Desempenho horticultural de plantas propagadas in vitro de Sacha inchi

Horticultural performance of in vitro propagated plants of Sacha inchi

O objetivo do presente trabalho foi avaliar, em condições de campo, características horticulturais de mudas propagadas in vitro de Sacha inchi (Plukenetia volubilis L), quanto à época de florescimento e colheita, características morfológicas relacionadas à coloração e forma de folhas, caule e frutos, bem como a produtividade do material propagado in vitro. As mudas de cultura de tecidos foram propagadas por seis semanas em meio de cultivo com sais e vitaminas de MS, acrescido de 30g L-1 de sacarose e 1,0mg L-1 de BAP, a partir do ponteiro de plântula germinada in vitro. Foram selecionadas, ao acaso, quatro plantas propagadas in vitro, quatro plantas por via seminal e mais vinte e duas plantas, também por via seminal, compondo a bordadura, totalizando trinta plantas. As análises foram semanais até completar quatorze meses do plantio, que ocorreu antes da primeira poda. Os resultados obtidos indicam a não ocorrência de variabilidade genética nas plantas produzidas in vitro, bem como precocidade na produção e maior produtividade, quando comparado com o material convencional obtido via seminal.

ômega 3; Plukenetia volubilis L.; euforbiácea; variação somaclonal


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br