Perfil hematológico de codornas japonesas (Coturnix japonica) sob estresse térmico

Blood profile of japanese quail (Coturnix japonica) under thermal stress

Na coturnicultura, os limites das variáveis climáticas, como temperatura e umidade relativa do ar, interferem no desempenho produtivo e bem estar das aves. A temperatura de conforto térmico para codornas está entre 18 e 22°C, sendo que o desconforto térmico pode causar estresse, alterando heterófilos e linfócitos circulantes e a relação heterófilo/linfócito. O objetivo deste trabalho foi estabelecer os níveis de estresse em codornas durante os ciclos de produção com diferentes temperaturas, por meio das alterações no leucograma e da relação heterófilo-linfócito. O presente estudo foi realizado durante quatro ciclos de produção de 200 codornas japonesas (Coturnix japonica) com duração de 22 dias cada (denominados de C1, C2, C3 e C4). As temperaturas médias foram de: 22,4°C (C1); 25,5°C (C2); 23,3°C (C3) e 21,5°C (C4). Foram coletadas amostras de sangue de 80 codornas em cada um dos ciclos para determinação dos parâmetros hematológicos e dos valores da relação heterófilo-linfócito (H/L). As médias das relações heterófilo/linfócito foram 1,695 em C1; 2,424 em C2; 1,8 em C3 e 1,29 em C4. Comparando-se as médias das relações heterófilo/linfócito entre os quatro ciclos, tem-se que o valor de p foi inferior a 0,0001, exceto entre a primeira e a terceira coleta, cujo valor de p foi não significativo. A heterofilia e linfopenia verificadas e o aumento da relação heterófilo/linfócito nos ciclos, coincidindo com o aumento da temperatura, além do limite de conforto térmico para estas aves, principalmente em C2, é uma evidência de que esses animais foram submetidos a estresse térmico e que as codornas são aves extremamente suscetíveis a variações climáticas.

coturnicultura; hematologia; temperatura


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br