Efeito dos níveis de cálcio da ração suplementada com fitase sobre a deposição de minerais na tíbia de frangos de corte de 22 a 42 dias

Effect of the levels of calcium in diets supplemented with phytase on the deposition of minerals in the tibia of broiler from 22 to 42 days

Com o objetivo de avaliar os efeitos dos níveis de cálcio na ração suplementada com fitase, para frangos de corte de 22 a 42 dias de idade, sobre a deposição de minerais nas tíbias, foi conduzido este experimento, com 600 frangos de 22 dias de idade da linhagem Hubbard-MPK, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, com arranjo fatorial 5 x 2 (níveis de cálcio da ração x sexos), três repetições de 20 aves por parcela. A ração basal foi balanceada, suplementada com fitase para atender às exigências nutricionais das aves, conforme o NRC (1994), exceto para o cálcio, cujos níveis foram 0,40; 0,59; 0,78; 0,97 e 1,16%. Aos 42 dias de idade, duas aves de cada tratamento foram abatidas para retirada da tíbia esquerda para analises posteriores. Os teores de cinzas nas tíbias das fêmeas foram 3,5% superior aos dos machos. A deposição de cinzas, cálcio, fósforo, zinco, manganês e magnésio não foi afetada (P>0,05) pelos níveis de cálcio na ração de 22 a 42 dias de idade. Conclui-se que o aumento dos teores de cálcio da ração suplementada com fitase não afeta a deposição de minerais nas tíbias dos frangos dos 22 aos 42 dias de idade

cinza; fósforo; manganês; mineralização; zinco


Editora da Universidade Federal de Lavras Editora UFLA, Caixa Postal 3037, 37200-000 Lavras, MG-Brasil - Lavras - MG - Brazil
E-mail: editora@ufla.br