Resposta eritropoética de ratos em diferentes graus de parasitemia por Trypanosoma evansi

Erithropoietic response in Trypanosoma evansi infected rats with different parasitaemia intensity

O Trypanosoma evansi é um protozoário hemoflagelado que causa, em várias espécies, uma doença caracterizada por altos níveis de parasitemia, com rápido desenvolvimento de anemia. Este trabalho teve como objetivo investigar a relação entre o grau de parasitemia e a alteração na eritropoese de ratos (Rattus norvegicus) da linhagem Wistar infectados experimentalmente com T. evansi. Foram utilizados 42 ratos, dos quais 36 foram inoculados pela via intraperitoneal com 0,2ml de sangue, contendo 2,5 x 104 parasitas. Seis ratos não-inoculados foram utilizados como controles. Após inoculação, a parasitemia foi avaliada a cada 12h. Os grupos para análise foram estipulados de acordo com a média de tripanossomas em 10 campos homogêneos focados aleatoriamente, sendo: A, controle; B, animais que apresentaram um grau de parasitemia entre 1-10 tripanossomas/campo; C, ratos com 11-20 tripanossomas/campo; D, ratos com 21-30 tripanossomas/campo; E, ratos com 31-40 tripanossomas/campo; F, 41-50 tripanossomas/campo; e G, ratos com mais de 51 tripanossomas/campo. Quando os animais apresentaram o número de protozoários equivalente ao grupo, foram coletadas amostras de sangue para realização de hemograma e dosagem de ferro, e foi realizada citologia de medula óssea para avaliação da relação mielóide:eritróide. A análise estatística mostrou redução significativa das hemácias e do hematócrito a partir de 31 tripanossomas/campo (grupos E, F e G; P<0,005) e a redução de hemoglobina ocorreu a partir de 41 tripanossomas/campo (grupos F e G; P<0,005). A relação mielóide:eritróide foi reduzida de 0,7 para 0,6 a partir de 41 tripanossomas/campo (grupos F e G; P<0,005). Não foram detectadas variações na concentração de ferro. Os dados obtidos demonstraram que ratos com parasitemia acima de 31 tripanossomas por campo desenvolvem uma anemia aguda, com um aumento compensatório na atividade hematopoética.

Tripanossomíase; hematologia; atividade hematopoética; ferro sérico; medula óssea; Rattus norvegicus


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br