Accessibility / Report Error

Hume: ceticismo e demarcação

Resumos

Propomo-nos a mostrar que, ao contrário do que supõe o senso comum, é possível separar o problema da cientificidade do problema da verdade, ou seja, podem-se estabelecer critérios de acordo com os quais um conhecimento é legítimo, embora não se possa nunca saber se ele ou qualquer outro é verdadeiro; pode-se, ainda, aplicar esses mesmos critérios para identificar e desqualificar pseudoconhecimentos. Para tratar dessa temática familiar à Filosofia da Ciência, tomamos como exemplo um pensador que lhe é precursor, o filósofo empirista do século XVIII, David Hume.

Demarcação; ciência; metafísica; empirismo; ceticismo


We intend to show that, on the contrary to what the common sense presumes, it is possible to separate the problem of the science nature from the problem of truth, that is, one can establish criteria according to which a knowledge is legal, although one can never know wether it, or another, is true, and apply the same criteria to identify and disqualify pseudo-knowledge. In order to deal with this question, familiar to the Philosophy of Science, we took as an example a thinker who is a predecessor, the empiricist philosopher of the XVIII century, David Hume.

Demarcation; science; metaphysics; empiricism; cepticism


ARTIGOS

Hume: ceticismo e demarcação

Jonas Gonçalves Coelho

Professor Assistente Doutor do Departamento de Ciências Humanas da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação/UNESP - Campus Bauru (e-mail: jonas@omnicom.com.br)

RESUMO

Propomo-nos a mostrar que, ao contrário do que supõe o senso comum, é possível separar o problema da cientificidade do problema da verdade, ou seja, podem-se estabelecer critérios de acordo com os quais um conhecimento é legítimo, embora não se possa nunca saber se ele ou qualquer outro é verdadeiro; pode-se, ainda, aplicar esses mesmos critérios para identificar e desqualificar pseudoconhecimentos. Para tratar dessa temática familiar à Filosofia da Ciência, tomamos como exemplo um pensador que lhe é precursor, o filósofo empirista do século XVIII, David Hume.

Unitermos: Demarcação; ciência; metafísica; empirismo; ceticismo.

ABSTRACT

We intend to show that, on the contrary to what the common sense presumes, it is possible to separate the problem of the science nature from the problem of truth, that is, one can establish criteria according to which a knowledge is legal, although one can never know wether it, or another, is true, and apply the same criteria to identify and disqualify pseudo-knowledge. In order to deal with this question, familiar to the Philosophy of Science, we took as an example a thinker who is a predecessor, the empiricist philosopher of the XVIII century, David Hume.

Keywords: Demarcation; science; metaphysics; empiricism; cepticism.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

1 Trataremos apenas dos aspectos do ceticismo de Hume que servem para os fins do presente trabalho.

2 Essa exposição se restringe à análise que Hume faz das ciências empíricas, ou seja, aquelas que envolvem o que o filósofo denomina de "questões de fato". Desse modo, não trataremos daquelas áreas que estão no campo das"relações de idéias", como é o caso da Matemática.

  • HUME, D. Investigação acerca do entendimento humano. In: Os Pensadores. São Paulo, Nova Cultural, 1989.
  • _________. Tratado de la natureza humana. Buenos Aires, Hyspamerica Ediciones Argentinas, 1984.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    06 Fev 2012
  • Data do Fascículo
    2000
Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru. Av. Engenheiro Luiz Edmundo Carrijo Coube, 14-01, Campus Universitário - Vargem Limpa CEP 17033-360 Bauru - SP/ Brasil , Tel./Fax: (55 14) 3103 6177 - Bauru - SP - Brazil
E-mail: revista@fc.unesp.br