Emissão foliar, relações iônicas e produção do coqueiro irrigado com água salina

Leaf emission, ionic relations and production of coconut irrigated with saline water

Miguel Ferreira Neto Hans Raj Gheyi Pedro Dantas Fernandes José Simplício de Holanda Flávio Favaro Blanco Sobre os autores

A necessidade de uso de águas salinas na agricultura é crescente, devido à pressão sobre águas de boa qualidade, principalmente para consumo humano. Com este objetivo, foram estudados os efeitos de quatro níveis de condutividade elétrica da água de irrigação (CEa: 0,1; 5,0; 10,0 e 15,0dS m-1), obtidos mediante adição de NaCl sobre o desenvolvimento do coqueiro (Cocos nucifera L.) cv. "Anão Verde", com 3,5 anos de idade. O experimento foi conduzido em blocos casualizados, em solo arenoso, irrigado por microaspersão, no município de Parnamirim-RN, no período de janeiro de 2000 a março de 2001. A salinidade da água aumentou os intervalos de emissão foliar e de inflorescência e o número de flores femininas, bem como os teores de Na e de Cl na folha número 14, acompanhado de relações antagônicas entre Na-Ca, Na-K e Cl-N e sinergismo entre Na-Mg, mas sem manifestar sintomas visuais de efeitos tóxicos. Os teores ótimos de Na e Cl na folha 14 foram, respectivamente, 0,207 e 0,580%.

Cocos nucifera L.; nutrição; condutividade elétrica


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br