AVALIAÇÃO DOS MEIOS PBS E WHITTEN NO CULTIVO DE MORULAS DE Mus musculus

EVALUATION OF PBS AND WHITTEN MEDIA AT CULTURE OF Mus musculus MORULAE

Mari Lourdes Bernardi Alceu Mezzalira Mara Iolanda Batistella Rubin Giovani Bertani Luiz Carlos Kreutz Sobre os autores

RESUMO A fim de estabelecer um parâmetro para a avaliação da viabilidade após o descongelamento, os resultados do cultivo de embriões frescos de camundongos, no meio PBS Modificado sem a adição de C02, foram comparados aos resultados obtidos após o cultivo no meio de Whitten Modificado em atmosfera com 5% de C02. Foram coletadas 1458 mórulas provenientes de fêmeas Mus musculus da cepa Suíço Albina CF 1, previamente superovuladas com 6-8UI de eCG e 6-8UI de HCG, com intervalo de 48 horas. Destas, 1051 foram cultivadas em PBS Modificado acrescido de 20% de SFB, a 37°C e 95% de umidade. As restantes 407 foram cultivadas no meio de Whitten Modificado, acrescido de 3% de BSA, a 37°C, 95% de umidade e 5% de C02. As avaliações foram realizadas com 24h de cultivo, sendo considerados os embriões que atingiram os estágios de blastocisto inicial (Bi), blastocisto (Bl), blastocisto expandido (Bx), blastocisto em eclosão (Bh) ou blastocisto eclodido (Be), e após 48h de cultivo os que atingiram pelo menos o estágio de blastocisto expandido. Os resultados obtidos após 24h (87,9 e 89,4%) e após 48h de cultivo (95,1 e 93,8%) em PBS e Whitten respectivamente, não apresentaram diferenças estatisticamente significativas (p < 0,05).

meios de cultivo; camundongos; mórulas; tampão fosfato; tampão bicarbonato


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br
Accessibility / Report Error