Accessibility / Report Error

Laços matrimoniais, amarras tradicionais: a família como autoconstituição em Câmara Cascudo

Liens matrimoniaux, attaches traditionnelles: la famille, moyen d'autoconstitution chez Câmara Cascudo

Matrimonial bindings, traditional links: the family as selfconstitution in Câmara Cascudo

O objetivo deste artigo é analisar a biografia de Luís da Câmara Cascudo, procurando compreender o alicerce histórico e social a partir do qual esse folclorista legitimou posições sobre seu pai e sua mãe e definiu papéis para homens, mulheres e família na sociedade nordestina. Portanto, Câmara Cascudo não é só aquilo que ele diz sobre si próprio, em suas biografias e obras, mas também, o que os outros disseram sobre ele. Os argumentos construídos pelo próprio são o resultado de relações de múltiplos interesses. Foi se relacionando com uns e se contrapondo a outros que esse regionalista se constituiu como sujeito histórico. Trabalhando com a memória, compreendendo que ela nem sempre é uma elaboração ingênua e desinteressada, por ser seletiva, analisaremos a constituição do sujeito Câmara Cascudo e seus outros.

família; intersubjetividade; memória; gênero


Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos Estrada de São Lázaro, 197 - Federação, 40.210-730 Salvador, Bahia Brasil, Tel.: (55 71) 3283-5857, Fax: (55 71) 3283-5851 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: revcrh@ufba.br