Accessibility / Report Error

Análise textual discursiva: processo reconstrutivo de múltiplas faces

Discursive textual analysis: a multiple face recontructive process

Roque Moraes Maria do Carmo Galiazzi Sobre os autores

Resumos

O artigo, resultado de pesquisa qualitativa de dissertações e relatos de mestres que utilizaram a análise textual discursiva como ferramenta analítica, descreve a análise textual discursiva como procedimento de pesquisa que permite quatro reconstruções concomitantes: 1. do entendimento de ciência e de seus caminhos de produção; 2. do objeto da pesquisa e de sua compreensão; 3. da competência de produção escrita; 4. do sujeito pesquisador. Argumenta-se que a análise textual discursiva cria espaços de reconstrução, envolvendo-se nisto diversificados elementos, especialmente a compreensão da produção de significados sobre os fenômenos investigados e a transformação do pesquisador.

Análise textual discursiva; Paradigma emergente; Autoria


The paper describes the result of qualitative research of two graduate programs that used in their researches an analytical approach called “discursive textual analysis”. This methodology produced four simultaneous results: 1 a reconstruction of the understanding of science and its ways of production; 2 the reconstruction of the research object and its comprehension; 3 the reconstruction of the competence in writing; 4 the reconstruction of the research itself. The authors argue that discursive textual analysis produces an environment in which different elements are reconstructed, especially the understanding of meaning production in science and a continuous transformation of the research itself.

Discursive textual analysis; Emergent paradigm; Authorship


Análise textual discursiva: processo reconstrutivo de múltiplas faces

Discursive textual analysis: a multiple face recontructive process

Roque MoraesI; Maria do Carmo GaliazziII

IDocente, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Faculdade de Química e Programa de Pós- Graduação em Ensino de Ciências. <searom@pucrs.br>

IIDocente, Universidade Federal do Rio Grande, Departamento de Química e Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental. <mcgaliazzi@yahoo.com.br>

RESUMO

O artigo, resultado de pesquisa qualitativa de dissertações e relatos de mestres que utilizaram a análise textual discursiva como ferramenta analítica, descreve a análise textual discursiva como procedimento de pesquisa que permite quatro reconstruções concomitantes: 1. do entendimento de ciência e de seus caminhos de produção; 2. do objeto da pesquisa e de sua compreensão; 3. da competência de produção escrita; 4. do sujeito pesquisador. Argumenta-se que a análise textual discursiva cria espaços de reconstrução, envolvendo-se nisto diversificados elementos, especialmente a compreensão da produção de significados sobre os fenômenos investigados e a transformação do pesquisador.

Palavras-chave: Análise textual discursiva. Paradigma emergente. Autoria.

ABSTRACT

The paper describes the result of qualitative research of two graduate programs that used in their researches an analytical approach called “discursive textual analysis”. This methodology produced four simultaneous results: 1 a reconstruction of the understanding of science and its ways of production; 2 the reconstruction of the research object and its comprehension; 3 the reconstruction of the competence in writing; 4 the reconstruction of the research itself. The authors argue that discursive textual analysis produces an environment in which different elements are reconstructed, especially the understanding of meaning production in science and a continuous transformation of the research itself.

Keywords: Discursive textual analysis. Emergent paradigm. Authorship.

Texto completo disponible sólo en PDF.

Full text available only in PDF format.

Artigo recebido em fevereiro de 2006 e aceito em abril de 2006.

  • ARAUJO, M. S. Construindo conceitos no ensino médio para sentir, pensar e atuar no ambiente. Rio Grande. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação Ambiental) FURG.
  • BAUMGARTEN, C. Ação Pedagógica como facilitadora do avanço de alunos de Turma de Progressão. Porto Alegre. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação)- Faculdade de Educação, PUCRS.
  • BERNARDO, G. Educação pelo argumento. Rio de Janeiro: Rocco, 2000.
  • CARLOTTO, F. R. Hipertextualidade como possibilidade metodológica complexa para uma educação transdisciplinar: uma pedagogia das relações. Porto Alegre. 2004. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, PUCRS.
  • COSTA, M. M. G. As teias do desmame no processo de amamentação de mães adolescentes. Rio Grande. 2005. Dissertação (Mestrado em Educação Ambiental) - FURG.
  • FERNÁNDEZ, A. O saber em jogo. Porto Alegre: Artmed, 2001.
  • FERREIRA, L. C. O diálogo na interação em educação à distância. Porto Alegre. 2004. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, PUCRS.
  • LÉVY, P. O que é virtual? São Paulo: Editora 34, 2003.
  • ______. A conexão planetária: o mercado, o ciberespaço, a consciência. São Paulo: Editora 34, 2001.
  • MAGALHÃES, V. B. D. S. Professores pontocom: o que buscam e o que encontram na Web. Porto Alegre. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, PUCRS.
  • MARQUES, M. O. Escrever é preciso: o princípio da pesquisa. Ijuí: Editora Unijuí, 1997.
  • MATURANA, H. R. La realidad: objetiva o construida? Rubi (Barcelona): Anthropos, 1997.
  • MORAES, M. C. Pensamento eco-sistêmico: educação, aprendizagem e cidadania no século XXI. Petrópolis: Vozes, 2004.
  • MORAES, R. Uma tempestade de luz: a compreensão possibilitada pela análise textual discursiva. Ciência & Educação: Bauru, SP, v. 9, n. 2, p. 191-210, 2003.
  • MORIN, E. Introdução ao pensamento complexo. Lisboa: Instituto Piaget, 2003.
  • RAMOS, M. G.; M., R.; GALIAZZI, M. C. Arquitetos de transformação de discursos sociais: sujeitos que emergem da produção escrita reconstrutiva. In: ISCAR, 1., Sevilha, 2005. Anais.
  • OLIVEIRA, M. C. K. Educar para conviver: por uma pedagogia da solidariedade. Porto Alegre, 2003.
  • PEDRINI, M. Estágio docente: uma experiência compartilhada. Porto Alegre. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) -Faculdade de Educação, PUCRS.
  • SÁNCHEZ, J-N. G.; M., J. M. Instrucción estratégica en la composición escrita. Barcelona: Ariel Educación, 2002.
  • SANTOS, B. S. Um discurso sobre as ciências. Porto: Afrontamento, 2002.
  • SCHAEFFER, A. Inteligência espiritual ampliada e prática docente bem sucedida: uma tessitura que desvela outros rumos para a educação. Porto Alegre. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, PUCRS.
  • SOUZA, M L. Educação Ambiental na Escola: Interações nas Vivências de um trabalho Coletivo. Rio Grande. 2004. Dissertação (Mestrado em Educação Ambiental) - FURG.
  • TITSCHER, S.; MAYER, M.; WODAK, R.; VETTER, E. Methods of text and discourse analysis. London: Sage, 2002.
  • TOLCHINSKY, L.; SIMÓ, R. Escribir y leer a través del currículum. Barcelona: ICI HORSORI, 2001.
  • ZAGO, C. U. Alternativas para trabalhar as dificuldades de aprendizagem baseadas no lúdico. Porto Alegre. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, PUCRS.
  • ZIMMER, R. O. D. Registro reflexivo do agir e do pensar de um grupo encantadamente comprometido com a proposta curricular transformadora. Porto Alegre. 2004. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, PUCRS.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    26 Maio 2009
  • Data do Fascículo
    Abr 2006

Histórico

  • Aceito
    Abr 2006
  • Recebido
    Fev 2006
Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru. Av. Engenheiro Luiz Edmundo Carrijo Coube, 14-01, Campus Universitário - Vargem Limpa CEP 17033-360 Bauru - SP/ Brasil , Tel./Fax: (55 14) 3103 6177 - Bauru - SP - Brazil
E-mail: revista@fc.unesp.br