Gestão de políticas sociais: a importância das articulações institucionais e setoriais em programas de segurança alimentar e nutricional

Social policies management: the importance of institutional and sectors articulations in food safety programs

A descentralização de responsabilidades e de poder para os municípios executarem muitas das políticas que antes estavam a cargo do governo federal demonstra que tal processo, mesmo representando avanços na democratização, acarretou dificuldades para as prefeituras, ainda maiores se considerada a complexidade inerente às políticas sociais. A elaboração e implementação de políticas de segurança alimentar e nutricional (SAN) - tema que tem se destacado crescentemente no âmbito de atuação do poder público, em especial dos governos municipais - acarretam muitos desafios e têm demandado dos gestores públicos a construção de articulações específicas entre setores e instâncias do próprio governo, da sociedade civil e da esfera privada. Neste artigo, procura-se contribuir na discussão sobre a importância da construção destes arranjos mediante estudo de caso realizado no município de Belo Horizonte.

articulações; políticas públicas; segurança alimentar


Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Rua Jornalista Orlando Dantas, 30 - sala 107, 22231-010 Rio de Janeiro/RJ Brasil, Tel.: (21) 3083-2731 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernosebape@fgv.br