of the total volume. Amoxicillin plain or in combination was responsible for consuming more than one-third of the budget. The reduction in expenditure between 2010 and 2015 was mainly determined by the reduction in volume (25%) and prices (5%). Conclusion Volume reduction in the period may harm population coverage. The investment in broad-spectrum agents, drugs considered the second line of treatment, or with little clinical evidence raises the need to create universal clinical protocols that guide the appropriate prescription.
  • Food supplement use combined to physical activity practice among college students from extreme South of Brazil Artigo Original

    Mazza, Sheynara Emi Ito; Dumith, Samuel de Carvalho; Knuth, Alan Goularte

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução O consumo de suplementos alimentares vem aumentando e se popularizando, especialmente em conjunto com a prática de atividade física. Objetivo Investigar o uso de suplementos alimentares combinado com a prática de atividades físicas em universitários do extremo sul do Brasil. Método Estudo de delineamento transversal realizado em uma universidade pública de Rio Grande/RS, com uma amostra de 1.401 universitários. Resultados 29,7% (IC95%: 27,3-32,1) dos universitários relataram o uso de algum tipo de suplemento alimentar ao praticar atividades físicas. Os suplementos que predominaram foram: Whey Protein (79%), Maltodextrina (48%) e isotônicos (45%). As principais fontes de orientação para o uso de suplementos foram amigos e outros praticantes de academias. A análise multivariável apontou que atuais participantes de academias têm uma probabilidade 158% maior de usar suplementos em comparação a não participantes de atividades físicas em academias. Outros grupos associados ao uso de suplementos foram: universitários do sexo masculino, jovens entre 20 e 29 anos, com maior renda familiar e consumidores de álcool. Conclusão Um em cada três estudantes universitários já consumiu suplementos alimentares, e tal conduta pode estar disseminada nos espaços das academias, sem maior detalhamento dos cuidados e das necessidades para individuais para o uso.

    Abstract in English:

    Background Background The consumption of dietary supplements has been increasing and becoming popular, especially combined with the practice of physical activity. Objective The aim of the study was to investigate the use of dietary supplements combined with the practice of physical activities in university students in the extreme south of Brazil. Method A cross-sectional study conducted at a public university in Rio Grande/Rio Grande do Sul (Brazil), with a sample of 1,401 university students. Results A total of 29.7% (95% CI: 27.3-32.1) of university students reported having used some kind of dietary supplement when practicing physical activities. The predominant supplements were: Whey Protein (79%), Maltodextrin (48%) and isotonic (45%). The main sources of guidance for using supplements were friends and other practitioners of fitness centers. The multivariate analysis showed that current gym center users are 158% more likely to use supplements compared to non-participants in physical activities at such centers. Other groups associated with the use of supplements were: male college students, young people from 20 to 29 years of age, with higher family income and alcohol users. Conclusion One in three college students have already used dietary supplements and such behavior may be widespread in gyms, without further details on the care and needs for using them.
  • Risk factors associated with hyperglycemia: students of 11 to 16 years in Paranavaí-Brasil and Cáceres-Spain Artigo Original

    Ferreira-Lima, Walcir; Lima, Silvia Bandeira da Silva; Lima, Flávia Évelin Bandeira; Lima, Fellipe Bandeira; Molena Fernandes, Carlos Alexandre; Fuentes, Juan Pedro

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Metabolismo anormal da glicose precede o desenvolvimento da diabetes mellitus tipo 2. Objetivo Análise da hiperglicemia e fatores de risco associados em estudantes de Paranavaí-Brasil e Cáceres-Espanha. Método Estudo analítico em amostra de 804 estudantes de seis escolas em cada cidade. Analisados: sexo, idade, dependência administrativa da escola, estatura, massa, perímetro da cintura, IMC, relação cintura estatura, pressão arterial, comportamento sedentário, atividade física, colesterol, HDL e LDL, triglicerídeos e glicose. Resultados A prevalência foi alta para níveis de glicose em jejum (9,1% vs. 13,1%; p-valor = 0,216, espanhóis e brasileiros, respectivamente) e da maioria dos indicadores associados (p-valor < 0,05). Observou-se resultados favoráveis para as meninas espanholas (obesidade abdominal: 2,4% vs. 31,1%; comportamento sedentário: 5,3% vs. 43,4%; colesterol: 2,4% vs. 55,3%; triglicerídeos: 15,5% vs. 29,5%). Os meninos da Espanha levaram vantagem sobre os brasileiros (obesidade abdominal: 13,6% vs. 35,2%; pouco ativos: 23,5% vs. 39,0%; comportamento sedentário: 21,5% vs. 51,0%; colesterol: 3,7% vs. 41,0%), p < 0,05. Não houve associação da glicose com nenhum fator de risco. Conclusão Atenção deve ser dada aos jovens para evitar uma exposição precoce e prolongada a fatores de risco modificáveis que alteram os níveis de glicose.

    Abstract in English:

    Abstract Background Abnormal glucose metabolism precedes the development of type 2 diabetes mellitus. Objective Analysis of hyperglycemia and associated risk factors was performed in students from Paranavaí-Brazil and Cáceres-Spain. Method Analytical study on a sample of 804 students selected in six schools in each city. Analyzed: sex, age, school administrative dependence, height, mass, waist circumference, BMI, waist height ratio, blood pressure, sedentary behavior, level of physical activity, cholesterol, HDL and LDL, triglycerides and glucose. Results Prevalence was high for elevated fasting glucose levels (9.1% vs. 13.1%; p-value = 0.216, in the Spanish and Brazilian groups) and most of the associated indicators (p-value ≤ 0.05). Favorable results were observed for Spanish girls (abdominal obesity: 2.4% vs. 31.1%; sedentary behavior: 5.3% vs. 43.4%; cholesterol: 2.4% vs. 55.3% triglycerides: 15.5% vs. 29.5%). Boys from Spain had an advantage over Brazilians (abdominal obesity: 13.6% vs. 35.2%; activity level: 23.5% vs. 39.0%; sedentary behavior: 21.5% vs. 51.0%; cholesterol: 3.7% vs. 41.0%), p ≤ 0.05. There was no association of glucose with any risk factor. Conclusion Special attention should be given to youths to prevent early and prolonged exposure to modifiable risk factors that may alter glucose levels.
  • Changes in the free access to prescribed medicines in the public health system in Brazil Artigo Original

    Drummond, Elislene Dias; Simões, Taynãna César; Andrade, Fabíola Bof de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Os medicamentos são a intervenção terapêutica mais utilizada e a mais custo efetiva para o tratamento de diversas patologias. A falta de acesso a medicamentos entre grupos com menores condições socioeconômicas representa uma iniquidade nos cuidados com a saúde. Nesse sentido, o fornecimento gratuito de medicamentos pelo setor público é essencial para a promoção da equidade. Objetivo Avaliar a mudança, no tempo, da prevalência de acesso gratuito, pela população adulta brasileira, a medicamentos prescritos no Sistema Único de Saúde (SUS) ao longo de 10 anos. Método Análise dos dados, por regressão logística, das Pesquisas Nacionais por Amostra de Domicílios (PNAD) realizadas no Brasil em 1998, 2003 e 2008. A variável de interesse foi o acesso gratuito a medicamentos prescritos. Resultados O acesso gratuito a medicamentos pelo Sistema Único de Saúde aumentou ao longo do tempo. Indivíduos com renda socioeconômica mais baixa tiveram maior chance de acesso a medicamentos e esse cenário se manteve constante ao longo dos anos avaliados. Conclusão Os achados revelam a importância do SUS como ferramenta efetiva para a promoção do acesso a medicamentos, especialmente para os indivíduos mais pobres. Entretanto, a redução da desigualdade no acesso a medicamentos permanece como desafio.

    Abstract in English:

    Abstract Background The medicines are the most used and most effective therapeutic intervention for the treatment of various pathologies. The lack of access to medicines among groups with lower socioeconomic conditions represents an inequity in health care. In this sense, the public supply of medicines is free of charge by the public sector to promote equity. Objective To evaluate the change, in time and prevalence of free access, by the Brazilian adult population, to medicines prescribed in the Unified Health System (SUS) over 10 years. Method Data came from the National Household Sample Surveys (PNAD) conducted in Brazil in 1998, 2003 and 2008. The dependent variable was free access to prescribed medicines. Results Free access to medicines in the SUS increased over time. Individuals with lower socioeconomic income had higher chance to access the medicines and this scenario remained constant over the years evaluated. Conclusion The findings reveal the importance of SUS as an effective tool for promoting access to medicines, especially for the poorest individuals. However, reducing inequality in access to medicines remains a challenge.
  • Analysis of obstetric violence reports registered at the Federal Prosecution Service, Amazonas state, Brazil Artigo Original

    Martins, Reny Bastos; Vasconcelos, Milaine Nunes Gomes; Correa, Rachel Geber; Pontes, Munique Therense Costa de Morais

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução Trata-se de estudo sobre as denúncias formalizadas de violência obstétrica, registradas no primeiro Inquérito Civil Público da Região Norte sobre o tema. Objetivo Analisar as denúncias de violência obstétrica registradas no Ministério Público Federal do Amazonas, a fim de mapear as instituições de saúde do Amazonas envolvidas em violência obstétrica; as técnicas que são consideradas, pelas mulheres, como violentas; e realizar levantamento das categorias profissionais que foram denunciadas como autoras de violência obstétrica. Método Trata-se de um estudo quantitativo, exploratório e documental, realizado de janeiro a abril de 2018 no Ministério Público Federal do Amazonas. Os dados foram analisados por estatística descritiva, sendo apresentadas em frequências absolutas e relativas. Resultados Foram analisadas 43 denúncias sobre violência obstétrica protocoladas entre 2008 e 2018, detectaram-se 12 maneiras diferentes de realizar a denúncia; 13 instituições de saúde, 29 técnicas consideradas violentas; além de identificar 8 especialidades profissionais denunciadas. Conclusão tem-se que a violência obstétrica identificada ocorreu tanto em instituições públicas como em privadas; por diferentes profissionais de saúde, com destaque para médicos e enfermeiros; com diversas técnicas, ações e/ou atitudes, com destaque para aquelas que se situam no campo da relação profissional-usuário. Desse modo, identificou-se que as denúncias realizadas não se remetem apenas à categoria de violência institucional, abrangendo práticas de violência no âmbito da relação profissional-usuário.

    Abstract in English:

    Abstract Background This is a study on formalized complaints of obstetric violence, registered in the first Public Civil Inquiry in the North Region on the subject. Objective To analyze the reports of obstetric violence registered in the Federal Prosecution Service of Amazonas in order to map health institutions of Amazonas involved in obstetric violence; to indicate techniques considered by women as violent; and to survey professional categories denounced as perpetrators of obstetric violence. Method This is a quantitative, exploratory and documentary study, carried out from January to April 2018 at the Federal Prosecution Service of Amazonas state. Data were processed and analyzed using Excel and Word and were presented in tables. Results 43 reports of obstetric violence from 2008 to 2018 were analyzed, making it possible to detect twelve different ways of reporting; mapping thirteen health institutions and 29 techniques considered violent; as well as identifying eight professional specialties denounced. Conclusion It has been observed that obstetric violence identified occurred in both public and private institutions; caused by different health professionals, especially doctors and nurses; using different techniques, actions and/or attitudes, mainly those in the field of the professional-user relationship. Thus, it has been noticed that the complaints reported do not refer only to the category of institutional violence, they also include practices of violence within the scope of the professional-user relationship.
  • Care work, gender and violences: study with nurse technicians Artigo Original

    Andrade, Cristiane Batista; Monteiro, Inês; Rodrigues, Natália Ramos

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução A enfermagem é uma profissão predominantemente feminina que tem como centralidade o cuidado em saúde. A literatura aponta que essa categoria profissional vivencia as situações de violências interpessoais, a violência urbana/social, os sofrimentos face às desigualdades sociais, além das precárias condições de trabalho. Objetivo Analisar as condições de trabalho e as violências vividas por profissionais de nível médio-técnicos/as em enfermagem na área hospitalar que realizam o trabalho de cuidado. Método Pesquisa com abordagem qualitativa que utilizou o referencial dos estudos do care, que considera a divisão sexual do trabalho. Foram entrevistados dois homens e sete mulheres de um hospital público da região Sudeste do Brasil. Foi utilizado um roteiro semiestruturado para a coleta dos depoimentos orais com subsídios da história oral. Resultados Havia quatro trabalhadores/as terceirizados/as e cinco servidores/as públicos/as. Em relação às condições de trabalho, foram identificados: terceirização do trabalho na área pública; diminuição do número de trabalhadores/as para o cuidado em saúde; casos de acidentes de trabalho (doenças e acidentes com materiais perfurocortantes), sofrimento e emoções dos/as profissionais diante das condições de vida da população atendida; violências urbana e social que influenciam a saúde e a subjetividade dos/as profissionais; vivências de conflitos, ameaças e agressões entre a equipe e as pessoas atendidas pelas profissionais. Conclusão É preciso aprofundamento teórico e metodológico para compreender as condições de trabalho, as violências e as emoções nas especificidades de uma profissão predominantemente feminina.

    Abstract in English:

    Abstract Background Nursing is a predominantly female profession that focuses on health care. The literature reports that this professional category experiences situations of interpersonal violence, urban/social violence, suffering in the face of social inequalities, in addition to precarious working conditions. Objetive To analyse the working conditions and the violence experienced by the medium level technician´s professional in nursering concerning the hospitalar area that do the care work. Method Research with qualitative approach, that utilized references of the care studies that consider the Sexual Division of Labour (SDL). Seven women and two men of the public hospital in the south region in Brazil were interviewed. A semi-structured itinerary was used for the oral testimony collections with subsidies of the oral history. Results Four workers were outsourced by the public service and five were public officer. In relation to the working conditions, it could be identified: outsourcing in the public service; decrease of the number of workers for health care; accidents at work (diseases and accidents with cutting materials); suffering and the emotions of the professionals in face of the living conditions of the population served by this public service; the urban and social violence that influences the health and the subjectivity of the professionals; and the violence and the relationships with the people served by them (conflicts, threats and aggressions). Conclusion It is necessary to intensify the theoretical and methodological characteristics in order to understand the working conditions, the violence and the emotions in the specificities of a predominantly female profession.
  • Symptoms of depression in older adults in a basic health care unit of a municipality in northwestern Paraná – cross-sectional study Artigo Original

    Oliveira, Daniel Vicentini de; Silva, Diogo Alves da; Andrade, Walquiria Batista de; Batista, Roseana Pacheco Reis; Antunes, Mateus Dias; Nascimento Júnior, José Roberto Andrade do

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução a interação complexa entre fatores sociais, psicológicos e biológicos, que resultam na depressão, poderá acelerar a diminuição da capacidade funcional e, consequentemente, a qualidade de vida do idoso. Objetivo Esta pesquisa teve como objetivo investigar os fatores associados aos indicativos de sintomas depressivos de idosos da atenção básica à saúde de um município do noroeste paranaense. Método Estudo epidemiológico, de corte transversal e base populacional realizado em 12 Unidades Básicas de Saúde (UBS), com 654 homens e mulheres idosos. Foi utilizado um instrumento para caracterização do perfil sociodemográfico dos participantes, assim como o instrumento Geriatric Depression Scale (GDS), versão curta. Os dados foram analisados pelo teste de Qui-quadrado e da Regressão de Poisson (p<0,05). Resultados Os resultados evidenciaram que parece existir uma associação dos idosos com boa percepção de saúde (p=0,001), que não ingerem medicamentos (p=0,001), que não sofreram quedas nos últimos seis meses (p=0,011) e que não apresentaram comorbidades (p=0,001), com a ausência de sintomas depressivos. Os idosos com autopercepção de saúde regular (RP = 1,733; 95%IC = 1280-2,347) e ruim (RP = 2,222; 95%IC = 1,525-3,237) demonstraram maior razão de prevalência de presença de indicativo de depressão. Conclusão Conclui-se que os idosos com pior autopercepção de saúde demonstraram maior razão de prevalência de apresentar indicativos de depressão.

    Abstract in English:

    Abstract Background the complex interaction between social, psychological and biological factors, which result in depression, may accelerate the decrease in functional capacity and, consequently, the quality of life of the older adults. Objective This research aimed to investigate the factors associated with suggestive symptoms of depression in older adults of primary health care in a municipality in northwest Paraná. Method Epidemiological, cross-sectional and population-based study was carried out in 12 basic health units, with 654 older adult men and women. The Geriatric Depression Scale (GDS), short version, as well an instrument to characterize the participants sociodemographic profile. Data were analyzed using Chi-square test and Poisson regression (p <0.05). Results Results showed that there seems to be an association of the older adult with good health perception (p = 0.001), when they did not take medication (p = 0.001), have not suffered falls in the last six months (p = 0.011) and have not presented comorbidities (p = 0.001) in the absence of depressive symptoms. Older adult with self-perceived regular health (PR = 1.733; 95% CI = 1280-2.347) and poor health (PR = 2.222; 95% CI = 1.525-3.237) showed a higher prevalence ratio for the presence of depression. Conclusion Older adult with worse self-perceived health showed a higher prevalence ratio of presenting suggestive symptoms of depression.
  • Nurses' performance of the Family Health Strategy in the nutritional care of children Artigo Original

    Pedraza, Dixis Figueroa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução O cuidado nutricional da criança favorece seu adequado crescimento, tendo o enfermeiro o papel fundamental nesse processo. Objetivo Avaliar a estrutura de unidades de saúde bem como a capacitação e atuação de enfermeiros da Estratégia Saúde da Família em relação ao cuidado nutricional de crianças menores de cinco anos. Método Pesquisa avaliativa de abordagem quantitativa e desenho transversal na qual foram entrevistados 92 enfermeiros de 43 municípios da Paraíba, entre janeiro e setembro de 2018. Avaliaram-se características de estrutura das Unidades Básicas de Saúde (UBS), do perfil dos enfermeiros e das ações desenvolvidas por esses profissionais no cuidado nutricional da criança. As proporções encontradas foram comparadas segundo estratificação, considerando o recebimento de incentivos financeiros na área de nutrição pelo município. Resultados Na estrutura, observaram-se deficiências na disponibilidade de documentos técnicos. A capacitação do enfermeiro em nutrição foi deficiente, com uma situação desfavorável encontrada nos municípios sem incentivos financeiros da área. Em relação às ações desenvolvidas, sobressaíram falhas pertinentes à vigilância alimentar e nutricional, à implementação de atividades em grupo de promoção da alimentação adequada e saudável, à prevenção e tratamento de deficiências de micronutrientes e ao cuidado de crianças com necessidades alimentares específicas. Conclusão O desempenho do enfermeiro no cuidado nutricional da criança apresenta fragilidades nos três níveis de intervenção (diagnóstico, promoção e prevenção, assistência/tratamento) que precisam ser superadas.

    Abstract in English:

    Abstract Background The child's nutritional care favors its adequate growth, thus having the nurse a fundamental role in this process. Objective To evaluate the structure of health units and the training and performance of nurses in the Family Health Strategy related to the nutritional care of children under five years old. Method Evaluative research with a quantitative approach and cross-sectional design in which 92 nurses from 43 municipalities of Paraíba were interviewed, between january and september 2018. Structural characteristics of health units, the profile of nurses and the actions developed by these professionals in the nutritional care of children were evaluated. The proportions found were compared according to stratification considering the receipt of financial incentives in the area of nutrition by the municipality. Results In the structure, there were shortcomings in the availability of technical documents. The training of nurses in terms of nutrition was deficient, with a worse situation in the municipalities without financial incentives in the area. In relation to the actions developed, there have been failures pertinents to food and nutritional surveillance, as well as the implementation of group activities to promote an adequate and healthy food, the prevention and treatment of micronutrient deficiencies and the care of children with specific nutritional needs. Conclusion The performance of nurses in the nutritional care of children may have some weaknesses in the three levels of intervention (diagnosis, promotion and prevention, care/treatment) that need to be overcome.
  • Challenges of the physical education professional in the Extended Centers for Family Health and Primary Care: a systematic review of Brazilian literature Artigo Original

    Oliveira, Victor Hugo de; Azevedo, Kesley Pablo Morais de; Medeiros, Gidyenne Christine Bandeira Silva de; Knackfuss, Maria Irany; Piuvezam, Grasiela

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução A inserção dos profissionais de educação física na atenção básica tem relevância devido aos trabalhos relacionados à promoção da saúde, porém alguns desafios são apresentados na literatura como barreiras para a atuação profissional. Objetivo Revisar na literatura os desafios encontrados por profissionais de educação física que atuam nos Núcleos Ampliados de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB). Método Uma busca utilizando os termos “educação física” e “Núcleo de Apoio à Saúde da Família” foi realizada na base de dados LILACS e no portal SciELO. Os critérios de inclusão foram: ser artigo original, estar publicado no idioma português, ter sido publicado a partir do ano de 2008 e ter avaliado a atuação de profissionais de educação física no NASF-AB. Resultados Dos 45 estudos encontrados na busca inicial, seis atenderam os critérios de inclusão. Além desses, outros dois artigos foram identificados nas referências, resultando em oito artigos incluídos na revisão. Entre os vários desafios relatados, os mais frequentes encontrados nos estudos foram a falta de infraestrutura física e material, a distância entre a formação acadêmica e a área de saúde coletiva e a instabilidade profissional. Conclusão Embora alguns desafios relatados não dependam apenas do profissional de educação física para serem resolvidos, os achados dessa revisão fornecem importantes informações para que futuros profissionais que desejam atuar no NASF-AB possam se preparar de forma mais objetiva e consigam realizar um trabalho com eficiência e qualidade.

    Abstract in English:

    Abstract Background The inclusion of physical education professionals in primary care is relevant due to work related to health promotion, but some challenges are presented in the literature as barriers to professional performance. Objective This study aimed to review in the literature the challenges faced by physical education professionals who work in the extended centers for family health and primary care (NASF-AB). Method A search using the terms “physical education” and “family health support centers” was performed in the LILACS and SciELO databases. The inclusion criteria were: be an original article, be published in the Portuguese language, be published from 2008 onwards, and have assessed the role of physical education professionals in the NASF-AB. Results From 45 studies identified in the initial search, six met the inclusion criteria. In addition to these, two other articles were identified in the references, resulting in eight articles included in the review. Among the several challenges reported, the most frequent ones in the different studies were the lack of physical and material infrastructure, the distance between academic formation and the collective health area, and also professional instability. Conclusion Although some of the challenges reported do not depend solely on the physical education professional to be solved, the findings of this review already provide important information for future professionals who wish to work in NASF-AB to prepare themselves more objectively and perform an efficient and quality work.
  • Factors related to clinical outcomes and survival time in chronic kidney disease patients on hemodialysis Artigo Original

    Bialeski, Andreia Batista; Lopes, Cyntia Michielin; Iser, Betine Pinto Moehlecke

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução A hemodiálise costuma se estender até o final da vida ou até o transplante renal. Objetivo verificar os fatores relacionados aos desfechos clínicos e à sobrevida de doentes renais crônicos em tratamento hemodialítico em uma clínica do sul de Santa Catarina. Método Estudo de coorte retrospectivo. A sobrevida foi avaliada por curvas de Kaplan-Meier e os fatores relacionados ao desfecho, por meio de regressão de Cox, expressos por meio do Hazard Ratio (HR) e intervalo de confiança de 95%. Resultados Entre 120 pacientes, a média de idade foi de 61,8 (±13,9) anos. O principal encaminhamento para hemodiálise foi do nefrologista (33,3%). As principais doenças de base identificadas foram hipertensão arterial (60,8%) e Diabetes Mellitus (29,2%). Foi registrado óbito em 44,2% dos pacientes e sete (5,8%) realizaram transplante. A sobrevida diminuiu de 76,1% em um mês para 49,3% em um ano de tratamento. Encaminhamentos pela UTI (HR 18,1 IC95% 4,49-72,8) e pela Unidade Básica de Saúde (HR 9,27 IC95% 1,48-58,2) foram associados ao óbito, além de valores maiores de cálcio inicial (HR 2,36 IC95% 1,21-4,62) e menores de creatinina final (HR 0,69 IC95% 0,55-0,87). Conclusão O principal desfecho verificado foi o óbito, sendo a sobrevida dos pacientes, avaliada em curto prazo, abaixo do esperado, sugerindo encaminhamento tardio ao tratamento substitutivo.

    Abstract in English:

    Abstract Background Hemodialysis usually lasts until the end of life or until kidney transplantation. Objective to verify the factors related to clinical outcomes and survival of chronic renal patients in hemodialysis at a clinic in the south of Santa Catarina Method A retrospective cohort study. Survival was assessed by Kaplan-Meier curves and outcome-related factors were assessed using Cox regression, with comparisons using Hazard Ratio (HR) and 95% confidence intervals. Results Among the 120 patients, the mean age was 61.8 (± 13.9) years. The main sector of referral for hemodialysis was the nephrologist (33.3%). The main underlying diseases identified were hypertension (60.8%) and Diabetes Mellitus (29.2%). Death was recorded in 44.2% of the patients, and seven (5.8%) performed a transplant. Survival decreased from 76.1% in one month to 49.3% in one year of treatment. Referral by intensive care unit (HR 18.1 95% CI 4.49-72.8) and Basic Health Unit (HR 9.27 95% CI 1.48-58.2) were associated with death, besides of higher values of initial calcium (HR 2.36 95%CI 1.21-4.62) and lower final creatinine (HR 0.69 95%CI 0.55-0.87). Conclusion The main outcome was death, being the patient´s survival, evaluated in a short term, lower than expected, suggesting late referral to the substitutive treatment.
  • Readmission profile in ICU: decision-making in complex organizations Artigo Original

    Moura, Stephanie Tonn Goulart; Sousa, Soraya Bachmann; Kroenke, Adriana

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução A tomada de decisão, num ambiente complexo como de uma UTI pode sofrer diversas interferências e ocasionar a alta precoce de um paciente para um setor de menor complexidade. Objetivo Objetiva-se analisar o perfil de pacientes que foram readmitidos, em menos de 24 horas, na UTI de um hospital privado. Método Esta análise foi realizada por meio do método de correspondências múltiplas, utilizando-se um corte longitudinal, e os dados foram extraídos do sistema Epimed. Resultados Os resultados apontam que o perfil de readmissão se caracterizou pelos pacientes do sexo feminino, com idades entre 0 e 30 anos. A origem desses pacientes é do tipo clínica com diagnóstico predominantemente cardiológico e hematológico. Esse achado pode auxiliar na prevenção da reinternação, visto que os dados interferem no indicador de qualidade do setor, podendo, assim, definir estratégias e meios para minimizar a reinternação. Conclusão Conclui-se, a partir do perfil de pacientes que foram readmitidos na UTI em menos de 24, que há necessidade de cuidado especial para pacientes jovens, do sexo feminino e com diagnóstico cardiológico e hematológico. Esses resultados servem de apoio à tomada de decisão da alta dos pacientes.

    Abstract in English:

    Abstract Background Decision making in a complex ICU environment can suffer from various interferences and lead to the early discharge of patients to lower complexity wards. Objective The objective is to analyze the profile of patients readmitted, in less than 24 hours, to an ICU, in a private hospital. Method This analysis was performed using the multiple correspondence method, using a longitudinal section. The data were extracted from the Epimed system. Results The results indicate that female patients, aged 0 to 30 years, characterized the readmission profile. The origin of these patients is of clinical type, with predominantly cardiac and hematological diagnoses. This finding may help to prevent readmission, since the data affects the sector quality indicator, thereby helping to define strategies to minimize readmission. Conclusion From the profile of patients who were readmitted to the ICU in less than 24 hours, it is concluded that there is a need for special care for young female patients with cardiovascular and hematological diagnosis. These results support decision making for discharge of patients.
  • Hospitalizations for ambulatory care sensitive conditions among older adults residents in Minas Gerais, Brazil, 2010-2015 Artigo Original

    Silva, Sara de Souza; Pinheiro, Letícia Cavalari; Loyola Filho, Antônio Ignácio de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução As internações por condições sensíveis à atenção primária (ICSAP) têm sido utilizadas como um indicador do acesso à atenção primária e de monitoramento do seu desempenho. Objetivo Analisar a tendência de comportamento das ICSAP entre idosos de Minas Gerais, Brasil, de 2010 a 2015. Método Estudo ecológico utilizando dados do Sistema de Informações Hospitalares (SIH-SUS), referentes a hospitalizações de idosos entre 60 e 79 anos. Foram calculadas as taxas de ICSAP global por causa e regiões administrativas de saúde. Resultados Foram analisadas 126.757 ICSAP ocorridas no período (8,8% do total de internações pelo SUS). A taxa global diminuiu de 10,4 para 9,4 (por 1.000). Entre as causas de internação analisadas, foi observada redução nas taxas de internação por hipertensão, deficiências nutricionais e gastroenterites infecciosas, mas foi constatado aumento da taxa de internação por infecção do rim e trato urinário. As taxas variaram ainda em função das regiões de saúde, sendo que regiões com baixa densidade populacional, PIB per capita mais baixo e pior infraestrutura sanitária apresentaram taxas mais elevadas. Conclusão A variação do indicador entre as regionais de saúde pode refletir disparidades socioeconômicas, de organização e oferta de serviços de saúde. A elevação das taxas de internação por algumas condições sensíveis à atenção primária pode indicar a necessidade de os serviços de Atenção Primária à Saúde (APS) aumentarem os esforços para o cuidado da pessoa idosa que sofre a comorbidade com mais frequência.

    Abstract in English:

    Abstract Background Hospitalizations due to Ambulatory Care Sensitive Conditions (ACSC) have been used as an indicator of access to primary care and monitoring of its performance. Objective To analyze the behavioral trend of ACSC among elderly in Minas Gerais, Brazil, from 2010 to 2015. Method Ecological study based on data from the Hospital Information System (SIH) of the Unified Health System (SUS), concerning the hospitalization of the elderly aged 60-79 years. ACSC rates were calculated, global, specific by ACSC and by health administrative region. Results A total of 126,757 ACSC occurred in the period (8.8% of all hospitalizations by SUS). The overall rate decreased from 10.4 to 9.4 (p /1,000). The causes of hospitalization showed a reduction in the risk of hospitalization for hypertension, nutritional deficiencies, and infectious gastroenteritis, but increased the risk of hospitalization for kidney and urinary tract infection. The ACSC rates also varied according to the health regions: regions with low population density, lower per capita GDP and worse health infrastructure showed higher rates. Conclusion The variation of the indicator among health regions may reflect socioeconomic disparities and the organization and supply of health services. Raising inpatient rates for some of the ACSC may indicate the need for PHC services to increase efforts to care for the elderly who suffer from comorbidity more often.
  • Strategies for health promotion and their impact on the quality of life of hypertensive adults: integrative review Artigo Original

    Borges, Fernanda Moura; Silva, Flávia Raymme Soares e; Rodrigues, Malvina Thaís Pacheco; Mascarenhas, Márcio Dênis Medeiros; Silva, Ana Roberta Vilarouca da; Machado, Ana Larissa Gomes

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução A promoção da saúde é uma prática que qualifica o cuidado e impacta positivamente a qualidade de vida, especialmente em indivíduos com hipertensão que requerem acompanhamento por toda a vida. Objetivo O presente estudo objetivou investigar as estratégias desenvolvidas para a promoção da saúde e seus impactos na qualidade de vida de adultos hipertensos. Método Foi realizada uma revisão integrativa por meio de consulta às bases de dados Lilacs, Medline, SciELO, Scopus e Web of Science. Foram incluídos artigos originais sobre práticas de promoção da saúde realizadas com adultos hipertensos, publicados nos últimos cinco anos, nos idiomas português, inglês ou espanhol e disponíveis na íntegra. Foram excluídas as pesquisas realizadas com grávidas, adolescentes e crianças hipertensas. Resultados Foram incluídos 12 artigos na revisão. As principais estratégias consistiram em práticas grupais, que consideraram o usuário como protagonista do cuidado. As atividades desenvolvidas se mostraram eficazes, pois promoveram a redução de níveis pressóricos, a adesão ao tratamento, a mudança no estilo de vida, a melhor percepção da qualidade de vida e o empoderamento dos adultos hipertensos. Conclusão As estratégias para a promoção da saúde são fundamentais para possibilitar aos adultos hipertensos a capacidade de analisar seu estado de saúde e tomar decisões para o planejamento e a manutenção do autocuidado.

    Abstract in English:

    Abstract Background Health promotion is a practice that qualifies care and positively impacts the quality of life, especially in individuals with hypertension who need lifelong monitoring. Objective This study aimed to investigate the strategies developed for health promotion and their impacts on the quality of life of hypertensive adults. Method An integrative review was carried out by consulting Lilacs, Medline, SciELO, Scopus and Web of Science databases. Original articles on health promotion practices conducted with hypertensive adults, published in the last five years, in Portuguese, English or Spanish, and available in full, were included. Researches with hypertensive pregnant women, adolescents and children were excluded. Results Twelve articles were included in the review. The main strategies consisted of group community interventions, which considered the user as protagonist of care. Activities developed proved to be effective, as they promoted the reduction of blood pressure levels, as well as adherence to treatment, change in lifestyle, better perception of quality of life and empowerment of hypertensive adults. Conclusion Strategies for health promotion are essential to enable hypertensive adults to analyze their health status and make decisions for planning and maintaining self-care.
Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro Avenida Horácio Macedo, S/N, CEP: 21941-598, Tel.: (55 21) 3938 9494 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@iesc.ufrj.br