DISTRIBUIÇÃO DAS POSTURAS, DE LARVAS E DE INIMIGOS NATURAIS DE Oncideres impluviata (Germar, 1824) (Col., Cerambycidae) 1 1 Trabalho apresentado no XVIII Congresso Brasileiro de Zoologia. Salvador - BA, fevereiro de 1991.

THE DISTRIBUTION OF POSTURES, LARVAE AND NATURAL ENEMIES OF Oncideres impluviata (Germar, 1824) (Col.; Cerambycidae)

Ervandil C. Costa Dionisio Link José H. Pedrosa-Macedo Sobre os autores

RESUMO

Com o objetivo de verificar a distribuição, independentemente do efeito de cada componente, contaram-se posturas, larvas sadias, predadas ou parasitadas de Oncideres impluviata em galhos de bracatinga (Mimosa scabrella Benth.). O levantamento foi realizado no período de 1984/85, em Almirante Tamandaré - Paraná. Para o estudo da distribuição das larvas de inimigos naturais, foi medida a distância da base do galho até o ponto no qual se encontrava cada larva sadia ou parasitada, galeria vazia ou predador. Os resultados demonstraram que as larvas se concentram a partir dos 10,0 cm do ponto base do galho, estendendo-se até 40,0 cm, com uma concentração máxima entre 10,0 e 20,0 cm. Os predadores e parasitos apresentam uma concentração não coincidente, sendo que os parasitos concentram-se entre 20,0 e 30,0 cm e os predadores entre 10,0 e 20,0 cm a partir da base. Pelos resultados obtidos, conclui-se que as larvas se estabelecem em uma posição na qual encontram as melhores condições de sobrevivência, ao passo que os parasitos e predadores estão na dependência das condições intrínsecas de cada espécie, em função das condições ideais da fase de desenvolvimento do hospedeiro ou presa.

Palavras-chave:
serrador; biologia; inimigos naturais; bracatinga

Universidade Federal de Santa Maria Av. Roraima, 1.000, 97105-900 Santa Maria RS Brasil, Tel. : (55 55)3220-8444 r.37, Fax: (55 55)3220-8444 r.22 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciaflorestal@ufsm.br