Cultivo de Stenachaenium megapotamicum em diferentes regimes de irrigação

Growing Stenachaenium megapotamicum in different irrigation regimes

Mariana Grassi Noya Francine Lorena Cuquel Robson André Armindo Jorge Luiz Moretti de Souza Sobre os autores

O uso racional da água para a irrigação de jardins é uma preocupação constante em face de seu desperdício, pois pesquisas têm demonstrado que ela corresponde de 40 a 70% do consumo doméstico. Uma das estratégias empregadas para evitar este desperdício é o plantio de jardins com plantas resistentes à deficiência hídrica. Nesta pesquisa, avaliou-se o crescimento de Stenachaenium megapotamicum, uma planta subarbustiva, com potencial ornamental, nativa da Região do Sul do Brasil, que foi cultivada sob diferentes regimes de irrigação. Foram efetuados dois experimentos: a) na primavera, as plantas foram mantidas sob três turnos de rega: diário, a cada dois dias e a cada três dias; b) no outono/ inverno, as plantas foram mantidas sob quatro turnos de rega: diário, cada cinco, sete e nove dias. Os resultados obtidos demonstraram que S. megapotamicum é uma planta anual de verão adequada para projetos de paisagismo, focando no uso eficiente da água.

estenaquênio; nativa; ornamental; paisagismo; economia de água; irrigação; estresse hídrico


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br