EDITORIAL

Comitê Editorial

A publicação do Caderno CEDES Estandarización educativa y sus alternativas: una perspectiva crítica disponibiliza ao leitor interessado nos rumos da educação, a análise de políticas educativas que, participando de uma tendência global, se materializam em ações diferenciadas nos países da América Latina e na Espanha. Essas ações afetam diretamente a vida de professores, alunos e famílias. O Caderno concentra as análises no caso do Chile, país que desde a ditadura de Pinochet conta com um sistema de avaliação calcado nos moldes preconizados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). As reformas educacionais e mesmo as leis mais recentes dos governos democráticos amenizam alguns aspectos de um sistema cujo viés padronizador e controlador, no entanto, permanece dominante. O Chile é, provavelmente, o país da América Latina cujo sistema de avaliação engloba um número maior de aspectos, ao avaliar alunos e docentes, classificar escolas e disponibilizar essa informação à sociedade civil.

Diversos efeitos das políticas tendentes à padronização são analisados em contextos diferentes como o do Brasil, Argentina, Espanha e México. O Caderno descortina aspectos importantes como o pressuposto economicista da educação, fortemente enraizado na Teoria do Capital Humano, e a participação do setor privado na elaboração de políticas que beneficiam seus negócios e que resultam em ações e práticas na escola e na sala de aula.

A análise dos efeitos não desejados dos modelos baseados em resultados constitui outra contribuição do Caderno, que se debruça sobre diferentes exemplos para avançar na crítica à padronização. O estreitamento da noção de qualidade; a redução e a simplificação do currículo e dos conhecimentos disponíveis para professores e alunos; a promoção da competição e do individualismo; o clima de trabalho tenso, gerador de ansiedade e medo em docentes e alunos; o ensino centrado nas exigências dos testes; e o uso de recursos materiais e humanos para preparar escolas, professores e alunos para as provas são algumas das ideias discutidas nos textos. As questões relacionadas à diversidade, ao gênero e ao multiculturalismo estão presentes também, assim como as reflexões sobre o papel da tecnologia digital e seu potencial para promover mudanças. Em tempos de Base Nacional Comum Curricular e de Reforma do Ensino Médio (Medida Provisória nº 746/2016), entre outras, os textos ora apresentados destacam, ainda, as experiências de resistência e a necessidade de elaborar propostas alternativas para abordar os diversos problemas que afetam a educação e ameaçam a sua qualidade.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Sep-Dec 2016
CEDES - Centro de Estudos Educação e Sociedade Caixa Postal 6022 - Unicamp, 13084-971 Campinas SP - Brazil, Tel. / Fax: (55 19) 3289 - 1598 / 7539 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistas.cedes@linceu.com.br