Recursos Naturais, Infraestrutura Crítica e Segurança Energética: Objetos Referentes Securitizados em Documentos de Defesa Brasileiros?

Henry Iure de Paiva Silva Augusto W. M. Teixeira JúniorSobre os autores

Resumo

Como os documentos de defesa do Brasil incorporam recursos naturais e infraestrutura crítica como componentes políticos e estratégicos da estrutura de segurança energética nacional? Após apresentar o panorama internacional contemporâneo, marcado por potências e geopolíticas emergentes, o artigo explica a teoria e os fundamentos conceituais que sustentam a reivindicação de um movimento de securitização de recursos naturais e infraestrutura crítica relacionada à segurança energética em resposta à ausência de ameaças existenciais ao Brasil. Seguindo esse esforço, o texto reflete e analisa como o assunto se desenvolveu de 2005 a 2016 nas políticas de defesa brasileiras e nas estratégias nacionais de defesa. Ao aplicar a teoria da securitização ao estudo de caso, as considerações finais convidam à reflexão acerca da importância de se incorporar a geopolítica dos recursos naturais e da infraestrutura crítica relacionada à segurança energética ao pensamento de defesa.

Palavras-chave
recursos naturais; infraestrutura crítica; segurança energética; documentos de defesa; Brasil.

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto de Relações Internacionais Rua Marques de São Vicente, 225 - Casa 20 , 22453-900 Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel.: (55 21) 3527-2284, Fax: (55 21) 3527-1560 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cintjournal@puc-rio.br