Accessibility / Report Error

Transcriação e Antropofagia: fertilidades nos campos de Haroldo e em outros campos

Transcreation and Anthropophagy: fertility in Haroldo’s fields and other field

Resumo:

Neste artigo, objetivamos, por um lado, analisar as reflexões teóricas de Haroldo de Campos sobre a tradução como transcriação a partir da prática transcriadora apresentada pelo poeta. Por outro, apresentaremos as peculiaridades do texto de Nietzsche enquanto estabelece uma ligação ente pensamento e vida, forma e conteúdo, escrita e sangue, visando a verificar em que medida os textos dele não remetem os leitores a uma criação paralela e autônoma, ainda que recíproca, indo ao encontro da perspectiva proposta por Haroldo de Campos no que concerne à tradução e no que tange à busca da criação de novas linguagens para expressar novos conteúdos.

Palavras-chave:
Tradução; transcriação; forma, linguagem, sentido

Grupo de Estudos Nietzsche Rodovia Porto Seguro - Eunápolis/BA BR367 km10, 45810-000 Porto Seguro - Bahia - Brasil, Tel.: (55 73) 3616 - 3380 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: cadernosnietzsche@ufsb.edu.br