Accessibility / Report Error

SATISFAÇÃO COM OS CUIDADOS DE ENFERMAGEM DE PACIENTES ONCOLÓGICOS EM USO DE ANTINEOPLÁSICOS AMBULATORIAL

RESUMO

Objetivo:

avaliar a satisfação do usuário oncológico ambulatorial em uso de antineoplásicos sobre os cuidados de enfermagem.

Métodos:

estudo transversal com abordagem quantitativa, realizado no Serviço de Quimioterapia de um hospital universitário localizado em Belém-PA - Brasil, com 200 usuários no período de junho de 2019 a junho de 2022, através de entrevista e uso do Instrumento de Satisfação do Paciente. Aplicou-se análise de qui-quadrado de Pearson e considerou-se p-valor ≤0,05.

Resultados:

os usuários relataram bom índice de satisfação na média geral dos domínios (>90%), destacando o domínio técnico-profissional, seguido do educacional e confiança. As variáveis de esclarecimento sobre as orientações médicas, dar bons conselhos, tomar iniciativa após as respostas dos pacientes foram associadas à satisfação do usuário conforme a topografia do câncer e a disponibilidade da equipe àqueles com diferentes graus de estadiamento.

Conclusão:

este estudo auxilia gestores na identificação e planejamento de melhorias nas áreas e serviços.

DESCRITORES:
Neoplasia; Antineoplásicos; Cuidados de Enfermagem; Satisfação do Paciente; Serviços Públicos de Saúde

ABSTRACT

Objective:

Evaluate the satisfaction of outpatient oncology users taking antineoplastic drugs about nursing care.

Methods:

Exsectional study with a quantitative approach, carried out at the Chemotherapy Service of a university hospital located in Belém-PA - Brazil, with 200 users, from June 2019 to June 2022, through interviews and use of the Patient Satisfaction Instrument. Chi-square analysis, Pearson p-value, and chi-square analysis were applied, and the p-value ≤ 0.05 was considered.

Results:

Users reported good satisfaction in the overall average of the domains (>90%), highlighting the technical-professional domain, followed by the educational and confidence domains. The variables of clarification of medical guidelines, giving good advice, and taking the initiative after patient responses were associated with user satisfaction according to cancer topography and staff availability to those with different degrees of staging.

Conclusion:

This study assists managers in identifying and planning improvements in areas and services.

KEYWORDS:
Neoplasia; Antineoplastic Drugs; Nursing Care; Patient Satisfaction; Public Health Services

RESUMEN

Objetivo:

evaluar la satisfacción de los usuarios de oncología ambulatoria que utilizan fármacos antineoplásicos sobre los cuidados de enfermería.

Métodos:

estudio seccional con enfoque cuantitativo, realizado en el Servicio de Quimioterapia de un hospital universitario situado en Belém-PA - Brasilcon 200 usuarios en el período de junio de 2019 a junio de 2022, mediante entrevista y utilización del Instrumento de Satisfacción del Paciente. Se aplicó el análisis chi-cuadrado de Pearson y el valor p ≤0,05.

Resultados:

los usuarios declararon una buena satisfacción en la media global de los dominios (>90%), destacando el dominio técnico-profesional, seguido de los dominios educativo y de confianza. Las variables de aclaración sobre las directrices médicas, dar buenos consejos, tomar la iniciativa tras las respuestas de los pacientes se asociaron con la satisfacción de los usuarios según la topografía del cáncer y la disponibilidad del personal ante los distintos grados de estadificación.

Conclusión:

este estudio ayuda a los directivos a identificar y planificar mejoras en áreas y servicios.

DESCRIPTORES:
Neoplasia; Agentes Antineoplásicos; Cuidados de Enfermería; Satisfacción del Paciente; Servicios de Salud Pública

HIGHLIGHTS

  1. Bom índice de satisfação de usuários do ambulatório de quimioterapia antineoplásica.

  2. Satisfação dos usuários com os cuidados de enfermagem.

  3. Complexidade do cuidado fornecido aos usuários mais fragilizados.

HIGHLIGHTS

  1. Bom índice de satisfação de usuários do ambulatório de quimioterapia antineoplásica.

  2. Satisfação dos usuários com os cuidados de enfermagem.

  3. Complexidade do cuidado fornecido aos usuários mais fragilizados.

INTRODUÇÃO

O câncer manifesta-se com o crescimento anormal de células, podendo invadir órgãos distantes (metástase). Têm-se como a segunda maior causa de morte por doença no mundo11 Nascimento ASM, Nobre IC, Lima M de F de S, Arruda EF de, Volpáti NV. Childhood cancer: profile of patients assisted at the unit of high complexity in oncology (UNACON) in Rio Branco - Acre, Brazil, in the year 2017. Arq. Cienc. Saúde UNIPAR. [Internet]. 2020 [cited in in 2022 Oct. 19]; 24(1):35-39. Available in: http://doi.org/10.25110/arqsaude.v24i1.2020.6898.
http://doi.org/10.25110/arqsaude.v24i1.2...
. No Brasil, o câncer também é o principal problema de saúde pública, com estimativa de 704 mil casos novos anuais de câncer para o triênio de 2023 a 202522 National Cancer Institute (BR). Estimate 2023: incidence of cancer in Brazil / National Cancer Institute [Internet]. - Rio de Janeiro: INCA, 2022 [cited in 2023 Jan. 10]; Available in: https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files/media/document/estimativa-2023.pdf.
https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.in...
.

Dentre os tratamentos disponíveis, o uso de antineoplásicos é comum na prática clínica, porém traz toxicidades que repercutem em carga psicológica grave, aumento da pressão econômica, distúrbio autocognitivo, e autoeficácia reduzida, demandando inúmeras habilidades técnicas pelos profisisonais33 Xu H, Xu G, Liu Y, Mu X, Liu Y, Hu H. Effect of narrative nursing intervention based on targeted nursing intervention on anxiety and nursing satisfaction of patients with malignant tumors undergoing chemotherapy. J Healthc Eng. [Internet]. 2021 [cited in 2022 Dec. 22]; 30:4438446. Available in: http://doi.org/10.1155/2021/4438446.
http://doi.org/10.1155/2021/4438446...
. A experiência de tratamento é única a cada paciente e um dos principais objetivos dos profissionais de saúde é assisti-lo da melhor forma e proporcioná-lo bem-estar durante o processo terapêutico44 Rodrigues FS de S, Polidori MM. Coping and resilience of patients undergoing chemotherapy treatment and their families. Brazilian Journal of Cancerology. [Internet]. 2012 [cited in 2022 Dec. 22]; 58(4):619-27. Available in: http://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2012v58n4.564.
http://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.20...

5 Samant R, Cisa-Paré E, Balchin K, Renaud J, Bunch L, Wheatley-Price P, et al. Assessment of patient satisfaction among cancer patients undergoing radiotherapy. J Cancer Educ. [Internet]. 2022 [cited in 2022 Oct. 19]; 37(5):1296-1303. Available in: http://doi.org/10.1007/s13187-020-01950-8.
http://doi.org/10.1007/s13187-020-01950-...
-66 Silva LCA da, Signor AC, Pilati ACL, Dalfollo BR, Oliveira DR. Educational approach to cancer patients: strategies for guidance on chemotherapy treatment. Brazilian Journal of Cancerology. [Internet]. 2019 [cited in 2023 Jan. 10]; 65(1):e-06305. Available in: https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2019v65n1.305.
https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2...
. Para isso, a enfermagem deve contar com conhecimento técnico-científico, habilidades de comunicação e relacionamento interpessoal ao paciente e ao seu familiar, no sentido de suprir as necessidades referentes ao cuidado oncológico77 Ferreira GE, Dall’agnol CM, Porto AR. Repercussions of proactivity in care management: perceptions of nurses. Anna Nery School. [Internet]. 2016 [cited in 2022 Oct. 19]; 20(3). Available in: https://doi.org/10.5935/1414-8145.20160057.
https://doi.org/10.5935/1414-8145.201600...
-88 Silva L da C, Duprat IP, Correia M da S, Ramalho HTP, Lima J de A. Cancer patient satisfaction with nursing care. Rev Rene. [Internet]. 2015 [cited in 2022 Dec. 22]; 16(6):856-62. Available in: https://doi.org/10.15253/2175-6783.2015000600012.
https://doi.org/10.15253/2175-6783.20150...
.

A satisfação do paciente é uma avaliação subjetiva e individual, dependente de vários fatores e a interação com profissional de saúde tem grande impacto sobre ela. Sabe-se que a equipe de saúde pode influenciar a forma como os pacientes se sentem, enxergam a sua experiência ou podem melhorá-la. Por isso, essa métrica tem sido um importante indicador da qualidade do atendimento prestado pelos profissionais nas instituições de saúde55 Samant R, Cisa-Paré E, Balchin K, Renaud J, Bunch L, Wheatley-Price P, et al. Assessment of patient satisfaction among cancer patients undergoing radiotherapy. J Cancer Educ. [Internet]. 2022 [cited in 2022 Oct. 19]; 37(5):1296-1303. Available in: http://doi.org/10.1007/s13187-020-01950-8.
http://doi.org/10.1007/s13187-020-01950-...
,99 Selva A, López P, Puig T, Macià F, Selva C, Álvarez-Pérez Y, et al. Patient experience, satisfaction and shared decision-making in colorectal cancer screening: protocol of the mixed-methods study CyDESA. BMJ Open. [Internet]. 2022 [cited in 2022 Dec. 22]; 12(5):e057687. Available in: https://doi.org/10.1136/bmjopen-2021-057687.
https://doi.org/10.1136/bmjopen-2021-057...
.

Os aprimoramentos da qualidade dos serviços públicos oncológicos têm sido pouco abordados no Brasil, principalmente na região Norte. O Pará possui um baixo índice de cobertura da Estratégia de saúde da família (ESF), uma grande extensão territorial e um baixo IDH, fatores que reduzem as ações efetivas de prevenção ao câncer e impactam nos altos índices de casos avançados diagnosticados1010 Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) (BR). Demographic census [Internet]. 2023 [cited in 2023 Jan. 10]; Available in: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/trabalho/22827-censo-demografico-2022.html?=&t=resultados.
https://www.ibge.gov.br/estatisticas/soc...
-1111 Ministry of Health (BR). Database of the Unified Health System-DATASUS [Internet] [cited in 2023 Jan.10]. Available in: http://www.datasus.gov.br.
http://www.datasus.gov.br...
.

Embora o Projeto Expande1212 Kligerman J. The expansion of oncological assistance in Brazil. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 2000 [cited in 2023 Jan. 10]; 46(4):347-49. Available in: https://rbc.inca.gov.br/index.php/revista/article/view/2414.
https://rbc.inca.gov.br/index.php/revist...
, projeto de expansão da assistência oncológica implantado em 2000 pelo Ministério da Saúde (MS), tenha favorecido a criação de três Unidades de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (UNACON) no estado do Pará, isso ainda representa apenas 1,26% dos serviços de quimioterapia do Brasil, o que gera alta demanda de pacientes atendidos1313 National Cancer Institute (BR). Where to treat by SUS [Internet]. 2022 [cited in 2023 Jan. 10]; Available in: https://www.gov.br/inca/pt-br/assuntos/cancer/tratamento/onde-tratar-pelo-sus.
https://www.gov.br/inca/pt-br/assuntos/c...
. Por isso, o objetivo deste estudo é avaliar a satisfação do usuário oncológico em uso de antineoplásicos ambulatorial com os cuidados de enfermagem.

METODOLOGIA

Trata-se de um estudo analítico observacional, transversal com abordagem quantitativa baseado na ferramenta Strengthening the Reporting of Observational Studies in Epidemiology (STROBE)1414 Malta M, Cardoso LO, Bastos FI, Magnanini MMF, Silva CMFP da. STROBE initiative: guidelines on reporting observational studies. Rev Saúde Pública [Internet]. 2010 [cited in 2022 Dec. 22]; 44(3). Available in: https://doi.org/10.1590/S0034-89102010000300021.
https://doi.org/10.1590/S0034-8910201000...
, realizado no Serviço de Quimioterapia de um hospital universitário localizado na região norte do Brasil, habilitado pelo MS como uma UNACON. O ambulatório de quimioterapia possui seis enfermeiros e sete técnicos de enfermagem que atuam nos salões de administração de antineoplásicos, para o atendimento de uma média diária de 50 pacientes, em dois turnos de trabalho (manhã e tarde).

A amostra foi composta por usuários do Sistema Único de saúde (SUS) atendidos pela instituição, com diagnóstico de câncer histologicamente comprovado, idade ≥ 18 anos, com condições clínicas de responder aos questionamentos, com indicação de tratamento quimioterápico antineoplásico exclusivo ambulatorial em qualquer fase do tratamento. Foram excluídos participantes com terapia concomitante com radioterapia ou sem condições clínicas de responder ao questionário.

Estabeleceu-se a amostra utilizando o cálculo amostral realizado no programa Epi Info Versão 7.2.2.16, no qual foram considerados uma população finita de 430 usuários atendidos em 14 meses, considerados 95% de grau de confiança e 5% de margem de erro, chegando-se ao valor de 201 usuários. O tipo de amostragem foi não-probabilística, sendo recrutados aqueles elegíveis conforme demanda espontânea recebida no serviço. A abordagem dos participantes foi realizada de forma individual e isolada, durante a consulta de enfermagem. O participante foi abordado e incluído no estudo uma única vez.

Para a obtenção dos dados, foi utilizado um formulário que incluía dados sociodemográficos, antecedentes pessoais e o Instrumento de Satisfação do Paciente (ISP) desenvolvido por Risser, Hinshaw e Atwood, com tradução e validação do português brasileiro por Oliveira. O ISP tem como objetivo mensurar a satisfação dos pacientes com os cuidados de enfermagem prestados1515 Oliveira AML de. Patient satisfaction with nursing care: cultural adaptation and validation of the Patient Satisfaction Instrument [Dissertation]. Campinas (SP): Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas; 2004. [cited in 2022 Dec. 22]; Available in: https://doi.org/10.47749/T/UNICAMP.2004.334815.
https://doi.org/10.47749/T/UNICAMP.2004....
-1616 Santos MA dos, Sardinha AH de L, Santos LN dos. User satisfaction with the care of nurses. Rev Gaúcha Enferm. [Internet]. 2017 [cited in 2022 Dec. 22]; 2(3): 56-62. Available in: http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2017.01.57506.
http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2017...
17 Ministry of Health (BR). National Health Council. Guidelines and regulatory norms for research involving human beings. Resolution n. 466, Dec. 12, 2012. Diário Oficial da União. Brasil [Internet]. Brasília; 2012 [cited in 22 Dez 2022]; Available in: https://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf
https://conselho.saude.gov.br/resolucoes...
. O formulário foi elucidado e aplicado por acadêmicos do curso de bacharelado em Enfermagem da Universidade Federal do Pará (UFPA).

O ISP é composto por 25 itens agrupados em três domínios: habilidade técnica-profissional, com sete itens (12, 13, 15, 16, 18, 20, 25) que avaliam a competência da equipe para o desempenho de atividades técnicas e o conhecimento baseado nas necessidades para se completar as tarefas do cuidado; confiança, que contém 11 itens (1, 3, 4, 5, 6, 9, 10, 14, 19, 22, 23) que avaliam as características da equipe que permitem uma interação construtiva e confortável com o paciente e os aspectos de uma comunicação; educacional, construído por sete itens (2, 7, 8, 11, 17, 21, 24) referentes à habilidade da equipe em fornecer informações para os pacientes, e que incluem as respostas da equipe aos questionamentos dos pacientes, suas explicações sobre o cuidado e demonstração de técnicas. Optou-se pelo uso desse Instrumento devido a prévia validação no Brasil, bem como pela facilidade de aplicação1616 Santos MA dos, Sardinha AH de L, Santos LN dos. User satisfaction with the care of nurses. Rev Gaúcha Enferm. [Internet]. 2017 [cited in 2022 Dec. 22]; 2(3): 56-62. Available in: http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2017.01.57506.
http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2017...
.

Esse instrumento possui perguntas diretas e indiretas e as opções de respostas foram representadas numa escala de medida do tipo Likert, com cinco alternativas que variam de “concordo totalmente” para “discordo totalmente”, tendo uma alternativa neutra que foi excluída da análise. Desta forma, quanto maior a pontuação, maior o nível de satisfação1515 Oliveira AML de. Patient satisfaction with nursing care: cultural adaptation and validation of the Patient Satisfaction Instrument [Dissertation]. Campinas (SP): Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas; 2004. [cited in 2022 Dec. 22]; Available in: https://doi.org/10.47749/T/UNICAMP.2004.334815.
https://doi.org/10.47749/T/UNICAMP.2004....
-1616 Santos MA dos, Sardinha AH de L, Santos LN dos. User satisfaction with the care of nurses. Rev Gaúcha Enferm. [Internet]. 2017 [cited in 2022 Dec. 22]; 2(3): 56-62. Available in: http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2017.01.57506.
http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2017...
.

A principal hipótese do estudo foi avaliar a correlação entre a satisfação do usuário e o serviço de enfermagem no ambulatório quimioterápico. Foram consideradas como variáveis independentes os dados sociodemográficos, clínicos e patológicos, enquanto a satisfação foi considerada como variável dependente.

Os dados foram coletados inicialmente para armazenamento em uma planilha eletrônica por dupla checagem no software Microsoft Excel®, versão 2019. Posteriormente, foram compilados para análise no software estatístico Statistical Package for Social Sciences (SPSS), versão 25.0.

A análise de dados foi feita com uso de categorias descritivas, as quais foram organizadas previamente segundo os objetivos propostos. Foram realizadas análises descritivas das características sociodemográfica, epidemiológica e clínicas dos participantes por meio de medidas de tendência central (média) e dispersão (desvio-padrão) para variáveis quantitativas. As variáveis categóricas foram descritas por meio de frequências e porcentagens.

As respostas do ISP foram agrupadas em dois domínios: “Concordo” e “Não concordo” para diminuir o número de variáveis e aumentar o poder estatístico. Cada item tinha pontuação mínima de zero e máxima de 200, referente ao número de usuários. A pontuação média para satisfação foi calculada conforme as respostas favoráveis à satisfação do participante em cada item e domínio.

O teste de qui-quadrado de Pearson foi utilizado para as análises de associação entre duas variáveis categóricas independentes. Para todos os testes estatísticos foi considerado probabilidade (p-valor) significativa quando ≤ 0,05.

Este estudo foi aprovado com parecer de número 3.234.913 pelo Núcleo de Pesquisa em Oncologia da UFPA.

RESULTADOS

Participaram deste estudo 200 usuários e houve a perda de um (1) participante por desistência. A Tabela 1 exibe o perfil dos participantes que foi composto por mulheres 145 (72,5%) abaixo de 60 anos 145 (72,5%), pardos 145 (72,5%), casados/união estável 139 (69,5%), baixa escolaridade 96 (48%). Quanto ao tipo de câncer têm-se: mama 83 (41,5%), seguido do aparelho digestório 77 (38,5), reprodutor 18 (9%), outros 13 (11%) em estádio I 68 (34%). Como resultado da Média do número de ciclos de quimioterapia já realizados 2,37±4,71, bem como Tempo de tratamento (meses): 6,22±7,11.

Tabela 1
Perfil sociodemográfico e clínico dos participantes. Belém, PA, Brasil, 2023

Na Tabela 2, é representada a satisfação dos pacientes por item de pesquisa para melhor visualização do nível de concordância/discordância entre as questões da pesquisa, no qual pode verificar-se uma média elevada de satisfação dos domínios (>90%), destacando a satisfação relacionada ao domínio técnico-profissional (97,57%), seguido do domínio educacional (91,57%) e confiança (90,36%). Variáveis sem respostas foram excluídas da análise. Cada paciente corresponde a um ponto, contou-se as perguntas com respostas positivas como satisfatórias.

Tabela 2
Satisfação dos pacientes por item de pesquisa e agrupados em três domínios. Belém, PA, Brasil, 2023

A Tabela 3 mostra a satisfação dos participantes em relação aos cuidados de enfermagem prestados de acordo com a topografia do câncer em tratamento no momento da pesquisa. Cada valor demonstrado na tabela configuram as respostas de Concordo e Discordo, respectivamente, conforme a topografia do câncer do participante e o p-valor.

Tabela 3
Satisfação dos participantes em relação aos cuidados de enfermagem prestados de acordo com a topografia do câncer. Belém, PA, Brasil, 2023

No âmbito da satisfação dos pacientes de acordo com o estadiamento tumoral (TNM) foi demonstrado os dados na Tabela 4, houve significância estatística no item 10 que diz respeito ao tempo que a equipe de enfermagem dispensa para conversar com o paciente, cuja maior predominância foi entre estádio inicial e avançado, respectivamente.

Tabela 4
Satisfação dos participantes em relação aos cuidados de enfermagem prestados de acordo com o estadiamento tumoral (TNM). Belém, PA, Brasil, 2023

DISCUSSÃO

Na amostra do estudo houve predominância do sexo feminino, casados/união estável, com pouca escolaridade e diagnóstico de neoplasia de mama. Esses achados corroboram com o cenário do câncer no país, no qual o perfil apresentado para as mulheres mostra a predominância do câncer de mama feminina em todas as Regiões geográficas. O fator de risco mais importante é a idade acima de 50 anos. Outros fatores de risco estão associados a condições hormonais e reprodutivas, como nuliparidade, gravidez tardia, menor período de amamentação; de comportamento, como obesidade, ingestão de bebidas alcoólicas, inatividade física; ocupacionais, como trabalho noturno e as radiações, por exemplo raios X e gama; além de condições genéticas e hereditárias (de 5 a 10% dos casos)22 National Cancer Institute (BR). Estimate 2023: incidence of cancer in Brazil / National Cancer Institute [Internet]. - Rio de Janeiro: INCA, 2022 [cited in 2023 Jan. 10]; Available in: https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files/media/document/estimativa-2023.pdf.
https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.in...
. Em comparação entre os níveis de satisfação e o perfil dos participantes, não foram identificadas diferenças estatísticas em relação ao nível de escolaridade. Não obstante, uma pesquisa desenvolvida em um hospital público de referência para tratamento de doenças cardiopulmonares em Fortaleza-CE, identificou que pacientes com mais alto nível de escolaridade possuíam elevado nível de satisfação com os cuidados de Enfermagem, em comparação aos que denotavam baixo nível de escolar1818 Oliveira RB, Pereira MM, Feitosa PG, Lima AS, Brito YCF, Leitão IMTA, et al. Patient satisfaction with the nursing care: what dimensions predominate? Enferm Foco. [Internet]. 2014 [cited in 2022 Oct. 19]; 5(3/4):70-4. Available in: http://revista.portalcofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/562.
http://revista.portalcofen.gov.br/index....
. A baixa escolaridade instiga o comportamento do usuário do sistema de saúde que reflete nos hábitos cotidianos e de saúde no âmbito individual e no cunho de nível federal e influencia no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Nos países com alto IDH, o impacto nas taxas de incidência e mortalidade por câncer é observado em ações preventivas, detecção precoce e tratamento. Em contrapartida, nos países em desenvolvimento, essas taxas seguem aumentando ou mantendo-se estáveis. O desafio desses países é, portanto, utilizar melhor os recursos e os esforços para tornar mais efetivo o controle do câncer22 National Cancer Institute (BR). Estimate 2023: incidence of cancer in Brazil / National Cancer Institute [Internet]. - Rio de Janeiro: INCA, 2022 [cited in 2023 Jan. 10]; Available in: https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files/media/document/estimativa-2023.pdf.
https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.in...
.

Ao analisar a satisfação dos usuários pelos domínios do ISP, identifica-se um bom índice de satisfação. Resultados semelhantes foram encontrados em uma pesquisa realizada no Maranhão com 365 usuários diagnosticados com câncer, que tinha como objetivo avaliar a satisfação dos idosos que recebem tratamento contra o câncer acerca dos cuidados de enfermagem durante a hospitalização1919 Alencar LCR, Sardinha AHL. Satisfaction of elderly people under cancer treatment with nursing care in hospitalization. Cienc. enferm [Internet]. 2020 [cited in 2022 Oct. 19]; 26:25. Available in: http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-95532020000100218&lng=es.
http://www.scielo.cl/scielo.php?script=s...
. Esses resultados também coincidem com uma pesquisa realizada no estado de Minas Gerais, na qual os pacientes internados em um hospital de referência em média e alta complexidade, relataram satisfação com os cuidados de enfermagem recebidos, avaliado pelo mesmo instrumento aplicado em nosso estudo2020 Ferreira PH da C, Guedes H, Moreira SA, Baracho V da S, Caldeira ABR, Guedes C de F, et al. External customer satisfaction as to nursing care. Rev Min Enferm. [Internet]. 2016 [cited in 2022 Oct 19]; 20(1):e975. Available in: https://doi.org/10.5935/1415-2762.20160045.
https://doi.org/10.5935/1415-2762.201600...
. Verificou-se também que houve um bom índice de satisfação dos usuários com os cuidados dos enfermeiros em pesquisa desenvolvida na Clínica Médica de um Hospital Universitário1616 Santos MA dos, Sardinha AH de L, Santos LN dos. User satisfaction with the care of nurses. Rev Gaúcha Enferm. [Internet]. 2017 [cited in 2022 Dec. 22]; 2(3): 56-62. Available in: http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2017.01.57506.
http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2017...
.

A satisfação dos pacientes pode ser influenciada por diversos fatores, tais como: ter que submeterem-se as normas e rotinas hospitalares, acostumarem-se ao ambiente, os anseios positivos e negativos desenvolvidos pelo paciente, as dificuldades em lidar com o diagnóstico de câncer, expectativas e desesperanças quanto ao tratamento e prognóstico da doença. Esses fatores estão diretamente relacionados aos sentimentos do paciente e a forma de enfrentar o tratamento2222 Tres DP, Oliveira JLC, Vituri DW, Alves SR, Rigo D de FH, Nicola AL. Quality of care and patient safety: assessment based on indicators. Cogitare Enferm. [Internet]. 2016 [cited in 2023 Feb. 10]; 21(esp):01-08. Available in: https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/44938.
https://revistas.ufpr.br/cogitare/articl...
.

O convívio com os profissionais envolvidos no atendimento e aspectos relacionados aos serviços como o acesso, a limpeza, a organização, a estrutura física e organizacional, também podem interferir na satisfação dos pacientes. Acredita-se que a satisfação esteja diretamente relacionada às expectativas dos pacientes sobre o atendimento2121 Baracho VS, Caldeira ABR, Guedes CF, Ferreira PHC, Guedes HM, Ribeiro LCC. View of external clients on the satisfaction of hospital nursing services: interpersonal approach. Rev Gest Saúde. [Internet]. 2016 [cited in 2023 Feb. 10]; 07(02):608-22. Available in: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=5555891.
https://dialnet.unirioja.es/servlet/arti...
.

Os resultados do estudo mostram que a avaliação do paciente sobre a assistência da equipe de enfermagem baseia-se não somente nos procedimentos técnicos, incluindo os momentos que reverberam confiança ou empatia por parte do profissional, na realização da assistência. A valorização do cuidado expressivo pode ser avaliada de forma diferente pelas pessoas, pois este fator é relacionado à singularidade pessoal. Cabe dizer que, “ser bem cuidado” representa ser atencioso para com os outros, porém o cuidado técnico não está dissociado do cuidado expressivo2222 Tres DP, Oliveira JLC, Vituri DW, Alves SR, Rigo D de FH, Nicola AL. Quality of care and patient safety: assessment based on indicators. Cogitare Enferm. [Internet]. 2016 [cited in 2023 Feb. 10]; 21(esp):01-08. Available in: https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/44938.
https://revistas.ufpr.br/cogitare/articl...
.

Com relação ao domínio técnico-profissional, as duas situações que obtiveram p-valores foram: “A equipe faz questão de me mostrar como seguir as orientações médicas” e “A equipe dá bons conselhos”. Observa-se os aspectos da assistência prestada que são analisados nessa categoria: capacidade de organização, habilidades profissionais, capacidade de compreender as patologias e os tratamentos e domínio de conhecimento técnico-científico. Denota que os participantes acreditam no conhecimento técnico-científico dos profissionais responsáveis pelo atendimento, depositando boa satisfação à capacidade técnica da equipe1919 Alencar LCR, Sardinha AHL. Satisfaction of elderly people under cancer treatment with nursing care in hospitalization. Cienc. enferm [Internet]. 2020 [cited in 2022 Oct. 19]; 26:25. Available in: http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-95532020000100218&lng=es.
http://www.scielo.cl/scielo.php?script=s...
.

Uma pesquisa no Maranhão evidenciou que os tópicos que obtiveram as maiores médias no domínio técnico-profissional, foram: “o enfermeiro (a) faz questão de me mostrar como seguir as orientações médicas”1616 Santos MA dos, Sardinha AH de L, Santos LN dos. User satisfaction with the care of nurses. Rev Gaúcha Enferm. [Internet]. 2017 [cited in 2022 Dec. 22]; 2(3): 56-62. Available in: http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2017.01.57506.
http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2017...
. Já em estudo realizado em Minas Gerais identificou-se, no domínio profissional, duas avaliações com maior média: “o enfermeiro dá bons conselhos” e “é sempre fácil entender o que o enfermeiro está dizendo”, em consonância com o nosso estudo2020 Ferreira PH da C, Guedes H, Moreira SA, Baracho V da S, Caldeira ABR, Guedes C de F, et al. External customer satisfaction as to nursing care. Rev Min Enferm. [Internet]. 2016 [cited in 2022 Oct 19]; 20(1):e975. Available in: https://doi.org/10.5935/1415-2762.20160045.
https://doi.org/10.5935/1415-2762.201600...
.

Desse modo, a competência técnica influencia na satisfação do usuário, assim como a habilidade, o ensino sobre o cuidado, a prestação da assistência em tempo hábil e o respeito às necessidades do paciente. Logo, o papel da equipe no processo de cuidar estabelece uma relação de confiança, segurança, compromisso e respeito2323 Mrayyan MT. Jordanian nurses job satisfaction, patients satisfaction and quality of nursing care. Int Nurs Rev. [Internet]. 2006 [cited in 2023 Feb. 10]; 53(3):224-30. Available in: https://doi.org/10.1111/j.1466-7657.2006.00439.x.
https://doi.org/10.1111/j.1466-7657.2006...
.

O adequado relacionamento interpessoal entre a equipe e o paciente permite propiciar a identificação das necessidades de cuidados, o esclarecimento dos possíveis efeitos do tratamento e a maneira de administrá-los, contribuindo para diminuir a ansiedade e aumentar a adesão às terapias. Ressalta-se que a equipe precisa desenvolver sua habilidade em comunicação, lembrar que a tecnologia faz-se importante quando relevado o aspecto humano e que o bom relacionamento entre cliente e prestador de serviço é um diferencial na qualidade da assistência1919 Alencar LCR, Sardinha AHL. Satisfaction of elderly people under cancer treatment with nursing care in hospitalization. Cienc. enferm [Internet]. 2020 [cited in 2022 Oct. 19]; 26:25. Available in: http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-95532020000100218&lng=es.
http://www.scielo.cl/scielo.php?script=s...
.

Como limitação deste estudo, cita-se a dificuldade de alguns usuários em identificar cada profissional dentro da equipe de enfermagem e a coleta de dados reduzida, devido ao lockdown pela epidemia de COVID-19. É possível haver algum viés de resposta pelo receio das respostas influenciarem o atendimento da equipe de saúde local aos pacientes, que foram questionados sobre a satisfação do atendimento enquanto ainda utilizavam o sistema de saúde.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Evidenciou-se um bom índice de satisfação dos usuários com os cuidados prestados pela equipe de enfermagem de um ambulatório de quimioterapia antineoplásica em uma Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia. Houve associação da satisfação dos usuários com os domínios de habilidades técnicas da equipe, seguida de habilidade educacional e confiança nas variáveis de topografia do câncer e estadiamento tumoral.

É relevante avaliar a satisfação do usuário a fim de aprimorar a qualidade do serviço referente às habilidades técnicas, educacionais e relação interpessoal (confiança) todas relevantes no acolhimento e bem-estar desse tipo de usuário.

No âmbito da Educação, este estudo motiva o desenvolvimento de novas pesquisas científicas sobre a gestão do cuidado ao paciente oncológico. Na entente assistência, pesquisas com ênfase na satisfação em relação aos cuidados de saúde podem engendrar a identificação e planejamento de melhorias nas áreas e serviços por parte dos gestores, contribuindo para o aumento da qualidade nos atendimentos.

REFERÊNCIAS

  • 1
    Nascimento ASM, Nobre IC, Lima M de F de S, Arruda EF de, Volpáti NV. Childhood cancer: profile of patients assisted at the unit of high complexity in oncology (UNACON) in Rio Branco - Acre, Brazil, in the year 2017. Arq. Cienc. Saúde UNIPAR. [Internet]. 2020 [cited in in 2022 Oct. 19]; 24(1):35-39. Available in: http://doi.org/10.25110/arqsaude.v24i1.2020.6898
    » http://doi.org/10.25110/arqsaude.v24i1.2020.6898
  • 2
    National Cancer Institute (BR). Estimate 2023: incidence of cancer in Brazil / National Cancer Institute [Internet]. - Rio de Janeiro: INCA, 2022 [cited in 2023 Jan. 10]; Available in: https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files/media/document/estimativa-2023.pdf
    » https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files/media/document/estimativa-2023.pdf
  • 3
    Xu H, Xu G, Liu Y, Mu X, Liu Y, Hu H. Effect of narrative nursing intervention based on targeted nursing intervention on anxiety and nursing satisfaction of patients with malignant tumors undergoing chemotherapy. J Healthc Eng. [Internet]. 2021 [cited in 2022 Dec. 22]; 30:4438446. Available in: http://doi.org/10.1155/2021/4438446
    » http://doi.org/10.1155/2021/4438446
  • 4
    Rodrigues FS de S, Polidori MM. Coping and resilience of patients undergoing chemotherapy treatment and their families. Brazilian Journal of Cancerology. [Internet]. 2012 [cited in 2022 Dec. 22]; 58(4):619-27. Available in: http://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2012v58n4.564
    » http://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2012v58n4.564
  • 5
    Samant R, Cisa-Paré E, Balchin K, Renaud J, Bunch L, Wheatley-Price P, et al. Assessment of patient satisfaction among cancer patients undergoing radiotherapy. J Cancer Educ. [Internet]. 2022 [cited in 2022 Oct. 19]; 37(5):1296-1303. Available in: http://doi.org/10.1007/s13187-020-01950-8
    » http://doi.org/10.1007/s13187-020-01950-8
  • 6
    Silva LCA da, Signor AC, Pilati ACL, Dalfollo BR, Oliveira DR. Educational approach to cancer patients: strategies for guidance on chemotherapy treatment. Brazilian Journal of Cancerology. [Internet]. 2019 [cited in 2023 Jan. 10]; 65(1):e-06305. Available in: https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2019v65n1.305
    » https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2019v65n1.305
  • 7
    Ferreira GE, Dall’agnol CM, Porto AR. Repercussions of proactivity in care management: perceptions of nurses. Anna Nery School. [Internet]. 2016 [cited in 2022 Oct. 19]; 20(3). Available in: https://doi.org/10.5935/1414-8145.20160057
    » https://doi.org/10.5935/1414-8145.20160057
  • 8
    Silva L da C, Duprat IP, Correia M da S, Ramalho HTP, Lima J de A. Cancer patient satisfaction with nursing care. Rev Rene. [Internet]. 2015 [cited in 2022 Dec. 22]; 16(6):856-62. Available in: https://doi.org/10.15253/2175-6783.2015000600012
    » https://doi.org/10.15253/2175-6783.2015000600012
  • 9
    Selva A, López P, Puig T, Macià F, Selva C, Álvarez-Pérez Y, et al. Patient experience, satisfaction and shared decision-making in colorectal cancer screening: protocol of the mixed-methods study CyDESA. BMJ Open. [Internet]. 2022 [cited in 2022 Dec. 22]; 12(5):e057687. Available in: https://doi.org/10.1136/bmjopen-2021-057687
    » https://doi.org/10.1136/bmjopen-2021-057687
  • 10
    Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) (BR). Demographic census [Internet]. 2023 [cited in 2023 Jan. 10]; Available in: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/trabalho/22827-censo-demografico-2022.html?=&t=resultados
    » https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/trabalho/22827-censo-demografico-2022.html?=&t=resultados
  • 11
    Ministry of Health (BR). Database of the Unified Health System-DATASUS [Internet] [cited in 2023 Jan.10]. Available in: http://www.datasus.gov.br
    » http://www.datasus.gov.br
  • 12
    Kligerman J. The expansion of oncological assistance in Brazil. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 2000 [cited in 2023 Jan. 10]; 46(4):347-49. Available in: https://rbc.inca.gov.br/index.php/revista/article/view/2414
    » https://rbc.inca.gov.br/index.php/revista/article/view/2414
  • 13
    National Cancer Institute (BR). Where to treat by SUS [Internet]. 2022 [cited in 2023 Jan. 10]; Available in: https://www.gov.br/inca/pt-br/assuntos/cancer/tratamento/onde-tratar-pelo-sus
    » https://www.gov.br/inca/pt-br/assuntos/cancer/tratamento/onde-tratar-pelo-sus
  • 14
    Malta M, Cardoso LO, Bastos FI, Magnanini MMF, Silva CMFP da. STROBE initiative: guidelines on reporting observational studies. Rev Saúde Pública [Internet]. 2010 [cited in 2022 Dec. 22]; 44(3). Available in: https://doi.org/10.1590/S0034-89102010000300021
    » https://doi.org/10.1590/S0034-89102010000300021
  • 15
    Oliveira AML de. Patient satisfaction with nursing care: cultural adaptation and validation of the Patient Satisfaction Instrument [Dissertation]. Campinas (SP): Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas; 2004. [cited in 2022 Dec. 22]; Available in: https://doi.org/10.47749/T/UNICAMP.2004.334815
    » https://doi.org/10.47749/T/UNICAMP.2004.334815
  • 16
    Santos MA dos, Sardinha AH de L, Santos LN dos. User satisfaction with the care of nurses. Rev Gaúcha Enferm. [Internet]. 2017 [cited in 2022 Dec. 22]; 2(3): 56-62. Available in: http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2017.01.57506
    » http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2017.01.57506
  • 17
    Ministry of Health (BR). National Health Council. Guidelines and regulatory norms for research involving human beings. Resolution n. 466, Dec. 12, 2012. Diário Oficial da União. Brasil [Internet]. Brasília; 2012 [cited in 22 Dez 2022]; Available in: https://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf
    » https://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf
  • 18
    Oliveira RB, Pereira MM, Feitosa PG, Lima AS, Brito YCF, Leitão IMTA, et al. Patient satisfaction with the nursing care: what dimensions predominate? Enferm Foco. [Internet]. 2014 [cited in 2022 Oct. 19]; 5(3/4):70-4. Available in: http://revista.portalcofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/562
    » http://revista.portalcofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/562
  • 19
    Alencar LCR, Sardinha AHL. Satisfaction of elderly people under cancer treatment with nursing care in hospitalization. Cienc. enferm [Internet]. 2020 [cited in 2022 Oct. 19]; 26:25. Available in: http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-95532020000100218&lng=es
    » http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-95532020000100218&lng=es
  • 20
    Ferreira PH da C, Guedes H, Moreira SA, Baracho V da S, Caldeira ABR, Guedes C de F, et al. External customer satisfaction as to nursing care. Rev Min Enferm. [Internet]. 2016 [cited in 2022 Oct 19]; 20(1):e975. Available in: https://doi.org/10.5935/1415-2762.20160045
    » https://doi.org/10.5935/1415-2762.20160045
  • 21
    Baracho VS, Caldeira ABR, Guedes CF, Ferreira PHC, Guedes HM, Ribeiro LCC. View of external clients on the satisfaction of hospital nursing services: interpersonal approach. Rev Gest Saúde. [Internet]. 2016 [cited in 2023 Feb. 10]; 07(02):608-22. Available in: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=5555891
    » https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=5555891
  • 22
    Tres DP, Oliveira JLC, Vituri DW, Alves SR, Rigo D de FH, Nicola AL. Quality of care and patient safety: assessment based on indicators. Cogitare Enferm. [Internet]. 2016 [cited in 2023 Feb. 10]; 21(esp):01-08. Available in: https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/44938
    » https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/44938
  • 23
    Mrayyan MT. Jordanian nurses job satisfaction, patients satisfaction and quality of nursing care. Int Nurs Rev. [Internet]. 2006 [cited in 2023 Feb. 10]; 53(3):224-30. Available in: https://doi.org/10.1111/j.1466-7657.2006.00439.x
    » https://doi.org/10.1111/j.1466-7657.2006.00439.x

Editado por

Editora associada:

Dra. Luciana Kalinke

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    25 Set 2023
  • Data do Fascículo
    2023

Histórico

  • Recebido
    26 Fev 2023
  • Aceito
    08 Maio 2023
Universidade Federal do Paraná Av. Prefeito Lothário Meissner, 632, Cep: 80210-170, Brasil - Paraná / Curitiba, Tel: +55 (41) 3361-3755 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: cogitare@ufpr.br