Ocorrência e fatores de risco associados às infecções por Toxoplasma gondii e Neospora caninum em cães no município de Natal, Estado do Rio Grande do Norte, Nordeste do Brasil

Occurrence and risk factors associated with Toxoplasma gondii and Neospora caninum infections in dogs in the county of Natal, Rio Grande do Norte state, Northeastern Brazil

O objetivo do presente trabalho foi determinar a frequência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii e anti-Neospora caninum, bem como identificar fatores de risco em cães do município de Natal, Estado do Rio Grande do Norte, Nordeste do Brasil. Para tanto, foram colhidas amostras de sangue de 476 cães atendidos em clínicas veterinárias no período de março de 2011 e maio de 2012. Para o diagnóstico sorológico das infecções, foi utilizada a reação de imunofluorescência indireta (RIFI), adotando-se como pontos de corte as diluições 1:64 (T. gondii) e 1:50 (N. caninum). Das 476 amostras, 55 (11,5%; IC 95%=8,8%-14,8%) foram soropositivas para T. gondii, e 31 (6,5%; IC 95%=4,5%-9,1%) para N. caninum. As variáveis idade > 48meses (OR=4,68) e acesso à rua (OR=4,91) foram identificadas como fatores de risco para T. gondii, enquanto que para N. caninum, os fatores de risco foram limpeza semanal/quinzenal/mensal do ambiente onde o animal vive (OR=2,77) e presença de ratos (OR=2,34). Conclui-se que as infecções por T. gondii e N. caninum, detectadas por sorologia, estão presentes em cães atendidos em clínicas veterinárias do município de Natal, bem como se recomenda a correção dos fatores de risco identificados.

toxoplasmose; neosporose; sorologia; epidemiologia; cães


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br