Accessibility / Report Error

Músicos cegos ou cegos músicos: representações de compensação sensorial na história da arte

Musicians that are blind or blind musicians: representations of sensory compensation in art history

A representação de músicos cegos foi tema recorrente entre os artistas desde a Antiguidade. O presente estudo descreve historicamente as concepções sobre a figura do músico cego baseado nas obras que atravessam os séculos. A análise da concentração de harpistas na Antiguidade, de tocadores de viola de roda na Idade Média até o Barroco, de violinistas e violonistas entre os séculos XVII e XIX e o aparecimento do acordeão a partir do século XIX permite falar do flutuante papel do músico cego na sociedade. O estudo mostra que na Era Cristã predominava o papel de cego músico, trabalhando na marginalidade e na miséria, onde sua performance musical legitimava a mendicância.

Música; Cegueira; Mundo do trabalho; História da Arte; Representação


CEDES - Centro de Estudos Educação e Sociedade Caixa Postal 6022 - Unicamp, 13084-971 Campinas SP - Brazil, Tel. / Fax: (55 19) 3289 - 1598 / 7539 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistas.cedes@linceu.com.br