Cadernos de Pesquisa, Volume: 36, Issue: 128, Published: 2006
  • Untitled document Editorial

  • Alternative courses for college entrance examination and higher education access: from equality to equity Tema Em Destaque - Os Novos Egressos Do Ensino Médio E O Acesso Ao Ensino Superior

    Mitrulis, Eleny; Penin, Sônia Teresinha de Sousa

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo examina as crescentes demandas por acesso ao ensino superior em período em que se assiste a um deslizamento do debate sobre igualdade de oportunidades do plano da educação obrigatória para o terreno da educação superior. Representando os interesses dos novos grupos de concluintes de educação básica, proliferaram, a partir do final dos anos 90, dentro de movimentos sociais voltados para segmentos desassistidos da população, cursos preparatórios ao ensino superior, gratuitos e sem fins lucrativos. No âmbito das universidades públicas do Estado de São Paulo, igualmente sensíveis às urgências sociais da inclusão, registram-se também ações favoráveis ao acesso e à permanência desses segmentos sociais nos cursos oferecidos. O artigo analisa as ambigüidades e as aberturas presentes em programas preparatórios ao ensino superior, tomando como referência o Programa Pró-Universitário, voltados aos alunos da série terminal da educação básica, pertencentes à rede estadual de ensino, desenvolvido pela Universidade de São Paulo em parceria com a Secretaria de Estado da Educação. Traz uma análise do perfil dos alunos participantes e uma reflexão sobre os efeitos desse tipo de iniciativa sobre a relação dos jovens com o saber e sobre a construção de suas identidades. Sugere que a ação afirmativa para a inclusão de jovens dos segmentos populares em instituições públicas de ensino superior requer uma proposta educativa na qual a socialização e a aprendizagem estejam intimamente ligadas. O domínio dos saberes preparatórios aos exames de acesso deixa de ser considerado apenas pelo valor instrumental e adquire outros significados como uma nova maneira de ver o mundo, relacionar-se consigo mesmo e com o outro.

    Abstract in English:

    This work explores the growing demands for increasing access to higher education at a time when discussions on equality of opportunities at the level of compulsory education are shifting to higher education. Since the late 90s, free and non-profit higher education preparatory courses, representing the interests of new groups of pupils completing basic education, have been on the rise in social movements oriented toward underprivileged segments of the population. Public universities of the State of São Paulo, sensitive to the social needs of inclusion, have also taken actions favoring access and permanence of these social segments in their courses. This work analyzes the ambiguities and openings found in preparatory programs for higher education, referring to the Pro-University Student Program, which was developed by the University of São Paulo in partnership with the State Secretariat of Education, focusing on pupils from the state school system, studying at the last grade of basic education. This study provides a profile of the students, analyzing the effects of this type of initiative on young people's relations with knowledge and on the construction of their identities. It suggests that an affirmative action for inclusion of young people from popular segments of society in public institutions of higher education requires an educational approach in which socialization and learning are closely connected. The acquisition of preparatory knowledge to take entrande examination is not seen solely for its instrumental value. In fact, it acquires other meanings such as a new way of looking at the world and of relating to the self and the other.
  • Community courses for college entrance examination and their pedagogical constraints Tema Em Destaque - Os Novos Egressos Do Ensino Médio E O Acesso Ao Ensino Superior

    Carvalho, José Carmelo Braz de

    Abstract in Portuguese:

    Os cursos pré-vestibulares comunitários - CPVCs - enfrentam o dilema de ser simultaneamente movimentos sociopolíticos de empoderamento, diversidade cultural e cidadania ativa, e instituições paraescolares lutando por ações inclusivas no ensino superior. Os estudos sobre os projetos dos CPVCs tendem a ressaltar suas dimensões étnicas, culturais e políticas, enquanto no plano pedagógico sinaliza-se sua filiação às idéias de Paulo Freire e ao pensamento crítico-social. Com base em dados estatísticos extraídos de dois surveys - um com pré-vestibulandos comunitários e outro com seus docentes -, este artigo pretende esboçar os perfis desses atores, mostrar quais são suas percepções sobre currículo, processos de ensino-aprendizagem, avaliação e formação docente. O artigo analisa igualmente a experiência institucional de parceria entre a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-Rio - e os CPVCs na concessão de bolsas de estudo e de bolsas-permanência e na implementação de diversas atividades pedagógicas que não se configuram como uma política pedagógica articulada de inclusão de qualidade. Alternativas são propostas para que a inclusão ocorra não apenas de forma quantitativa, mas que também garanta um ensino de qualidade tanto para o acesso à universidade como para a indispensável consolidação da educação básica.

    Abstract in English:

    Community courses for college entrance examination - CPVCs - face the dilemma of being simultaneously sociopolitical movements of empowerment, cultural diversity, and active citizenship as well as institution belonging to the paraschool system, fighting, thus, for inclusive actions in higher education. Studies on CPVC projects tend to enhance their ethnic, cultural, and political dimensions, pointing out that, from a pedagogical point of view, they are linked to Paulo Freire's ideas and the critical social thought. Based on statistical data from two surveys - one conducted with students from community courses for college entrance examination and the other carried out with their teachers -, the main goal of this paper is to draw the profiles of these two actors, identifying their perceptions of curriculum, teaching-learning processes, assessment, and teacher training. The work also analyzes the institutional experience of partnership between the Pontifical Catholic University of Rio de Janeiro - PUC-Rio - and the CPVCs as regards the granting of scholarships and permanence scholarships, and the implementation of various pedagogical activities which do not seem to form a comprehensive pedagogical policy for good quality inclusive education. It offers alternatives for inclusion to occur not only at the quantitative level, but also ensuring good quality teaching for both college access and the fundamental consolidation of basic education.
  • For a policy to deal with differences Outros Temas

    Macedo, Elizabeth

    Abstract in Portuguese:

    O artigo defende que a educação, para fazer face às sociedades multiculturais, precisa pensar a cultura como lugar de enunciação e não como repertório de sentidos partilhados. Inicialmente, analisa os projetos conservadores, liberais e multiculturais para lidar com a diferença cultural, argumentando que esses projetos tratam a diferença como diversidade, não conseguindo, dessa forma, responder, como se propõem às demandas de uma sociedade multicultural. Para além desses projetos, discute perspectivas de tradução e diálogo entre culturas, valendo-se, principalmente, das contribuições de Santos e Burbules, concluindo pela incomensurabilidade das culturas. Ainda que as culturas sejam incomensuráveis, a autora rechaça descrições fragmentadas da contemporaneidade, posicionando-se em favor da negociação da diferença cultural. Para isso, apóia-se na noção de ambivalência de Bhabha e na noção de hegemonia, tal como é defendida por Laclau e Mouffe, Hall e pelo próprio Bhabha. Dessa forma, procura estabelecer uma agenda pós-colonial para pensar a diferença.

    Abstract in English:

    This work advocates that, in order to face multicultural societies, it is necessary for education to think culture as a place of enunciation and not just as a repertoire of shared meanings. It starts by analyzing conservative, liberal and multicultural projects dealing with cultural difference, arguing that since they consider difference as diversity, they are not able answer, as intended, to the demands of a multicultural society. Besides these projects, this article also analyzes perspectives on translation and dialogue between cultures, relaying mainly on the contributions of Santos and Burbules. Thus, the present work acknowledges the incommensurability of cultures but refutes present-day fragmented descriptions, taking sides in favor of negotiating the question of cultural difference. With such purpose, Bhabha's notion of ambivalence, as well as that of homogeneity, advocated by Laclau and Mouffe, Hall and Bhabha himself, is put forward. In this way, it tries to build a postcolonial agenda for thinking the difference
  • Cooperation among teachers: should initial teacher training anticipate practices? Outros Temas

    Thurler, Monica Gather; Perrenoud, Philippe

    Abstract in Portuguese:

    A cooperação entre profissionais está mais presente no discurso do que nas práticas. Na formação inicial será preciso ater-se ao estado atual da profissão, antecipar suas evoluções previsíveis e tentar orientá-las? As práticas de referência na formação profissional são diversas, têm evoluído muito e estão sujeitas a controvérsias. No entanto, se a cooperação apresenta-se como uma necessidade para a formação, outras questões se colocam. Que identidade, que relação com os outros e com a organização, que competências, que conhecimentos desenvolver para além do entusiasmo com o tema ou de sua obrigatoriedade, uma vez que essas posturas só produziriam efeitos negativos?

    Abstract in English:

    Cooperation among professionals ends up being more mentioned in statements than put into practice. Is it necessary to follow the current status of the profession, anticipate its expected evolution and try to guide it during initial teacher training? Professional teacher training includes reference practices of various types, but they have evolved a lot and are subject to controversies. However, if cooperation is regarded as something that is needed for teacher training, other issues arise. What identity, what relationship with others and with the organization, what competences, what knowledge to develop beyond keen enthusiasm with the theme or its obligatoriness, since these postures would only produce negative effects?
  • The future of educational accountability policies in Brazil Outros Temas

    Brooke, Nigel

    Abstract in Portuguese:

    O artigo trata do surgimento da política em que a escola e seus dirigentes são responsabilizados pelos resultados dos alunos (accountability), e descreve os contornos e prováveis conseqüências das primeiras experiências no Brasil. Discute o contexto em que se produziram os exemplos mais conhecidos da política de responsabilização, na Inglaterra e nos Estados Unidos, com o propósito de avaliar se os resultados obtidos até agora no Brasil indicam a existência de condições para que ela se torne elemento central dos sistemas de gestão educacional nos estados. Os exemplos estudados são o Prêmio Educacional Escola do Novo Milênio - Educação Básica de Qualidade no Ceará, o Programa Nova Escola da Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro, e o Boletim da Escola da Secretaria de Educação do Estado de Paraná. A análise utiliza principalmente dados dos sistemas estaduais de avaliação de desempenho nas fórmulas empregadas para o cálculo das conseqüências para as equipes escolares, e chega à conclusão de que as condições políticas na maioria dos estados representam um empecilho à adoção extensiva dessa forma de responsabilização em um futuro próximo.

    Abstract in English:

    The article covers the rise of policies of accountability in which the school and its managers are held responsible for the attainment levels of their students and describes the probable consequences of the first examples of this type of policy in Brazil. The context in which the best known examples of the policy in England and the United States were created is the subject of discussion with the purpose of elucidating whether the first examples of accountability in Brazil show signs that the policy is likely to become a central element in the management of state education systems. The examples studied are the Education Prize New Millennium School - Basic Education of Quality in Ceará, the New School Program of the State Secretariat of Education of Rio de Janeiro and the School Bulletin of the State Secretariat of Education of Paraná. The analysis dwells principally on the use of the state education assessment systems in the calculation of outcomes for school personnel and reaches the conclusion that current political conditions in most states represent an impediment to the widespread adoption of accountability in the near future.
  • Orality and literacy: a review Outros Temas

    Galvão, Ana Maria de Oliveira; Batista, Antônio Augusto Gomes

    Abstract in Portuguese:

    O artigo faz uma revisão crítica dos estudos que se dedicam à análise das relações entre oralidade e escrita e às supostas conseqüências da introdução ou difusão da escrita e da imprensa em sociedades e em grupos sociais. Para isso, os autores caracterizam a emergência do campo de estudos sobre o tema, suas principais abordagens e seu estágio atual.

    Abstract in English:

    This article is a critical review of studies which dedicated themselves to analyze the relationship between orality and writing and the alleged consequences of the access or dissemination of both writing and press in societies and social groups. Bearing this in mind, the authors describe the emergence of a field of studies on the subject, its main approaches and current stage.
  • Education and talent ideology in the world of advertising Outros Temas

    Durand, José Carlos

    Abstract in Portuguese:

    A publicidade no Brasil como ramo de negócio e profissão se expandiu muito nos anos 1940, 1950 e 1960. A chegada de agências americanas com um padrão mais sofisticado de trabalho, a rápida e vigorosa implantação do rádio e da TV e a subordinação da mídia impressa e eletrônica à receita de anúncios são fatores que definiram uma etapa de muito otimismo e esperança para os publicitários. Comparando as concepções e aspirações que presidiram à criação, em 1951, da primeira escola de propaganda em São Paulo (hoje, Escola Superior de Propaganda e Marketing - ESPM), com as queixas e indefinições quanto ao que deva nortear o ensino de publicidade, hoje massificado, o artigo aponta interesses econômicos e simbólicos que ajudam a entender o distanciamento que as agências mantêm em relação às faculdades.

    Abstract in English:

    Advertising in Brazil, both as business and as profession, expanded tremendously in the 40s, 50s and 60s. The arrival of American agencies bringing a more sophisticated standard of work, the rapid and vigorous entrance of radio and TV and the subordination of printed and electronic media to advertising revenue are factors that defined a phase of remarkable optimism and hope for advertising professionals. The article compares the concepts and aspirations that guided the creation, in 1951, of the first advertising school in São Paulo,today's Escola Superior de Propaganda e Marketing - ESPM - [Graduate School of Advertising and Marketing], with the complaints and indetermination concerning what should guide currently pasteurized publicity teaching. It points out economical and symbolical interests that help to understand why advertising agencies seem far distant from schools.
  • Image reading, visual culture and educational practice Outros Temas

    Sardelich, Maria Emilia

    Abstract in Portuguese:

    Quase tudo do pouco que sabemos sobre o conhecimento produzido nos chega pelos meios de informação e comunicação. Estes, por sua vez, também constroem imagens do mundo. Imagens para deleitar, entreter, vender, sugerindo o que devemos vestir, comer, aparentar, pensar. Em nossa sociedade contemporânea discute-se a necessidade de uma alfabetização visual, que se expressa em várias designações, como leitura de imagens e compreensão crítica da cultura visual. Freqüentes mudanças de expressões e conceitos dificultam o entendimento dessas propostas para o currículo escolar, assim como a própria definição do professor ou professora que será responsável por esse conhecimento e seu referencial teórico. Este artigo apresenta os conceitos que fundamentam as propostas da leitura de imagens e cultura visual, sinalizando suas proximidades e distâncias. Contrasta alguns referenciais teóricos da antropologia, arte, educação, história, sociologia, e sugere linhas de trabalho em ambientes de aprendizagem para que se possa refletir a permanente formação docente.

    Abstract in English:

    Nearly everything of the little we know about the produced knowledge reaches us through the means of information and communication. These, on their turn, also build world images. Images to delight, entertain, and sell, suggesting what we should dress, eat, look like and think. In our contemporary society, it is discussed the need for a visual alphabetization that takes on several names, such as image reading and critical understanding of the visual culture. Frequent changes in expressions and concepts hamper the understanding of these proposals for school curriculum, as well as the definition of the teacher who will be in charge for this knowledge and its theoretical frame of reference. This article presents the concepts that justify proposals of image reading and visual culture, signaling their closeness and distances. It also compares some theoretical backgrounds related to anthropology, art, education, history and sociology, suggesting lines of work within learning environments, so that we can reflect about our permanent training as teachers.
  • How to increase the rate of black students at university? Temas Em Debate - Ação Afirmativa

    Tragtenberg, Marcelo Henrique Romano; Bastos, João Luiz Dornelles; Nomura, Lincon Hideo; Peres, Marco Aurélio

    Abstract in Portuguese:

    Existem diferentes propostas para aumento da população negra na universidade. Com o objetivo de investigar o impacto da adoção de algumas propostas na proporção de negros no ensino superior, a partir dos bancos de dados do vestibular e dos matriculados em 2004 na Universidade Federal de Santa Catarina, foi estudada a distribuição étnico-racial na instituição. Verificou-se baixa proporção de estudantes negros candidatos e aprovados no vestibular e matriculados na referida universidade. A duplicação do número de vagas e a reserva de 50% das vagas para egressos de escola pública não alteram esse perfil étnico-racial, indicando que políticas sensíveis à cor têm de ser utilizadas para aumentar a proporção de estudantes negros no ensino superior público e contribuir para a redução de desigualdades raciais no Brasil. Foram simuladas diferentes proporções de reservas de vagas: 15%, 20% e 5% de negros, esta última somente para oriundos de escola pública. Em geral, a redução da nota mínima de ingresso em cursos de diferentes níveis de prestígio social é da ordem de 10% ou menos, não indicando um quadro de expressiva queda da qualidade de ensino.

    Abstract in English:

    There are different proposals to increase the number of black students at university. Aiming to assess the impact of adopting some of these proposals for the rate of these students in college education, the ethnical and racial distribution in the Federal University of Santa Catarina was studied, based on university admission exams (vestibular) data banks and on the enrollments for the institution in 2004. The research found out that there is a very small number of black students who apply for or are approved in the university admission exam and enrolled in the referred university. Duplication of the number of places and reservation of 50% of the places for applicants from public schools do not change this ethnical and racial profile, thus indicating that skin-color sensitive policies must be adopted in order to increase the rate of black students attending public universities and to contribute to the reduction of racial inequalities in Brazil. The study simulated different rates for reservations of places: 15% and 20% and 5% of black students, the latter being for those coming from public schools only. In general, the minimum grade for admission to programs of different levels of social prestige was lowered 10% or less. No sharp loss in the quality of teaching was noticed.
Fundação Carlos Chagas Av. Prof. Francisco Morato, 1565, 05513-900 São Paulo SP Brasil, Tel.: +55 11 3723-3000 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: cadpesq@fcc.org.br