O eterno retorno hoje

The eternal recurrence today

Juliano Neves Sobre o autor

Resumos

Neste trabalho, realizamos uma aproximação entre as cosmologias científicas não singulares (sem a singularidade inicial, o big bang), especialmente os modelos cíclicos, e o pensamento do eterno retorno de Nietzsche. Além disso, sugerimos respostas para o porquê da busca por "provas" científicas do eterno retorno feita pelo filósofo na década de 1880.

ciência; cosmologia; eterno retorno; forças


In this work we have carried out an approach between the nonsingular scientific cosmologies (without the initial singularity, the big bang), specially the cyclic models, and the Nietzsche's thought of the eternal recurrence. Moreover, we have pointed out reasons for the Nietzsche's search for scientific proofs about the eternal recurrence in the decade of 1880's.

science; cosmology; eternal recurrence; forces


  • BARRENECHEA, M.; FEITOSA, C.; PINHEIRO, P. & SUAREZ, R. (orgs). Nietzsche e asciências Rio de Janeiro: Editora 7 Letras, 2011.
  • BRUSH, S. The kind of motion we call heat: a history of kinetic theory of gases in the 19th century. Amsterdam: Elsevier Science & Publishers B. V., 1976, vols. I e II.
  • D'IORIO, P. The eternal return: genesis and interpretation. Trad. Frank Chouraqui. In: Agonist: a Nietzsche circle journal, vol. 4, 2011.
  • ELIADE, M. Mito do eterno retorno Trad. José A. Ceschin. São Paulo: Mercuryo, 1992.
  • JAMMER, M. Concepts of force New York: Dover Publications Inc., 1999.
  • MARTON, S. Nietzsche: das forças cósmicas aos valores humanos 3. ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.
  • ______. O eterno retorno do mesmo: tese cosmológica ou imperativo ético. In: Extravagâncias: ensaios sobre a filosofia de Nietzsche. 3. ed. São Paulo: Discurso Editorial/Editora Barcarolla, 2009.
  • ______. Da biologia à física: vontade de potência e eterno retorno do mesmo. Nietzsche e as ciências da natureza. In: Miguel Barrenechea et al. (orgs). Nietzsche e as ciências Rio de Janeiro: Editora 7 Letras, 2011.
  • MÜLLER-LAUTER, W. Nietzsche: sua filosofia dos antagonismos e os antagonismos de sua filosofia Trad. Clademir Araldi. São Paulo: Editora Unifesp, 2009.
  • NIETZSCHE, F. Humano, demasiado humano. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.
  • ______. A gaia ciência Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.
  • ______. Assim falou Zaratustra Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.
  • ______. Além do bem e do mal Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.
  • ______. Genealogia da moral Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.
  • ______. Ecce Homo Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.
  • ______. Fragmentos do espólio: primavera de 1884 a outono de 1855 Trad. Flávio R. Kothe. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2008.
  • ______. Fragmentos finais Trad. Flávio R. Kothe. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2002.
  • ______. Obras incompletas Trad. Rubens Rodrigues Torres Filho. 3. ed. São Paulo: Abril Cultural, 1983.
  • NOVELLO, M. & BERGLIAFFA, S. E. P. Bouncing cosmologies. In: Physics reports, vol. 463, p. 127-213, 2008.
  • RUBIRA, L. Nietzsche: do eterno retorno do mesmo à transvaloração de todos os valores. São Paulo: Discurso Editorial/Editora Barcarolla, 2010.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    11 Set 2013
  • Data do Fascículo
    2013

Histórico

  • Recebido
    15 Ago 2012
  • Aceito
    10 Set 2012
Grupo de Estudos Nietzsche Rodovia Porto Seguro - Eunápolis/BA BR367 km10, 45810-000 Porto Seguro - Bahia - Brasil, Tel.: (55 73) 3616 - 3380 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: cadernosnietzsche@ufsb.edu.br