Accessibility / Report Error

Adubação antecipada na cultura da soja com superfosfato triplo e cloreto de potássio revestidos por polímeros

Antecipated fertilization on soybean with triple superphosphate and potassium chloride coated with polymers

Neste trabalho, objetivou-se comparar épocas e doses de aplicação do superfosfato triplo (SFT) cloreto de potássio (KCl) com e sem revestimento por polímero no desempenho produtivo da soja em condições edafoclimáticas de cerrado. O experimento foi realizado em Rio Verde, GO, em um Latossolo Vermelho distroférrico. Os tratamentos foram dispostos em delineamento de blocos ao acaso, em esquema fatorial 2x2x2+1. O primeiro fator foi constituído pelos fertilizantes SFT e KCl revestidos ou não por polímeros, o segundo por duas doses de fósforo e potássio (40 + 40 e 80 + 80 kg ha-1 P2O5 e K2O), e o terceiro, por duas épocas de aplicação dos fertilizantes (15 dias antes da semeadura e na semeadura). Inclui-se ainda, um tratamento testemunha sem adubação. Foi avaliada a produção de biomassa, a produtividade de grãos e componentes de produtividade. Houve resposta à aplicação da adubação com P e K na produção de massa fresca e produtividade, sendo a ausência de adubação prejudicial ao desenvolvimento da cultura da soja. A aplicação a lanço de superfosfato triplo e cloreto de potássio, revestidos por polímeros 15 dias antes da semeadura, proporcionou maior produção de massa seca, número de vagens por planta e produtividade de grãos de soja em relação aos fertilizantes convencionais. Quando aplicados na semeadura, os fertilizantes convencionais e fertilizantes revestidos por polímeros conferiram a mesma produção de massa seca e produtividade de grãos de soja.

Glycine max; fertilizante de liberação controlada; nutrição de plantas


Editora da Universidade Federal de Lavras Editora da UFLA, Caixa Postal 3037 - 37200-900 - Lavras - MG - Brasil, Telefone: 35 3829-1115 - Lavras - MG - Brazil
E-mail: revista.ca.editora@ufla.br