Comportamento produtivo e características pós-colheita de híbridos comerciais de melão amarelo, cultivados nas condições do litoral do Ceará

Yield and postharvest quality of melon hybrids cultivated at the east coast of Ceará State

Desenvolveu-se, este trabalho, em condições de campo na Estação Experimental da Embrapa/ Agroindústria Tropical, em Pacajus - CE, no período de setembro a dezembro de 2000, objetivando caracterizar a produtividade e a qualidade dos frutos de nove híbridos de melão amarelo, nas condições do litoral leste do Estado do Ceará. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com nove tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos foram constituídos dos híbridos comerciais de melão amarelo descritos a seguir: Gold Pride, Gold Star, TSX 32096, Yellow Queen, PX 4910606, AF 682, XPH 13021, AF 646 e Gold Mine. Avaliou-se produção total, massa média de frutos na primeira colheita, sólidos solúveis (SS), resistência de polpa e classificação dos frutos. Para todas as variáveis analisadas observaram-se diferenças significativas entre os híbridos, com exceção do teor de SS. Os híbridos Gold Pride, Gold Star, XPH 13021 e Gold Mine apresentaram maiores produtividades, com média de 32 t/ha. O Gold Mine apresentou maior massa média de fruto (1,5 kg), diferindo significativamente dos híbridos Gold Pride (1,14 kg), AF 646 (1,02 kg), AF 682 (1,09 kg) e PX 4910606 (1,11 kg), que apresentaram os menores valores médios. Os frutos dos híbridos Gold Mine, TSX 32096, PX 4910606, XPH 13021 e AF 682 apresentaram os maiores valores de SS e resistência de polpa, enquanto, o Yellow Queen e o AF 646 apresentaram os menores valores. Os híbridos Gold Mine, Gold Star, XPH 13021 e Gold Pride destacaram-se pelas maiores produtividades de frutos comercializáveis.

Cucumis melo; produtividade; qualidade de frutos


Editora da UFLA Editora da UFLA, Caixa Postal 3037 - 37200-900 - Lavras - MG - Brasil, Telefone: 35 3829-1115 - Lavras - MG - Brazil
E-mail: revista.ca.editora@ufla.br