Características qualitativas de cultivares de cebola no sul de Minas Gerais

Qualitative characteristics of onion cultivars in southern Minas Gerais State

Silvio Júlio de Rezende Chagas Geraldo Milanez de Resende Lair Victor Pereira Sobre os autores

Resumos

Com o objetivo de determinar a composição físico-química e química de cultivares de cebola (Allium cepa L.), conduziu-se um ensaio na Fazenda Experimental de Lavras da EPAMIG, Lavras-MG, no período de março a setembro de 1995. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com quatro repetições e 6 tratamentos, constituídos pelas cultivares Baia Periforme, Crioula, Granex 33, Pira Ouro, Jubileu e Texas Grano 502. Após a cura, avaliaram-se o pH, sólidos solúveis e totais (%), acidez titulável (%), ácido pirúvico (µmol/g), açúcares totais, redutores e não-redutores (%) e índice industrial dos bulbos. As cultivares Crioula, Baia Periforme, Pira Ouro e Jubileu apresentaram as maiores concentrações de sólidos totais e solúveis. A acidez mais elevada foi observada nas cultivares Crioula (0,370%) e Pira Ouro (0,315%). Os maiores índices industriais foram apresentados pelas cultivares Crioula (0,87) e Baia Periforme (0,75), e os menores, pelas cultivares Texas Grano 502 (0,51) e Granex 33 (0,32).

Allium cepa; sólidos solúveis e totais; pH; acidez; índice industrial


This study was carried out from March to September of 1995, in the Experimental Field of EPAMIG, Lavras-MG, Brazil, with the objective of determining the physico-chemical and chemical composition of onions from different cultivars (Allium cepa L.). The experimental design was completely randomized blocks with four repetitions and six cultivars as follow: Baia Periforme, Crioula, Granex 33, Pira Ouro, Jubileu and Texas Grano 502. After the cure it was evaluated the pH, soluble and total solids (%), titrate acidity (%), pyruvic acid (µmol/g), total sugar, reducers and non reducers (%) and industrial index. The cultivars Crioula, Baia Periforme, Pira Ouro and Jubileu showed the largest concentrations of total and soluble solids. The highest acidity indexes were observed in the cultivars Crioula (0.370%) and Pira Ouro (0.315%). The largest industrial indexes were found in the cultivars Crioula (0.87) and Baia Periforme (0.75), and the smallest ones in the cultivars Texas Grano 502 (0.51) and Granex 33 (0.32).

Allium cepa; soluble solids content; total solids content; pH; industrial index


a13

Características qualitativas de cultivares de cebola no sul de Minas Gerais

Qualitative characteristics of onion cultivars in southern Minas Gerais State

Silvio Júlio de Rezende ChagasI; Geraldo Milanez de ResendeII; Lair Victor PereiraI

IEngenheiro Agrônomo, M.Sc., pesquisador da EPAMIG, Caixa Postal 176, 37200-000 – Lavras, MG

IIEngenheiro Agrônomo, M.Sc., pesquisador da Embrapa Semi-Árido, Caixa Postal 23, 56300-970 –Petrolina, PE

RESUMO

Com o objetivo de determinar a composição físico-química e química de cultivares de cebola (Allium cepa L.), conduziu-se um ensaio na Fazenda Experimental de Lavras da EPAMIG, Lavras-MG, no período de março a setembro de 1995. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com quatro repetições e 6 tratamentos, constituídos pelas cultivares Baia Periforme, Crioula, Granex 33, Pira Ouro, Jubileu e Texas Grano 502. Após a cura, avaliaram-se o pH, sólidos solúveis e totais (%), acidez titulável (%), ácido pirúvico (µmol/g), açúcares totais, redutores e não-redutores (%) e índice industrial dos bulbos. As cultivares Crioula, Baia Periforme, Pira Ouro e Jubileu apresentaram as maiores concentrações de sólidos totais e solúveis. A acidez mais elevada foi observada nas cultivares Crioula (0,370%) e Pira Ouro (0,315%). Os maiores índices industriais foram apresentados pelas cultivares Crioula (0,87) e Baia Periforme (0,75), e os menores, pelas cultivares Texas Grano 502 (0,51) e Granex 33 (0,32).

Termos para indexação: Allium cepa, sólidos solúveis e totais, pH, acidez, índice industrial.

ABSTRACT

This study was carried out from March to September of 1995, in the Experimental Field of EPAMIG, Lavras-MG, Brazil, with the objective of determining the physico-chemical and chemical composition of onions from different cultivars (Allium cepa L.). The experimental design was completely randomized blocks with four repetitions and six cultivars as follow: Baia Periforme, Crioula, Granex 33, Pira Ouro, Jubileu and Texas Grano 502. After the cure it was evaluated the pH, soluble and total solids (%), titrate acidity (%), pyruvic acid (µmol/g), total sugar, reducers and non reducers (%) and industrial index. The cultivars Crioula, Baia Periforme, Pira Ouro and Jubileu showed the largest concentrations of total and soluble solids. The highest acidity indexes were observed in the cultivars Crioula (0.370%) and Pira Ouro (0.315%). The largest industrial indexes were found in the cultivars Crioula (0.87) and Baia Periforme (0.75), and the smallest ones in the cultivars Texas Grano 502 (0.51) and Granex 33 (0.32).

Index terms: Allium cepa, soluble solids content, total solids content, pH, industrial index.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ASSOCIATION OF OFFICIAL Analytical CHEMISTS. Official methods of Association of Official Analytical Chemists. 15. ed. Washington, 1990. 684 p.

BRASIL. Ministério da Agricultura e Reforma Agrária. Normas Climatológicas: 1961-1990. Brasília, 1992. 84 p.

CARVALHO, V. D. Características nutricionais, industriais e terapêuticas da cebola. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, v. 6, n. 62, p. 71-78, fev. 1980.

CARVALHO, V. D. Efeito da cura na qualidade de algumas cultivares de alho. In: ______. Projeto olericultura: relatório 87/92. Belo Horizonte: EPAMIG, 1993. p. 34-37.

CARVALHO, V. D.; CHALFOUN, S. M.; JUSTE JÚNIOR, E. S. G.; LEITE, I. P. Efeito do tipo de cura na qualidade de algumas cultivares de alho. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 7, n. 22, p. 733-740, jul. 1987.

CASTRO NETTO, P.; SEDIYAMA, G. C.; VILELA, E. A. de. Probabilidade de ocorrência de períodos secos em Lavras, Minas Gerais. Ciência e Prática, Lavras, v. 4 n. 1, p. 45-55, 1980.

CHITARRA, M. I. F. Colheita e pós-colheita de frutos. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, v. 17, n. 179, 1994.

CHITARRA, M. I. F.; CHITARRA, A. B. Pós-colheita de frutos e hortaliças: fisiologia e manuseio. Lavras: ESAL/FAEPE, 1990. 293 p.

DEBARBA, J. F.; THOMAZELLI, L. F.; GANDIN, C. L.; SILVA, E. Cadeias produtivas do Estado de Santa Catarina: cebola. Florianópolis: EPAGRI, 1998. 115 p. (EPAGRI. Boletim Técnico, 96).

FEIMBERG, B. Vegetables. In: ARSDEL, W. B. V.; COPLEY, M. J.; MORGAN JÚNIOR, A. I. (Eds.). Food Dehydratation. New York: AVI, 1973. v. 2, p. 43-55.

FILGUEIRA, F. A. R. Novo Manual de olericultura: agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. Viçosa: UFV, 2000. 402 p.

GOMES, F. P. Curso de estatística experimental. 13. ed. São Paulo: Nobel, 1990. 468 p.

PAULA, M. B.; CARVALHO, V. D.; NOGUEIRA, F. D. Efeitos da vinhaça na produção e qualidade da cebola em solo de baixo potencial de produtividade. In: ______. Projeto olericultura: relatório 87/92. Belo Horizonte: EPAMIG, 1993. p. 190-193.

NELSON, N. A phometric adaptation of Somogy method for determination of glucose. Journal Biological Chemists, Baltimore, n. 153, p. 375, 1944.

RANDLE, W. M. Sulfur nutrition affects nonstructural water-soluble carboidrates in onion germplasm. Hortscience, Alexandria, v. 27, n. 1, p. 52-55, 1992.

SATURNINO, H. M.; MEDINA, P. V. L. Armazenamento de cebola. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, n. 62, p. 65-70, fev. 1980.

SCHWIMMER, S.; WESTON, W. J. Enzimatic development of pyruvicacid in onion as a measare of pungency. Journal of Agricultural and Food Chemistry, Washington, v. 4, n. 9, p. 303-304, July/Aug. 1961.

SOUZA, R. J.; RESENDE, G. M. de. Cultura da cebola. Lavras: UFLA, 2002. 115 p. (Textos Acadêmicos - Olericultura, 21).

SUZUKI, M.; CUTCLIFFE, J. A. Fructans in onion bulbs in relation to storage life. Canadian Journal Plant Science, Ottawa, n. 69, p. 1327-1333, 1989.

(Recebido para publicação em 15 de janeiro de 2003 e aprovado em 3 de abril de 2003)

  • ASSOCIATION OF OFFICIAL Analytical CHEMISTS. Official methods of Association of Official Analytical Chemists. 15. ed. Washington, 1990. 684 p.
  • BRASIL.  Ministério  da  Agricultura  e  Reforma Agrária. Normas Climatológicas: 1961-1990. Brasília, 1992. 84 p.
  • CARVALHO, V. D. Características nutricionais, industriais e terapęuticas da cebola. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, v. 6, n. 62, p. 71-78, fev. 1980.
  • CARVALHO, V. D. Efeito da cura na qualidade de algumas cultivares de alho. In: ______. Projeto olericultura: relatório 87/92. Belo Horizonte: EPAMIG, 1993. p. 34-37.
  • CARVALHO, V. D.; CHALFOUN, S. M.; JUSTE JÚNIOR, E. S. G.; LEITE, I. P. Efeito do tipo de cura na qualidade de algumas cultivares de alho. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 7, n. 22, p. 733-740, jul. 1987.
  • CASTRO NETTO, P.; SEDIYAMA, G. C.; VILELA, E. A. de. Probabilidade de ocorręncia de períodos secos em Lavras, Minas Gerais. Cięncia e Prática, Lavras, v. 4 n. 1, p. 45-55, 1980.
  • CHITARRA, M. I. F. Colheita e pós-colheita de frutos. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, v. 17, n. 179, 1994.
  • CHITARRA, M. I. F.; CHITARRA, A. B. Pós-colheita de frutos e hortaliças: fisiologia e manuseio. Lavras: ESAL/FAEPE, 1990. 293 p.
  • DEBARBA, J. F.; THOMAZELLI, L. F.; GANDIN, C. L.; SILVA, E. Cadeias produtivas do Estado de Santa Catarina: cebola. Florianópolis: EPAGRI, 1998. 115 p. (EPAGRI. Boletim Técnico, 96).
  • FEIMBERG, B. Vegetables. In: ARSDEL, W. B. V.; COPLEY, M. J.; MORGAN JÚNIOR, A. I. (Eds.). Food Dehydratation New York: AVI, 1973. v. 2, p. 43-55.
  • FILGUEIRA, F. A. R. Novo Manual de olericultura: agrotecnologia moderna na produçăo e comercializaçăo de hortaliças. Viçosa: UFV, 2000. 402 p.
  • GOMES, F. P. Curso de estatística experimental 13. ed. Săo Paulo: Nobel, 1990. 468 p.
  • PAULA, M. B.; CARVALHO, V. D.; NOGUEIRA, F. D. Efeitos da vinhaça na produçăo e qualidade da cebola em solo de baixo potencial de produtividade. In: ______. Projeto olericultura: relatório 87/92. Belo Horizonte: EPAMIG, 1993. p. 190-193.
  • NELSON, N. A phometric adaptation of Somogy method for determination of glucose. Journal Biological Chemists, Baltimore, n. 153, p. 375, 1944.
  • RANDLE, W. M. Sulfur nutrition affects nonstructural water-soluble carboidrates in onion germplasm. Hortscience, Alexandria, v. 27, n. 1, p. 52-55, 1992.
  • SATURNINO, H. M.; MEDINA, P. V. L. Armazenamento de cebola. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, n. 62, p. 65-70, fev. 1980.
  • SCHWIMMER,  S.;  WESTON,  W. J.  Enzimatic development of pyruvicacid in onion as a measare of pungency. Journal of Agricultural and Food Chemistry, Washington, v. 4, n. 9, p. 303-304, July/Aug. 1961.
  • SOUZA, R. J.; RESENDE, G. M. de. Cultura da cebola Lavras: UFLA, 2002. 115 p. (Textos Acadęmicos - Olericultura, 21).
  • SUZUKI, M.; CUTCLIFFE, J. A. Fructans in onion bulbs in relation to storage life. Canadian Journal Plant Science, Ottawa, n. 69, p. 1327-1333, 1989.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    22 Out 2010
  • Data do Fascículo
    Fev 2004

Histórico

  • Aceito
    03 Abr 2003
  • Recebido
    15 Jan 2003
Editora da UFLA Editora da UFLA, Caixa Postal 3037 - 37200-900 - Lavras - MG - Brasil, Telefone: 35 3829-1115 - Lavras - MG - Brazil
E-mail: revista.ca.editora@ufla.br