Accessibility / Report Error

Isolamento de Arcobacter spp do leite de vacas leiteiras no Brasil

Foram realizados exames bacteriológicos em 188 amostras de leite colhidas de vacas de 11 propriedades leiteiras para diagnóstico de mastite, em três municípios no Rio Grande do Sul, Brasil. Entre as causas comuns de mastite, os isolados mais freqüentes foram Staphylococcus aureus, seguido de Corynebacterium sp, Streptococcus uberis, Streptococcus dysgalactiae e Streptococcus agalactiae. O exame bacteriológico realizado em 32 amostras de leite de vacas de uma propriedade não demonstrou a presença de bactérias conhecidas como causadoras de mastite. Foram isoladas do leite de vacas desta propriedade seis amostras de Arcobacter spp, classificadas por testes moleculares como Arcobacter cryaerophilus (cinco amostras) e Arcobacter butzleri (uma amostra). É relatado o isolamento de espécies de Arcobacter do leite de vacas na ausência de sinais clínicos de mastite. Este é o primeiro relato da detecção dos microorganismos no leite de vacas leiteiras no Brasil.

Arcobacter spp; leite; vacas leiteiras


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br