Psicogênese da língua escrita: uma análise necessária

Psychogenesis of written language: a much needed analysis

Psychogenèse de la langue écrite: une analyse nécessaire

Psicogénesis de la lengua escrita: un análisis necesario

Paulo Estevão Andrade Olga Valéria Campana dos Anjos Andrade Paulo Sérgio T. do Prado Sobre os autores

RESUMO

Em Psicogênese da Língua Escrita, Ferreiro e Teberosky relatam uma pesquisa sobre o desenvolvimento da leitura-escrita. A estrutura teórico-metodológica é fornecida pelo construtivismo de Piaget: a criança ativa constrói seu conhecimento na interação com o meio - neste caso a língua escrita - e se desenvolve ao longo de estágios. De Chomsky, as autoras emprestam a ideia de um dispositivo inato para a aquisição da linguagem, generalizando-a para a aquisição da leitura, que seria aprendida tão naturalmente quanto a fala. Um terceiro marco interpretativo é a abordagem Whole Language, cujo foco principal da leitura deve ser a busca pelo significado. Apresentam-se uma análise de contradições internas do texto e uma confrontação deste com parte da literatura referenciada na própria obra.

Palavras chave:
Linguagem; Leitura; Escrita; Construtivismo

Fundação Carlos Chagas Av. Prof. Francisco Morato, 1565, 05513-900 São Paulo SP Brasil, Tel.: +55 11 3723-3000 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: cadpesq@fcc.org.br