OCORRÊNCIA DO AGENTE FÚNGICO Pestalotia dichaeta Speg. EM POVOAMENTOS DE Eucalyptus spp.

OCCORENCE OF THE FUNGAL AGENT Pestalotia dishaeta Speg. IN YOUNG POPULATIONS OF Eucalyptus spp.

Odilson dos Santos Oliveira Zaida Inês Antoliolli Ana Beatriz Zago de Moraes Sobre os autores

RESUMO

No laboratório de Fitopatologia da UFSM, foi isolado e identificado o patógeno Pestalotia dichaeta Speg., oriundo de plantas atacadas das espécies Eucalyptus dunnii Malden., E. viminalis Labiil. e E. nitens Maiden., coletados em Canoinhas - SC. Para confirmação do agente causal, mudas sadias de E. viminalis Labiil., com 60 cm de altura, foram inoculadas com uma solução de esporos do agente isolado e, após algumas semanas, folhas e ramos destas foram isolados, confirmando-se a identificação do agente. Trata-se de um fungo não agressivo, pois o plantio atacado, após alguns meses, recuperava-se rapidamente.

Palavras-chave:
esporo; isolamento; cultura; patógeno; fungo

Universidade Federal de Santa Maria Av. Roraima, 1.000, 97105-900 Santa Maria RS Brasil, Tel. : (55 55)3220-8444 r.37, Fax: (55 55)3220-8444 r.22 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciaflorestal@ufsm.br