Accessibility / Report Error

Pressupostos epistemológicos que balizam a Situação de Estudo: algumas implicações ao processo de ensino e à formação docente

Epistemological assumptions that underlie Situation Study: some implications for teaching and teacher training

Frente às propostas de ensino baseadas em temas que sinalizam reconfiguração curricular, objetiva-se identificar e apresentar pressupostos epistemológicos presentes na Situação de Estudo (SE), bem como destacar implicações destes no ensino e na formação docente. A pesquisa é de natureza qualitativa, desenvolvida mediante a análise de textos publicados que referenciam a SE, e de uma entrevista semiestruturada realizada com um professor idealizador da proposta. A análise dos materiais permite inferir que o principal referencial epistemológico da SE é o bachelardiano, e, no âmbito educacional, o vigotskiano. Contudo, assumir esses referenciais implica construir programas escolares que considerem aspectos do cotidiano do estudante para que, nas interações assimetricamente estabelecidas sobre o objeto em estudo, possa apropriar-se do conhecimento historicamente produzido. Para isso, sinaliza-se a necessidade de discussões de cunho epistemológico na formação docente, para além dos educacionais, para que se desenvolva um ensino mais coerente com as Ciências e significativo aos estudantes.

Situação de estudo; Epistemologia; Ensino de Ciências; Formação de professores


Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru. Av. Engenheiro Luiz Edmundo Carrijo Coube, 14-01, Campus Universitário - Vargem Limpa CEP 17033-360 Bauru - SP/ Brasil , Tel./Fax: (55 14) 3103 6177 - Bauru - SP - Brazil
E-mail: revista@fc.unesp.br