Prazer e perigo: situando debates e articulações entre gênero e sexualidade* * A organização deste debate e a pesquisa a partir da qual foram produzidos os dados citados ao longo deste artigo contaram com apoio do CNPq em diferentes momentos. A pesquisa “Gênero e sexualidade na pesquisa e na produção científica brasileira: intersecções, conexões e convenções”, processo 402556/2010-0, contou com apoio do CNPq, desdobrando-se no projeto “Estudos sobre gênero e sexualidade no Brasil: processos de mudança e de (co)produção de conhecimento”, processo 309474/2014-0, ainda em curso, também apoiada pelo CNPq. Agradeço às/aos pesquisadoras/es e professoras/es que contribuíram cedendo entrevistas à pesquisa, aos pesquisadores e bolsistas que nela trabalharam - Caroline Gorski Araujo, Marcelo Perilo, Marcelo Daniliauskas, Ana Cláudia Pilon, Ana Paula Araujo, Sarah Rossetti Machado e Rubens Mascarenhas Neto –, aos diálogos e trocas com os colegas Sérgio Carrara, Júlio Simões e Maria Filomena Gregori ao longo da preparação do debate e de sua publicação, e a Isadora Lins França, Iara Beleli e Carolina Branco de Castro Ferreira, que leram e comentaram versões deste texto.

Regina Facchini Sobre o autor

Resumo

Este artigo contextualiza e apresenta as reflexões tecidas na mesa “Prazer e perigo: 30 anos de debate”, realizada por ocasião do “Seminário Internacional Repensando Gênero e Feminismos”, que celebrou, em setembro de 2014, os 20 anos do Núcleo de Estudos de Gênero Pagu da Unicamp. Para tanto, procura situar em grandes linhas, os estudos em gênero e sexualidade no Brasil, focaliza a narrativa no modo como se entrelaçam articulações entre gênero e sexualidade na pesquisa sócio-antropológica e indica características específicas que marcam os estudos nessa vertente realizados pelo Núcleo, articulando-os às reflexões tecidas pelos autores convidados na ocasião. A contextualização é feita mediante apoio em pesquisa sobre o desenvolvimento do campo de estudos sobre mulheres, gênero, feminismos e/ou sexualidade no Brasil recente. Toma por base dados quantitativos de levantamento sobre grupos de pesquisa no país, situados a partir de pesquisa bibliográfica e entrevistas com professores e pesquisadores, de diferentes gerações, com destacado envolvimento na construção e no adensamento desse campo de estudos.

Gênero; Sexualidade; Interseccionalidades; Produção Científica - Brasil

Núcleo de Estudos de Gênero - Pagu Universidade Estadual de Campinas, PAGU Cidade Universitária "Zeferino Vaz", Rua Cora Coralina, 100, 13083-896, Campinas - São Paulo - Brasil, Tel.: (55 19) 3521 7873, (55 19) 3521 1704 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: cadpagu@unicamp.br