Emissão foliar, relações iônicas e produção do coqueiro irrigado com água salina

Leaf emission, ionic relations and production of coconut irrigated with saline water

A necessidade de uso de águas salinas na agricultura é crescente, devido à pressão sobre águas de boa qualidade, principalmente para consumo humano. Com este objetivo, foram estudados os efeitos de quatro níveis de condutividade elétrica da água de irrigação (CEa: 0,1; 5,0; 10,0 e 15,0dS m-1), obtidos mediante adição de NaCl sobre o desenvolvimento do coqueiro (Cocos nucifera L.) cv. "Anão Verde", com 3,5 anos de idade. O experimento foi conduzido em blocos casualizados, em solo arenoso, irrigado por microaspersão, no município de Parnamirim-RN, no período de janeiro de 2000 a março de 2001. A salinidade da água aumentou os intervalos de emissão foliar e de inflorescência e o número de flores femininas, bem como os teores de Na e de Cl na folha número 14, acompanhado de relações antagônicas entre Na-Ca, Na-K e Cl-N e sinergismo entre Na-Mg, mas sem manifestar sintomas visuais de efeitos tóxicos. Os teores ótimos de Na e Cl na folha 14 foram, respectivamente, 0,207 e 0,580%.

Cocos nucifera L.; nutrição; condutividade elétrica


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br