Biologia de Mahanarva fimbriolata em gramíneas forrageiras

Biology of Mahanarva fimbriolata on forage grasses

Eliane Grisoto José Djair Vendramim André Luiz Lourenção José Alfredo Usberti Filho Carlos Tadeu dos Santos Dias Sobre os autores

Estudou-se a biologia de Mahanarva fimbriolata nas gramíneas Setaria anceps cv. 'Kazungula', Brachiaria brizantha cv. 'Marandu', ecótipos BB 33, BB 39, seleções IAC-BBS 5 e IAC-BBS 8, e cana-de-açúcar. 'SP-80-1842' (testemunha) em laboratório, visando a avaliar a resistência desses genótipos a essa praga. Os parâmetros avaliados foram: mortalidade e duração da fase de ninfa, razão sexual, período de pré-oviposição, número de ovos por fêmea, longevidade, duração e viabilidade da fase embrionária. Constatou-se maior mortalidade e prolongamento na fase de ninfa em IAC-BBS 8, B. brizantha cv. 'Marandu' e S. anceps cv. 'Kazungula'. Os menores valores de longevidade e fecundidade foram verificados em IAC-BBS 8 e IAC-BBS 5 e os maiores em cana-de-açúcar. A menor viabilidade da fase embrionária foi obtida em IAC-BBS 5 e a maior em IAC-BBS 8. Segundo os resultados da tabela de vida, a taxa líquida de reprodução (Ro) e a taxa finita de crescimento (λ) foram menores em IAC-BBS 8. Concluiu-se que IAC-BBS 8 é o genótipo mais resistente a M. fimbriolata, sendo a resistência do tipo antibiose e/ou não-preferência para alimentação.

Cercopidae; resistência de plantas a insetos; cigarrinha-das-raízes


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br