Da areia ao gado: Meninos empreendedores rurais no Haiti

Haitian boys in sand quarries: Working and thinking about the future

De la arena al ganado: Niños emprendedores rurales en Haití

Nadège Mézié Sobre o autor

Resumo:

O artigo descreve o trabalho de meninos (de 7 a 13 anos) em uma pedreira na região da Grand'Anse (Haiti). Os meninos, oriundos de famílias bastante pobres, engajam-se nessa atividade por iniciativa própria e a realizam praticamente sem supervisão de adultos. Eles poupam a maior parte do dinheiro, realizando o que chamei de “ciclo de capitalização” que, ao cabo de 8 a 10 anos, lhes permitirá, através da compra, criação e revenda de animais (galinhas, cabras, um boi), aceder a um lote de terra. Assim, aos olhos dos camponeses locais, poderão mostrar-se como capazes de entrar na vida adulta.

Palavras-chave:
Crianças; Haiti; Atividades produtivas; Pedreiras; Antropologia econômica

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Av. Ipiranga, 6681 - Partenon, Cep: 90619-900, Tel: +55 51 3320 3681 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: civitas@pucrs.br