“Refugiados LGBTI”: direitos e narrativas entrecruzando gênero, sexualidade e violência* * Agradeço pelas críticas e sugestões que diferentes versões desse texto receberam ao longo do ano de 2016. Sou particularmente grata a Sérgio Carrara, que comentou uma primeira versão no Simpósio Especial “Gênero, Sexualidade, Intolerância e Violência”, realizado na 30ª Reunião Brasileira de Antropologia, em Natal, 2016, e a Adriana Vianna, que debateu uma outra versão nas Jornadas “Subjetividades em batalha, territórios em guerra: geopolítica, sexualidade, migração e violência”, realizadas no Rio de Janeiro no mesmo ano. Entre as generosas leituras com que contei deste trabalho, também agradeço a Natália Lago, Roberto Efrem e Regina Facchini. Sou grata à FAPESP pelo financiamento da pesquisa que dá origem a este trabalho, intitulada ““Refugiados LGBTI” e democracias sexuais: categorias e deslocamentos”. Por fim, agradeço especialmente aos solicitantes de refúgio que compartilharam comigo suas histórias e à ACATHI - Asociación Catalana por la Integración de Homosexuales, Bisexuales Y Transexuales Inmigrantes, que ofereceu apoio à realização da pesquisa na Espanha, bem como a outras organizações no Brasil e na Espanha cujos trabalhadores gentilmente me receberam em seus espaços para conversar sobre a pesquisa.

Isadora Lins França Sobre o autor

Resumo

Desde 2002, agências internacionais do mundo institucional do refúgio têm reconhecido a possibilidade de solicitação do reconhecimento do status de refugiado com base na orientação sexual e identidade de gênero. Neste artigo, abordo a articulação entre os chamados direitos sexuais e os direitos relacionados ao refúgio, no marco dos direitos humanos, na produção da categoria “refugiados LGBTI”. Discuto, nesse contexto, as relações entre gênero, sexualidade e violência e o entrecruzamento de narrativas sobre violência produzidas por diversos atores relacionados ao mundo institucional do refúgio, bem como pelos próprios solicitantes de refúgio. Tais aspectos são explorados a partir de pesquisa de campo realizada na Espanha e no Brasil.

Sexualidade; Gênero; Refugiados; LGBT; Direitos

Núcleo de Estudos de Gênero - Pagu Universidade Estadual de Campinas, PAGU Cidade Universitária "Zeferino Vaz", Rua Cora Coralina, 100, 13083-896, Campinas - São Paulo - Brasil, Tel.: (55 19) 3521 7873, (55 19) 3521 1704 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: cadpagu@unicamp.br