• INCLUSÃO E EDUCAÇÃO DE POPULAÇÕES EM SITUAÇÕES DE RISCO OU VULNERABILIDADE SOCIAL APRESENTAÇÃO

    Thoma, Adriana da Silva; Hillesheim, Betina
  • THE JUDICIALIZATION OF THE INCLUSION PROCESS: GOVERNING THROUGH LAW ARTIGOS: INCLUSÃO E EDUCAÇÃO DE POPULAÇÕES EM SITUAÇÕES DE RISCO OU VULNERABILIDADE SOCIAL

    Thoma, Adriana da Silva; Hillesheim, Betina; Siqueira, Carolina de Freitas Corrêa

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O artigo discute a judicialização da inclusão, compreendendo-a como ações desenvolvidas pelo Poder Judiciário voltadas à inclusão de grupos em situação de risco ou vulnerabilidade social. Para as análises, utiliza-se a noção de governamentalidade biopolítica, na perspectiva de Michel Foucault. Argumenta-se que, por meio do Poder Judiciário, o Estado regula os rumos da inclusão a partir de dois vieses que se articulam: o da fiscalização e da intervenção recomendatória e o da orientação, que toma a argumentação e o convencimento como formas de produzir modos de ser inclusivos.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This paper discusses the judicialization of inclusion, by understanding it as actions taken by the Judicial Power intended for the inclusion of groups in situation of social risk and vulnerability. To perform the analyses, Michel Foucault’s notion of bio-political governmentality was utilized. It was argued that, through the Judicial Power, the State regulates the course of inclusion through two articulated paths: one consisting of oversight and recommended intervention, and the other implying guidance, by regarding argumentation and persuasion as ways of producing inclusive ways of being.
  • COMPETÊNCIAS E DIREITO DE APRENDIZAGEM: PROTAGONISMO E VULNERABILIDADE ARTIGOS: INCLUSÃO E EDUCAÇÃO DE POPULAÇÕES EM SITUAÇÕES DE RISCO OU VULNERABILIDADE SOCIAL

    Loureiro, Carine; Kraemer, Graciele; Lopes, Maura Corcini

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O artigo objetiva compreender como a educação escolarizada está sendo convocada pelas políticas públicas a operar com a centralidade da aprendizagem. Para tanto, parte-se da análise de políticas nacionais e internacionais, problematizando o conceito de aprendizagem que aparece associado à formação do sujeito-empresa na escola. Nas conclusões, destaca-se o caráter empresarial das políticas que determinam as práticas escolares e reitera-se o compromisso ético com a defesa da condição política e pública da escola, a fim de contribuir para a diminuição das condições de vulnerabilidade social.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The paper aims to understand how school education has been mobilized by public policies to operate with the centrality of learning. It analyzes national and international policies by problematizing the concept of learning that has been linked to the education of the enterprise-subject at school. In conclusion, it both highlights the entrepreneurial character of the policies that determine the school practices, and reaffirms the ethical commitment to defend the school’s political and public conditions in order to contribute to the decrease of the conditions of social vulnerability.
  • VULNERABILIDADE DA POPULAÇÃO NEGRA E POLÍTICAS EDUCACIONAIS NO BRASIL ARTIGOS: INCLUSÃO E EDUCAÇÃO DE POPULAÇÕES EM SITUAÇÕES DE RISCO OU VULNERABILIDADE SOCIAL

    Hüning, Simone Maria; Silva, Aline Kelly da; Netto, Tathina Lúcio

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO No artigo, percorremos processos históricos que promoveram a vulnerabilidade da população negra brasileira. Analisamos documentos de políticas educacionais que tratam da inclusão de discussões raciais no currículo, do combate ao racismo e às desigualdades étnico-raciais. Dialogamos com o pensamento de autores como Foucault, Agamben e Mbembe e utilizamos ferramentas conceituais tais como biopolítica, racismo e necropolítica. Tomamos essas políticas como uma resposta estatal diante da vulnerabilidade social. Elas expressam conquistas e tensionamentos na relação entre a população negra e o Estado.

    Abstract in English:

    ABSTRACT In the paper, we go through the historical processes that promoted the vulnerability of the Brazilian black population. We analyze educational policy documents that address the inclusion, in the curriculum, of racial discussions, and the fight against racism and ethno-racial inequalities. We engage in a dialogue with the theories of authors such as Foucault, Agamben, and Mbembe, and use conceptual tools, such as biopolitics, racism, and necropolitics. We take these policies as a State response to the resultant social vulnerability. They express achievements and tensions in the relationship between the black population and the State.
  • CUERPOS QUE IMPORTAN EN EL PATIO DE ATRÁS: PRECARIDAD Y HACER ESCUELA ESPECIAL EN CONTEXTOS DE POBREZA URBANA ARTIGOS: INCLUSÃO E EDUCAÇÃO DE POPULAÇÕES EM SITUAÇÕES DE RISCO OU VULNERABILIDADE SOCIAL

    Schwamberger, Cintia; Grinberg, Silvia

    Abstract in Spanish:

    RESUMO El artículo propone, a través de resultados de investigación en la Región Metropolitana de Buenos Aires, caracterizar las tensiones de la inclusión-exclusión en una escuela de educación especial en contextos de pobreza urbana. A través de un trabajo etnográfico, describimos la precaridad que se vuelve doble en estas escuelas. La noción cuerpos en el patio de atrás problematiza las tensiones para fugar la exclusión. Proponemos que las lógicas de gestión de sí devienen formas de inclusión excluyente, donde docentes desarrollan micro-estrategias para el hacer escuela en la precariedad, los cuerpos importen.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article proposes, through research results in the Metropolitan Region of Buenos Aires, to characterize inclusion-exclusion tensions in a special education school in urban poverty contexts. Through an ethnographic work, we describe the precarity that becomes double in these schools. The notion bodies in the backyard problematizes the tensions to escape exclusion. We propose that the logics of self-management become forms of exclusive inclusion, where teachers develop micro-strategies so that schooling becomes precarious, bodies matter.
  • INCLUSÃO E PRODUÇÃO DA DIFERENÇA EM ESCOLAS DO CAMPO ARTIGOS: INCLUSÃO E EDUCAÇÃO DE POPULAÇÕES EM SITUAÇÕES DE RISCO OU VULNERABILIDADE SOCIAL

    Nozu, Washington Cesar Shoiti; Bruno, Marilda Moraes Garcia

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este texto busca problematizar os modos pelos quais as diferenças têm sido produzidas em escolas do campo em tempos de inclusão. Trata-se de investigação etnográfica, cujo cenário são três escolas do campo da educação básica de um município sul-mato-grossense. Os resultados foram analisados em dois eixos: a) inclusão em escolas do campo: sujeitos, tempos e espaços; b) processos de diferenciação dos sujeitos emescolas do campo em tempos de inclusão. Por fim, questionamos a produção de deficiências em razão de diferenças socioculturais e seus encaminhamentos para os serviços de educação especial.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This paper seeks to problematize the ways in which differences have been produced at rural schools in inclusion times. It’s an ethnographic investigation, whose scenario are three rural schools of basic education in a municipality of Mato Grosso do Sul, Brazil. The results were analyzed in two axes: a) inclusion at rural schools: subjects, times and spaces; b) subjects differentiation processes at rural schools in inclusion times. Finally, it is questioned the disabilities production due to socio-cultural differences and their referrals to special education services.
  • A SITUAÇÃO MINORITÁRIA DOS SURDOS E SUA VULNERABILIDADE LINGUÍSTICA NA EDUCAÇÃO ARTIGOS: INCLUSÃO E EDUCAÇÃO DE POPULAÇÕES EM SITUAÇÕES DE RISCO OU VULNERABILIDADE SOCIAL

    Witchs, Pedro Henrique

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo deste artigo é discutir a surdez como uma experiência que constitui sujeitos de uma minoria linguística nos limites do Estado nacional. Para tanto, sob a perspectiva foucaultiana da governamentalidade, explora-se um conjunto de políticas que regulamentam o comportamento linguístico das pessoas surdas no campo educacional. A partir disso, é possível assumir que as condições sociais e políticas dispostas a essa população operacionalizam a manutenção de uma vulnerabilidade linguística, portanto também social, que inviabiliza direitos dignos da vida em sociedade.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article aims to discuss deafness as an experience that constitutes subjects of a linguistic minority within the limits of the national State. For this purpose, under the Foucaultian perspective of governmentality, it is explored a set of policies that regulate the linguistic behavior of deaf people in the educational field. From this, it is possible to assume that the social and political conditions available to this population operationalizethe maintenance of a linguistic and, consequently, also social vulnerability, which prevents thedignified rights of life in society.
  • ÍNDICE DE FUNCIONALIDADE BRASILEIRO MODIFICADO (IF-BRM), DIFERENCIAÇÃO E ACESSIBILIDADE CURRICULAR RTIGOS: INCLUSÃO E EDUCAÇÃO DE POPULAÇÕES EM SITUAÇÕES DE RISCO OU VULNERABILIDADE SOCIAL

    Cabral, Leonardo Santos Amâncio

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A materialização da orquestração da acessibilidade ocorre quando há a cooperação interdisciplinar policêntrica entre os sujeitos, na perspectiva biopsicossocial, no processo de legitimação de direitos educacionais e de formação profissional das minorias político-sociais por meio da Diferenciação e Acessibilidade Curricular. É cogente, portanto, suscitar reflexões e debates que aproximem os contextos e seus atores às potencialidades do Índice de Funcionalidade Brasileiro Modificado (IF-BrM), à luz do imperativo ético de sobrepujar situações de vulnerabilidades nas diversas esferas da sociedade.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The materialization of the accessibility orchestration occurs when there is an interdisciplinary polycentric cooperation among the subjects, from a biopsychosocial perspective, within a process of legitimizing educational rights and professional training of social political minorities by the Differentiation and Curricular Accessibility. It is necessary, therefore, to promote reflections and debates that bring closer contexts and their actors to the potential of the Modified Brazilian Functionality Index (IF-BrM), in light of the ethical imperative to overcome situations of vulnerability in different spheres of society.
CEDES - Centro de Estudos Educação e Sociedade Caixa Postal 6022 - Unicamp, 13084-971 Campinas SP - Brazil, Tel. / Fax: (55 19) 3289 - 1598 / 7539 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistas.cedes@linceu.com.br