Hannah Arendt - Rahel Levin: duas biografias, sujeito e espelho

Hannah Arendt - Rahel Levin: two biographies, subject and mirror

Este artigo propõe uma reflexão sobre a biografia de Rahel Levin produzida por Hannah Arendt com o intuito de abordar a complexidade desse exercício que revela tanto aspectos metodológicos, quanto dimensões sócio-antropológicas e intelectuais da autora e de seu tema. A análise desse trabalho biográfico, somada a outras fontes conduziu à descoberta de aspectos dos usos adotados por Arendt para o método biográfico, questões relacionadas à identidade e ao surgimento da categoria "indivíduo" na Europa a partir do século XVIII, ao lado de aspectos sutis do pensamento da biógrafa bem como suas relações com a mulher cuja vida a fascinou.

Hannah Arendt; Rahel Levin; Método Biográfico; Indivíduo; Identidade; Romantismo


Núcleo de Estudos de Gênero - Pagu Universidade Estadual de Campinas, PAGU Cidade Universitária "Zeferino Vaz", Rua Cora Coralina, 100, 13083-896, Campinas - São Paulo - Brasil, Tel.: (55 19) 3521 7873, (55 19) 3521 1704 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: cadpagu@unicamp.br