Accessibility / Report Error

Redução da incidência e severidade da mancha foliar do tomateiro causada por Septoria lycopersici com bacteria e leveduras

Luiz Eduardo Bassay Blum Sobre o autor

A mancha foliar causada pelo fungo Septoria lycopersici é uma doença no tomateiro (Lycopersicon esculentum), controlada basicamente pela aplicação de fungicidas. Uma das alternativas ao controle químico dessa enfermidade é a utilização de bactérias e leveduras antagonistas. Este estudo foi conduzido de 1994 a 1995 em Auburn, Alabama, EUA. O patógeno e um dos antagonistas foram isolados do filoplano de plantas de tomateiro infectadas pela doença em questão. Sete antagonistas (um isolado de bacteria e seis de leveduras) foram testados em uma série de sete experimentos conduzidos em casa de vegetação. Os experimentos foram conduzidos em um delineamento completamente casualizado com quatro a oito tratamentos e seis repetições. Em todos os experimentos, os antagonistas (1-3 × 10(8) unidades formadoras de colonia ml-1) foram inoculados 48h antes da inoculação com o patógeno (1-2 × 10(5) conidios ml-1), sob condições de nebulosidade intermitente. Entre os antagonistas testados, destacaram-se o isolado de levedura Y236 (Cryptococcus laurentii) e o isolado bacteriano BTL (Pseudomonas putida). Ambos os isolados reduziram significativamente (P <= 0.05) a incidência e a severidade da doença na maioria dos experimentos.

Controle biológico; mancha de septoria; queima de septoria; tomate


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br