• América Latina como lugar de enunciação: Vozes dissidentes, modernidades dissonantes Apresentação

    Miglievich-Ribeiro, Adelia; Beneduzi, Luis Fernando
  • A modernidade é de fato universal?: Reemergência, desocidentalização e opção decolonial Dossiê: América Latina como lugar de enunciação

    Pinto, Júlio Roberto de Souza; Mignolo, Walter D.

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Neste ensaio, argumentamos: (1) que modernidade não é o desenrolar ontológico de uma história universal, mas sim a interpretação de certos eventos por atores e instituições que se viam e se veem como estando no centro da terra e no presente de um tempo universal; (2) que essa interpretação é local e regionalmente condicionada, é europeia ocidental, embora se apresente como universal e global; ou seja, a enunciação é local em que pese o enunciado ser global; (3) que, por trás de um discurso triunfalista, a modernidade esconde os horrores que a constituem: a colonialidade; essa é a razão mesma por que entendemos que modernidade não pode ser compreendida sem colonialidade e que a colonialidade não pode ser superada pela modernidade; e (4) que a essa retórica de salvação da humanidade e suas expressões mais recentes – desenvolvimento e globalismo –, articulada por agentes e instituições que controlam a produção do conhecimento e traduzem os próprios privilégios em promessas para o resto do mundo, assim como o projeto de dominação cultural, econômica e política que ela promove, especialmente a partir da segunda década do século 20 vêm apresentando sinais de enfraquecimento, na mesma proporção em que discursos e projetos dissidentes de re-existência, entre os quais a opção decolonial, baseada na qual formulamos nosso argumento, vêm ganhando força.

    Abstract in English:

    Abstract: In this essay, we argue: (1) that modernity is not the ontological unfolding of a universal history, but rather the interpretation of certain events by actors and institutions that saw and see themselves as being in the center of the Earth and in the present of a universal time; (2) that this interpretation is locally and regionally conditioned, it is Western European, despite presenting itself as universal and global; that is, the enunciation is local in spite of the enunciated be global; (3) that, behind a triumphalist discourse, modernity hides the horrors that constitute it: coloniality; this is the very reason why we believe that modernity can not be understood without coloniality and coloniality can not be overcome by modernity; and (4) that this rhetoric of salvation of mankind and its most recent expressions – development and globalism –, articulated by agents and institutions that control the production of knowledge and translate their own privileges into promises for the rest of the world, as well as the project of cultural, economic and political domination that it promotes, especially starting from the second decade of the twentieth century have shown signs of weakening, in the same proportion as dissident discourses and projects of re-existence, including the de-colonial option based on which we formulate our argument, have gained strength.
  • Vozes dissidentes e modernidades dissonantes na América Latina: Legados e projetos de Bolívar e Martí em Darcy Ribeiro Dossiê: América Latina como lugar de enunciação

    Miglievich-Ribeiro, Adelia; Romera, Edison

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Estudamos o pensamento de Darcy Ribeiro e sua recepção da utopia da Pátria Grande, de Simon Bolívar, que ganhou maior solidez em Nuestra América, de José Martí. Pretendemos capturar o argumento central de Ribeiro, a saber, seu diagnóstico das causas do desenvolvimento desigual no subcontinente que pode servir para superar uma visão autodepreciativa que veria a América Latina como reflexo infeliz da modernidade do Norte. Compreendemos, desta perspectiva, Darcy Ribeiro como partícipe do movimento intelectual que antecipa o “giro decolonial” mediante a crítica à metanarrativa da modernidade hegemônica, de modo que sua antropologia apresenta de forma inédita os povos americanos no processo civilizacional mundial não mais como expressão ultrapassada de uma história já vivida pelas populações do norte em tempos pretéritos, mas como formações étnicas singulares e coetâneas no capitalismo moderno.

    Abstract in English:

    Abstract: We study in Darcy Ribeiro’s thought his reception of the utopia of a Great Nation that gained more strength in the book Nuestra America, of José Martí. We intend to capture Ribeiro’s central argument, namely, its diagnosis of the causes of the uneven development in the subcontinent, which can serve to overcome a self-deprecating view that would see Latin America as an unfortunate reflection of the Northern modernity. We understand, from this perspective, Darcy Ribeiro as a participant of the intellectual movement that anticipates the “decolonial turn” by criticism of the hegemonic modern meta-narrative, so that his anthropology presents in an unprecedented manner the American people in the world’s civilizational process not as an outdated expression of a history already experienced by northern populations in past times, but as unique and concomitant ethnic conformations in modern capitalism.
  • Invertendo a perspectiva: Os índios e os “outros” na história do extremo oeste* Dossiê: América Latina como lugar de enunciação

    Vangelista, Chiara

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: A síntese de longas pesquisas feitas pela autora sobre as políticas dos grupos tribais no centro-oeste do Brasil (séculos 18-20) é neste ensaio a ocasião para refletir sobre o lugar dos povos indígenas na história da região, evidenciando os câmbios de época seja na ação dos índios seja na política e na cultura luso-brasileiras.

    Abstract in English:

    Abstract: Founding on the results of a large research about tribal politics in the Brazilian West frontier (18th-20th centuries), in this essay the author reflects on the native peoples place in the history of that region, enphasizing the epochal changes both in the action of the involved actors and the Indians representations in the Luso-Brazilian culture.
  • O Mediterrâneo enquanto metáfora da mestiçagem: Novas leituras sobre o modelo europeu na América Latina dos anos 1920 Dossiê: América Latina como lugar de enunciação

    Beneduzi, Luís Fernando

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Na década seguinte à Primeira Guerra Mundial, observa-se na realidade latino-americana uma forte transformação na percepção da Europa enquanto modelo de civilização. Novas leituras artísticas e literárias começam a repensar as identidades nacionais na América Latina e, em maneira transversal, nasce uma crítica à importação de conceitos europeus de civilidade. Este processo de mudança pode ser observado em profundidade na obra de Gabriela Mistral que mostra, na sua escritura, essa transformação continental, através da análise do mar Mediterrâneo, que vive uma passagem de um espaço de latinidade a outro, de mestiçagem. Nos textos de Mistral, percebe-se uma duplicidade de cruzamentos analíticos entre as relações Norte e Sul, quando a autora fala dos contrastes europeus, fala, também, daqueles do continente americano. Neste contexto, o velho mundo, ou a parte mais meridional do mesmo, empresta sua experiência histórica para justificar a positividade do novo homem latino-americano: multiétnico.

    Abstract in English:

    Abstract: After the First World War, we can observe in the Latin American society a strong transformation in the perception of the Europe as a civilization model. New movements in art and literature start to rethink the National Identities in Latin America Doutor em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs, Porto Alegre, RS), professor da Università Ca’ Foscari em Veneza, Itália, do PPG em Letras e do PPG em História da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em Vitória, ES, Brasil, e membro da direção da Associação Internacional Areia e da Associação Italiana de Brasilianistas <luis. beneduzi@unive.it>. O presente artigo foi apresentado em uma versão reduzida, e com outra ênfase narrativa, no Seminário Internacional Comparative area and transregional studies: aframework for the Baltic and the Mediterranean, Veneza, novembro de 2014. and in the whole subcontinent born a criticism against the importation of European civility concepts. This process can be deeply analyzed in Mistral’s writings that shows us the continental transformation through the Mediterranean metaphor: between a Latin space and a space of miscegenation. In Mistral’s narratives, we can notice two kinds of analytical movements between North and South relations: when the writer talks about the European contrasts, she talks also about those of the American continent. In this context, the Old World, or its Southern part, shares its Historical experience with the New World to justify the positive perception of the New Latin American men: Multiethnic.
  • Voces silentes y contrapuntos heterotópicos sobre el fenómeno inmigratorio: Recuperaciones de los Beck Bernard y de Laura Pariani desde la academia argentina Dossiê: América Latina como lugar de enunciação

    Crolla, Adriana

    Abstract in Spanish:

    Resumo: Resumen: Las nuevas identidades migrantes, la cuestión de la circulación en una época de la historia que parece marcada por el flujo, la relativización de las coordenadas espacio-temporales, el reciclaje de modelos y la construcción/deconstrucción de culturas en movimiento o de la movilidad, dan necesariamente como resultado la emergencia de fenómenos que se constituyen en y por la interculturalidad y las transmigraciones. Interrogarse sobre el habla (discurso) del sujeto “gringo” que se constituyó en la pampa santafesina mediante textos y discursos, es lo que desde hace un tiempo proponemos estudiar en todas sus facetas. Y al mismo tempo las nuevas migraciones hacia y desde Italia desde nuestra “zona” cultural. El trabajo pretende “escuchar” las voces silenciadas sobre el fenómeno inmigratorio a partir de la recuperación de textos que operan miradas destacadas: los Beck Bernard en relación a la Pampa Gringa y los textos de la escritora italiana Laura Pariani sobre la inmigración italiana desde y hacia latinoamérica.

    Abstract in English:

    Abstract: Abstract: The new migrant identities, the issue of circulation at a time in history that seems to be marked by the flow, the relativization of time-space coordinates, the recycling of patterns, and the construction/deconstruction of cultures in motion or mobility cultures, necessarily result in the emergence of phenomena that constitute themselves in and by interculturality and transmigrations. Asking about the “gringo” person’s speech (discourse) that has been constituted at the pampas in the province of Santa Fe through texts and discourses is what, for some time, we have suggested to study in all its aspects, and, at the same time, the new migrations to and from Italy from our cultural «zone». This text intends to “listen” to the silenced voices about the immigration phenomenon from texts’ retrieval that manage prominent glances: the Beck Bernard’s related to the Pampa Gringa and the Italian writer Laura Pariani’s, texts about Italian immigration from/to Latin America.
  • A reflection on the plurinational Bolivian state: Questions about chiquitana identity and the term original Dossiê: América Latina como lugar de enunciação

    Cáceres Dan, Vívian Lara

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Partindo de um movimento denominado “descolonização” e “neo-constitucionalismo latino-americano” esse artigo pretende realizar uma reflexão sobre os avanços, limites e possibilidades do estado Boliviano rumo ao estado plurinacional desde que foi implantado em 2009. Para tanto, conceitos importantes como o de identidade indígena, plurinacionalidade, pluralismo jurídico e autonomias vêm fazendo parte desse novo processo político descolonizador na Bolívia e aqui merecem destaque perpassando por alguns questionamentos: O que representa a implantação de um estado plurinacional na Bolívia? Quais os limites do conceito de povos indígenas originários e campesinos? Como está se configurando o processo de organização chiquitana e de suas demandas enquanto indígenas perante o estado? Para essa abordagem serão utilizados referenciais teóricos como: Linera, Mollinedo, Zavaleta, Schavezon, Puhl, Riester, entre outros. A pesquisa é de cunho qualitativo baseada em referenciais bibliográficos, documentos institucionais e entrevistas.

    Abstract in English:

    Abstract: Starting from a movement called “decolonization” and “Latin American neoconstitutionalism” this article intends to carry out a reflection on the advances, limitations and possibilities of the Bolivian state toward a plurinational state since it was implemented in 2009. Therefore, important concepts such as indigenous identity, multiple nationalities, legal pluralism and autonomy have become part of this new political decolonization process in Bolivia. They are both analyzed and questioned here: what is the implementation of a plurinational state in Bolivia? What are the limits of the concept of indigenous native peoples and peasants? How the process of chiquitana organization and their demands as indigenous are being configured by the state? For this approach the folowing authors will be used as theoretical frame: Linera, Mollinedo, Zavaleta, Schavezon, Puhl, Riester, among others. The research is a qualitative approach based on bibliographic references, institutional documents and interviews.
  • Vozes que gritam e vozes silenciadas na América Latina Dossiê: América Latina como lugar de enunciação

    Gohn, Maria da Gloria

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Este texto tem por objetivo apresentar uma visão panorâmica dos principais movimentos sociais que ocorrem na América Latina na atualidade, especialmente no Brasil, Argentina e Bolívia, destacando, ao final, novas formas de movimentos sociais a exemplo das manifestações que ocorreram no Brasil em junho de 2013 e alguns de seus desdobramentos posteriores.

    Abstract in English:

    Abstract: This text aims to present a panoramic view of the main social movements that occur in Latin America, especially in Brazil, Argentina and Bolivia, highlighting, in the end, new forms of social movements such as the demonstrations that occurred in Brazil in June 2013 and some of his subsequent developments.
  • Desafos a la historia de Amrica Latina: Una visin de gnero Dossiê: América Latina como lugar de enunciação

    Guardia, Sara Beatriz

    Abstract in Spanish:

    Resumen: En Amrica Latina la historiografa enfrenta dos retos insoslayables: la deconstruccin de una historia eurocntrica basada en principios y valores considerados universales que distorsionaron la visin y estudio de las culturas que se desarrollaron a lo largo de varios miles de aos antes de la conquista espaola y portuguesa, en el caso de Brasil; y la deconstruccin de una historia patriarcal que no visibiliza a las mujeres en los diferentes procesos de nuestra historia. Revertir y transformar esta situacin es el objetivo de nuestro trabajo centrado en visibilizar a las mujeres en sus espacios, prcticas culturales, y participacin en la historia del continente. Solo as tendremos una historia integral que recoja ambas experiencias.

    Abstract in English:

    Abstract: Latin America historiography faces two unavoidable challenges: The deconstruction of a Eurocentric history based on principles and values considered to be universal that distorted vision and study of cultures that developed over several thousands of years before the Spanish Conquest and Portuguese, in the case of Brazil; and the deconstruction of patriarchal story that does not make visible women in the different processes in our history. Reverse and transform this situation is the objective of our work focused on the visibility of women in their spaces, cultural practices, and participation in the history of the continent. Only then we will have a comprehensive history that collect both experiences.
  • Entrevista com César Germaná Cavero Dossiê: América Latina como lugar de enunciação

    Miglievich-Ribeiro, Adelia
  • Entrevista con Eduardo Devés Valdés Dossiê: América Latina como lugar de enunciação

    Battestin, Cláudia; Jung, Hildegard Susana
  • Crítica pós-colonial: Panorama de leituras contemporâneas Resenha

    Silva, Sandro José da
  • América Latina, pentecostalismo e capitalismo periférico Aproximações teóricas para além do culturalismo Artigos

    Arenari, Brand

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Neste trabalho, procuro mapear o desenvolvimento da análise sobre religião, e mais especificamente, sobre o pentecostalismo. Com este objetivo, pretendo analisar, sobretudo, os caminhos teóricos que buscam entender a nova onda de expansão religiosa dos últimos quarenta anos. Após a apresentação do modelo analítico e teórico sobre religião e pentecostalismo no século XX, situo minhas principais pretensões teóricas em relação aos estudos tradicionais sobre pentecostalismo e religião. Desse modo esforço-me para demonstrar como a visão sociológica dominante sobre religião atualmente, e, consequentemente, sobre o pentecostalismo, está relacionada com a mudança paradigmática que podemos chamar de culturalismo, a qual se iniciou, mais claramente, nos anos 80. Essa mudança negligenciou as causas “materiais” do desenvolvimento da religião, distanciando-se das explicações funcionalistas para valorizar aspectos “imaterias” da cultura.

    Abstract in English:

    Abstract: In this text, I intend to map the development of the analysis about religion, and more specifically, the analysis about Pentecostalism. The objective is to analyze, overall, the theoretical paths to understand the new wave of religious expansion of the last forty years. After the presentation of the analytical and theoretical model about religion and Pentecostalism in the 20th century, I locate my main theoretical assumption in relation to the traditional studies about Pentecostalism and religion. Thus, I make an effort to demonstrate how the dominant sociological view about religion nowadays and, consequently, about Pentecostalism, is correlated to the pragmatic change which we can name “culturalism”, which has begun, more clearly, in the 80s. This change has neglected the “material” causes of the development of religion, growing apart from the functionalist explanation to valorize “immaterial” aspects of the culture.
  • Repertórios organizacionais, diferenciação: regional e profissionalização da defesa de causas ambientais no Brasil Artigos

    Oliveira, Wilson José Ferreira

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Esse artigo examina as relações entre as condições e os processos de emergência, de expansão e de diferenciação da defesa de causas ambientais e as dinâmicas de institucionalização e de profissionalização do ativismo ambiental. Trata-se de destacar, por um lado, as dinâmicas variáveis de emergência e de construção da defesa do meio ambiente como uma causa pública e, por outro, suas relações com a grande diferenciação regional das organizações vinculadas aos processos de emergência e de difusão do ativismo ambiental no Brasil.

    Abstract in English:

    Abstract: This article examines the conditions and processes of emergence, expansion and differentiation of environmentalism in Brazil. It focuses on the institutionalization and professionalization of environmental activism. First the article highlights the various forms of emergence and construction of environmental protection as a public cause. Then it explores the relationship between the regional differentiation of organizations and the processes of emergency and diffusion of environmental activism.
  • A systemic approach to Brazilian foreign policy Artigos

    Mallmann, Maria Izabel

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Apresenta-se neste artigo uma visão geral da política externa do Brasil durante a primeira década deste século, dedicando especial atenção ao período de governo de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010). A análise baseia-se na compreensão de que a política externa do Brasil fundamenta-se numa tradição com importantes traços de continuidade e apresenta inflexões decorrentes de diferentes escolhas governamentais. Utiliza-se uma abordagem sistêmica que leva à compreensão da política externa do Brasil como resultado de duas ordens de fatores: ideacional e pragmática, presentes nas decisões políticas e essencialmente conflitivas entre si. O resultado dessas tensões é a ocorrência de variadas orientações de política externa ao longo do tempo. A política externa do Brasil é representada na figura de um pêndulo, cujas oscilações entre posições extremas, ilustram as situações políticas reais.

    Abstract in English:

    Abstract: This paper offers an overview of the Brazilian foreign policy during the first decade of the present century, devoting special attention to president Luiz Inácio Lula da Silva’s years (2003-2010). It is based on an understanding of the Brazilian foreign policy as a policy founded on tradition with important traces of continuity and sees the inflections that still exist as a result from different governmental choices. A systemic approach is proposed, which leads to the understanding that the change in the Brazilian foreign policy is a result of two factors: the ideational and the pragmatic one. Both control political decisions that lead to conflicting directions. The result of such conflicting pressure is a series of foreign policy positions scattered over time. This analytical model is visually represented by a pendulum sketch, whose movement between two extreme positions represents many political possibilities.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Av. Ipiranga, 6681 - Partenon, Cep: 90619-900, Tel: +55 51 3320 3681 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: civitas@pucrs.br