Bioecologia de Oncideres cervina (Coleoptera: Cerambycidae) em Canela-Guaicá (Ocotea puberula: Lauraceae) na região central do Rio Grande do Sul, Brasil

Bioecology of Oncideres cervina (Coleoptera: Cerambycidae) in Canela Guaicá (Ocotea puberula: Lauraceae) in the central region of Rio Grande do Sul State, Brazil

Leopoldo Witeck Neto Dionísio Link Mauricio Paulo Batistella Pasini Sobre os autores

O conhecimento da entomofauna dos ecossistemas florestais tem sua importância no que se refere aos danos provocados pelos seus diferentes segmentos. Estudou-se a bioecologia do serrador Oncideres cervina (Coleoptera: Cerambycidae), em Ocotea puberula (Lauraceae), na região central do estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Em 49 galhos cortados foram analisados a frequência de corte, o diâmetro de galhos no corte e secções, comprimento de galhos, frequência de incisões de postura, emergência de adultos, tamanho do orifício de saída, comprimento e volume da galeria larval desta espécie. O período de corte de galhos se estende de fevereiro a março e esta espécie se enquadra como cortadora de galhos grossos. O número de incisões de postura é variável, porém, a maior concentração é encontrada nas secções de 20 a 40 cm a partir do corte, com valor médio de 11 incisões. Duzentos adultos emergiram de 27 galhos, com pico de emergência na primeira quinzena de dezembro. Para completar o seu desenvolvimento, esta espécie requer menor volume de madeira se comparada a outras espécies de serrador.

diâmetro dos galhos cortados; incisões de oviposição; período de emergência; serrador


Universidade Federal de Santa Maria Av. Roraima, 1.000, 97105-900 Santa Maria RS Brasil, Tel. : (55 55)3220-8444 r.37, Fax: (55 55)3220-8444 r.22 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciaflorestal@ufsm.br