Laminite crônica em equídeos da raça Crioula: características clínicas e radiográficas

Chronic laminitis in Criollo horses: clinical and radiographic characteristics

Gabriele Biavaschi Silva Flávio Desessards De La Côrte Karin Erica Brass Sergio da Silva Fialho Roberta Carneiro da Fontoura Pereira Sobre os autores

Este estudo visou analisar o perfil clínico e radiológico de cavalos crioulos com laminite crônica internados na Clínica de Equinos no período de 2010 a 2011. A partir das fichas de registro, avaliações clínicas diárias e estudos radiográficos, foram computados nove equinos, cinco fêmeas e quatro machos, com idade média de 8,6±5,9 anos e período médio de internação de 104,2±91,7 dias. As fêmeas representaram 55,6% (5/9) da casuística, enquanto os machos inteiros representaram 44,4% (4/9); 22,2% (2/9) dos animais apresentaram laminite nos quatro membros, enquanto 77,8% (7/9) apresentaram laminite apenas nos membros anteriores. Quanto às causas da laminite, 11,1% foram decorrentes de endotoxemia (1/9), 44,4% (4/9) de síndrome metabólica equina e, em 44,4% (4/9), não foi possível determinar a origem. Afundamento ≥20mm da terceira falange ocorreu em 66,7% (6/9) dos animais. Apenas 11,1% (1/9) dos animais apresentaram afundamento distal unilateral. Não houve correlação entre o afundamento da coluna óssea e o grau de claudicação. Dos nove animais deste estudo, 66,7% (6/9) apresentaram rotação ≥5.5° em pelo menos um dos membros. Quanto maior o grau de rotação, maior o grau de claudicação (0.1≤r<0.5; P<0.05). Dois pacientes (22,2%) foram submetidos à tenotomia do flexor digital profundo. A resistência à insulina foi a causa predisponente a laminite mais comum neste estudo. As terapias de suporte, cuidados intensivos de enfermagem, casqueamento e ferrageamento corretivos resultaram em alta taxa de sobrevivência, permitindo que, após a alta, os animais pudessem ser mantidos com conforto sem uso de medicação.

laminite crônica; equinos; rotação; afundamento; síndrome metabólica


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br