Uso tópico e intraluminal da Solução de Carolina Rinse no perfil de ativação das MAP quinases p44/42 e p38 no jejuno de coelhos após isquemia e reperfusão

Luciana Ramos Gaston Brandstetter Eugênio Gonçalves de Araújo Juan Carlos Duque Moreno Maria Clorinda Soares Fioravanti Veridiana Maria Brianezi Dignani de Moura Patrícia de Almeida Machado Sobre os autores

Os efeitos do uso tópico e intraluminal da Solução de Carolina Rinse (CRS), no perfil de ativação das MAP quinases p44/42 (ERK 1/2) e p38, no jejuno de coelhos após isquemia e reperfusão (I/R), foram investigados neste estudo. Quinze coelhos da raça Nova Zelândia foram alocados em três grupos: Instrumentado (A), Isquemia e Reperfusão (B) e CRS (C). Os grupos B e C foram submetidos a uma hora de isquemia e duas horas de reperfusão. No grupo C, dez minutos antes da reperfusão, o lúmen do segmento isolado foi preenchido com CRS e o segmento foi imerso em CRS até o início da reperfusão. A isquemia e reperfusão resultou em estímulo da fosforilação das MAP quinases p44/42 e p38 em algumas camadas do jejuno. A ativação progressiva de p44/42 ocorreu principalmente nas criptas de Lieberkühn e camadas musculares longitudinal e circular, enquanto p38 foi ativada principalmente no plexo mioentérico e em ambas as camadas musculares. Os resultados deste trabalho indicam que o modelo escolhido de uso tópico e intraluminal de CRS não interfere no perfil de ativação das MAP quinases p44/42 e p38 no jejuno de coelhos submetidos à I/R.

ERK 1/2; intestino; isquemia; p38; reperfusão


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br
Accessibility / Report Error