Accessibility / Report Error

Exigência de lisina digestível e planos de nutrição para frangos de corte machos mantendo as relações metionina + cistina e treonina digestível na proteína ideal

Digestible lysine requirements for male broilers keeping methionine + cystine and threonine ratios in the ideal protein

Um estudo foi conduzido para avaliar a exigência de lisina digestível e planos nutricionais para frangos de corte machos de alto potencial genético. Quatrocentos e noventa e cinco pintos de um dia, da marca comercial Cobb, com peso médio inicial de 45,6 ± 0,3g foram utilizados, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com três dietas contendo diferentes níveis de lisina digestível, nove repetições e onze aves por unidade experimental para determinar o melhor nível de lisina para a fase pré-incial (1 a 7 dias de idade) e o melhor plano nutricional para o período total (1 a 21 dias de idade). Os níveis de lisina não influenciaram o consumo de ração das aves. O consumo de lisina digestível aumentou de forma linear com o aumento dos níveis deste aminoácido na ração. O ganho de peso aumentou e a conversão alimentar melhorou de forma quadrática com o aumento dos níveis de lisina digestível. A exigência de lisina digestível de pintos de 1 a 21 dias de idade para melhor ganho de peso e conversão é de 1,30 e 1,29% de lisina digestível, respectivamente, correspondendo aos consumos estimados de 2,68 e 2,64g de lisina digestível. O Plano nutricional PN3 atende as exigências nutricionais de frangos de corte de 1 a 21 dias de idade.

aminoácido; carcaça; crescimento; desempenho; genótipo


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br