Saúde e educação: uma parceria necessária para o sucesso escolar

Samantha Pereira Juliana Nunes Santos Maria Aparecida Nunes Moisés Gonçalves Oliveira Tâmara Simone Santos Vanessa de Oliveira Martins-Reis Sobre os autores

OBJETIVO:

Investigar a associação entre recursos do ambiente familiar e o desempenho escolar de crianças de uma escola pública de Belo Horizonte, matriculadas no quarto ano do segundo ciclo do Ensino Fundamental.

MÉTODOS:

Trata-se de estudo do tipo transversal descritivo, do qual participaram 48 crianças de 8 a 12 anos, sendo 28 meninos e 20 meninas, e seus respectivos responsáveis. Da criança, avaliou-se a audição e o desempenho escolar em leitura, escrita e aritmética. No ambiente familiar, investigaram-se os recursos que promovem processos proximais, as atividades que sinalizam estabilidade na vida familiar, as práticas parentais que promovem a ligação família-escola, os recursos do ambiente familiar que podem contribuir para o desenvolvimento da aprendizagem escolar, a saúde da criança, a presença de alteração na comunicação, o letramento da família e dados socioeconômicos.

RESULTADOS:

Há relação entre recursos do ambiente familiar e o desempenho acadêmico dos alunos na leitura e na escrita (para todas as categorias do Inventário de Recursos do Ambiente Familiar - RAF). A relação estatística entre o desempenho em aritmética foi encontrada em duas das categorias do RAF: recursos do ambiente familiar e ligação família-escola.

CONCLUSÃO:

O ambiente familiar exerceu influência no processo de aprendizagem das crianças estudadas.

Fonoaudiologia; Família; Criança; Saúde; Escola; Aprendizagem


Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Al. Jaú, 684, 7º andar, 01420-002 São Paulo - SP Brasil, Tel./Fax 55 11 - 3873-4211 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista@codas.org.br