A linguagem importa? Sobre performance, performatividade e peregrinações conceituais

Does Language Matter? On Performance, Performativity and Conceptual Pilgrimages

Os conceitos de performance e performatividade desenvolvidos por Judith Butler tornaram-se bastante populares em estudos brasileiros sobre identidades. No entanto, tais estudos, em grande parte, relegam ao segundo plano (quando não esquecem totalmente) um aspecto central da aposta butleriana: a linguagem. Neste artigo, desenho uma apreciação genealógica das peregrinações que tais conceitos efetuaram em diferentes disciplinas e argumento que atentar à vida linguística que indivíduos produzem, na qual estão imersos e pela qual são produzidos, é um vetor central na análise de performances identitárias.

Linguagem; Performance; Performatividade; Identidade


Núcleo de Estudos de Gênero - Pagu Universidade Estadual de Campinas, PAGU Cidade Universitária "Zeferino Vaz", Rua Cora Coralina, 100, 13083-896, Campinas - São Paulo - Brasil, Tel.: (55 19) 3521 7873, (55 19) 3521 1704 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: cadpagu@unicamp.br