Herança da resistência ao Papaya ringspot virus-watermelon strain (PRSV-W) proveniente do acesso de melancia 'PI 595201'

Dois genótipos de melancia foram cruzados para estudar a herança da resistência ao Papaya ringspot virus estirpe melancia (PRSV-W): a cultivar Crimson Sweet (suscetível) e o acesso 'PI 595201' (resistente). As plantas das gerações P1, P2, F1, F2, BC11 e BC12 foram inoculadas com um isolado brasileiro do PRSV-W e os sintomas foram avaliados. Foram estimados parâmetros genéticos e fenotípicos da resistência ao PRSV-W e foram realizados os testes de hipótese de herança monogênica e de máxima verossimilhança. O componente aditivo [a] da resistência foi maior do que os não-aditivos [d]. As estimativas da herdabilidade no sentido amplo (0,80) e restrito (0,67) indicaram que a variância genética foi superior à ambiental, permitindo maiores ganhos genéticos na seleção de plantas resistentes em populações segregantes. Os resultados indicam uma herança mais complexa do que a monogênica típica. Ficou evidente a importância dos efeitos gênicos aditivos no controle da resistência ao PRSV-W.

Citrillus lanatus; grau de dominância; herdabilidade; potyvirus; resistência a vírus


Crop Breeding and Applied Biotechnology Universidade Federal de Viçosa, Departamento de Fitotecnia, 36570-000 Viçosa - Minas Gerais/Brasil, Tel.: (55 31)3899-2611, Fax: (55 31)3899-2611 - Viçosa - MG - Brazil
E-mail: cbab@ufv.br