Alterações morfológicas e alocação de biomassa em plantas jovens de espécies florestais sob diferentes condições de sombreamento

Morphologic alterations and biomass allocation in young plants of forestry species under different conditions of shading

A seleção de espécies nativas e/ou exóticas para recuperação de ambientes degradados ou alterados pode ser baseada no potencial de aclimatação das espécies a diferentes níveis de luminosidade. Nesse contexto, o objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do sombreamento (0%, 30% e 50% de interceptação da radiação solar incidente) no crescimento, na alocação de biomassa e nos teores de clorofila total de plantas jovens de quatro espécies florestais de diferentes grupos ecológicos: Maclura tinctoria (L.) D. Don ex Steud. (moreira), Senna macranthera (Collad.) Irwin et Barn. (fedegoso), Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang. (jatobá) e Acacia mangium Willd. (acácia). Os maiores teores de clorofila total foram observados em condições sombreadas, para todas as espécies. A espécie clímax exigente em luz (moreira), apresentou os maiores resultados de crescimento. Em condições de pleno sol, a espécie pioneira (acácia) alocou mais biomassa em folhas enquanto que a espécie clímax exigente em luz (moreira) produziu mais raízes. Estas observações evidenciam o potencial de aclimatação a diferentes condições de disponibilidade de irradiação, que deve ser considerado em programas de recuperação de ambientes degradados e manejo de áreas naturais.

revegetação; crescimento; sombreamento; alocação de biomassa


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br